O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
449 Compartilhado 101 Comentários

Por que a Lenovo é a fabricante a ser observada nos próximos anos

No meio da falta de novidades realmente empolgantes por parte das fabricantes de smartphones, me perguntaram aqui na redação do AndroidPIT qual seria a marca que o consumidor – e os jornalistas, claro -  deveria olhar com atenção nos próximos anos. E o engraçado é que eu não precisei nem pensar muito pra dar a resposta: Lenovo. Abaixo, seguem meus motivos. 

A Lenovo faz intermediários redondos

Em tempos em que a economia do mundo não anda lá essas coisas, muitas pessoas até gostariam de trocar seus smartphones, mas não querem gastar muito. Logo, se quiserem fazer a diferença e aumentar a sua participação nesse mercado, as empresas precisam investir mais em dispositivos que tragam um bom custo-benefício. E eles também são conhecidos como telefones intermediários. 

E nessa categoria a Lenovo vem fazendo um bom trabalho. Seja pela linha Moto G (G4, G4 Plus e G4 Play), seja pelos aparelhos da sua própria marca-  a linha Vibe (A7010 e K5). Os dispositivos têm hardware redondo, bom desempenho, um design que não agride os olhos (ainda que algumas marcas registradas de design da antiga Motorola tenham ganho alguns traços mais, digamos, asiáticos) e preços razoáveis se considerarmos o que cada um se propõe a oferecer.  

motog4plus androidpit front w782
Moto G4 Plus: a Lenovo vem prestando atenção ao segmento intermediário de smartphones / © ANDROIDPIT

E, se você quer aparelhos de entrada que também façam bem a sua lição de casa, pode optar pelo Moto E3 ou o Vibe C2. Ou seja, a Lenovo vem cobrindo bem suas bases. 

Não fez primeiro. Mas fez melhor

No MWC 2016, a grande sensação do evento foi o LG G5 e o seu conceito modular. Muito se falou sobre a inovação desse tipo de dispositivo e sobre o que a LG poderia trazer em termos de acessórios nessa categoria. 

No entanto, logo se viu que a oferta de módulos da fabricante sul-coreana não era tão grande assim, eles eram um tanto quanto caros e sempre que você precisa inserir um periférico do gênero, é necessário desligar o smartphone. Ou seja, não é exatamente prático. E, para completar, a LG ainda vende uma versão mais limitada do G5 em alguns mercados (entre eles o nosso), a um preço não exatamente convidativo, o que minou o interesse dos consumidores. 

LGVSLENOVOAUDIO
Moto Snaps vs. LG G5: a praticidade venceu o pioneirismo / © ANDROIDPIT

Enquanto isso, a Lenovo ficou quietinha, apenas promovendo o Lenovo Tech World, que aconteceu no último dia 06 de junho. Mesmo com um vazamento aqui e ali, a empresa mandou bem ao apresentar os Moto Snaps, módulos que podem ser acoplados à linha Moto Z, também apresentada no Tech World.

A grande sacada dos Snaps é que a comunicação entre o módulo e o smartphone se dá por conta de conectores magnéticos, simples de encaixar e que não exigem que o telefone seja desligado. Basta plugar um ao outro e pronto. 

androidpit motoz traseira
Para plugar os módulos no Moto Z basta utilizar os conectores magnéticos na parte inferior do aparelho / © AndroidPIT

Além disso, os módulos da Lenovo têm mais utilidade prática que os da LG. Eu me vejo usando um projetor, um speaker e uma bateria extra no meu cotidiano, como é o caso dos Moto Snaps. 

E, para completar, a Lenovo apresentou o Programa de Desenvolvedor Moto Snaps, que permite tanto às grandes empresas quanto aos pequenos desenvolvedores oferecer suas ideias para a criação de outros módulos que integrem a família Moto Snaps.  

androidpit motoz jbl
Alto-falante modular da JBL para o Moto Z: todos poderão desenvolver módulos para a Lenovo / © AndroidPIT

Ou seja, a empresa pretende dar segmento a categoria modular de forma sustentável, até porque ela já confirmou também que suas próximas linhas de smartphones também serão compatíveis com os Moto Snaps, sejam eles top de linha ou intermediários. 

Inova de forma consciente

Muitas fabricantes até desenvolvem smartphones com recursos inovadores. Mas ou esses aparelhos ficam restritos a poucos mercados e jamais saem deles (como é o caso do Arrows NX F-04G, da Fujitsu, que foi o primeiro a trazer o scanner de íris, mas nunca saiu do Japão) ou simplesmente nascem e morrem como protótipos que nunca ganham o mercado. Ou seja, é um buzz meio vazio que deixa frustrados os sedentos por novidades.

E mostrando que tem timing, a Lenovo apresentou na mesma no Lenovo Tech World o Phab 2 Pro, dispositivo dotado do Tango, o projeto com tecnologia de realidade aumentada, desenvolvido em parceria com o Google. 

lenovo phab 2 pro 01O Phab 2 Pro é o primeiro dispositivo com tecnologia de realidade aumentada para o grande público. Belo timing da Lenovo/ © ANDROIDPIT

O phablet é feito em corpo único de metal, com tela de 6,4 polegadas e definição QHD. Ele traz quatro câmeras, sendo três na parte traseira. A primeira tem resolução de 16 megapixels (padrão RGB), a segunda traz 8 megapixels, além de uma terceira câmera de profundidade e um sensor infravermelho, que rastreia movimentos.

A Lenovo afirmou ainda que o Phab 2 Pro terá, inicialmente, 25 aplicativos disponíveis para aproveitar a tecnologia de realidade aumentada do Tango. O usuário poderá optar por jogos (incluindo um “tal” de Pokémon Go), utilitários e apps baseados em geolocalização. Até o final do ano, a fabricante chinesa espera que o número de aplicativos que suportem a AR chegue a 100. 

E sim, o Phablet 2 Pro não ficará restrito apenas ao mercado asiático e será vendido no mundo inteiro. 

Será que é o momento de prestarmos mais atenção na Lenovo?

449 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • ....._....._....._..... há 7 meses

    Apesar de ter curtido a linha vibe da Lenovo, eu não gostei da quantidade de smartphone lançados na linha moto(que até então era minha preferida até o lançamento do Moto X², após só desgosto).
    Enfim, os motivos citado pelo Rui são interessantes e fazem sentido, mas não são suficientes para que nós profissionais do ramo e consumidores fiquem com olhos atentos e fixado somente nesta empresa, temos tantos projetos e pesquisas de outras empresas que são mais interessantes e uteis do que os apresentados pela Lenovo (pesquisem, é fácil galera).
    Talvez ela esteja no caminho certo, não posso afirmar pois não sou cientista de dados, prefiro só observar e aceitar o que o mercado me entrega no momento.

    :-D

  • Mateus Almeida há 7 meses

    E td mundo pensou que quando a lenovo comprou a Motorola ™ ela iria arruinar a Motorola mas ao contrário ela fez com que a Motorola caminhasse para um segmento que atualmente ela faz sucesso , n sendo mas a queridinha do custo benefício pois os smartphones da Motorola são poucos caros mas ela transformou o ponto negativo em positivo como a câmera e bateria ! E isso é bom pois é caro mas traz inovação então dá um sentido de caro mas traz inovação um ex moto G4 plus e bonito com design Premium e hardware legal

101 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi