Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 21 Comentários

Galaxy J2 Core é o primeiro smartphone da Samsung com Android Go

Empresas grandes, como a Samsung e a Motorola, resolveram participar do bolo de marcas que vendem smartphones baratos e com hardware verdadeiramente básico. Como diferencial para estes dispositivos está o Android Go, que é uma versão enxuta do sistema em termos de recursos e aplicativos. O Galaxy J2 Core é o primeiro com essa novidade.

O J2 Core tem o visual semelhante ao Galaxy J2 Pro, que custa R$ 500 e tem configurações levemente superiores. A aposta para o novo produto, que entrega hardware com 1 GB de RAM e 8 GB de espaço interno, está no Android Go. Essa versão do sistema tem menos recursos e foi otimizada para rodar em dispositivos que tenham a partir de 512 MB de memória, ou seja, o J2 Core está dentro dos requisitos mínimos.

Como eu já havia comentado em meu hands-on do Moto E5 Play, o Google permite que as fabricantes alterem o visual do Android Go até certo limite. Neste caso, a Samsung está oferecendo uma versão customizada em termos de aparências, embora ela não tenha recursos e aplicativos característicos da interface Samsung Experience.

Galaxy J2 Core - Especificações técnicas

  • Tela: 5" TFT IPS (540 x 960 pixels);
  • Processador: Exynos 7570, quad-core de 1.4 GHz;
  • RAM: 1 GB;
  • Espaço interno: 16 GB;
  • Câmera principal: 8 MP (f/2.2);
  • Câmera frontal: 5 MP (f/2.2);
  • Bateria: 2.600 mAh;
SM J260 001 Front Gold
Galaxy J2 Core / © Samsung

O J2 Core está à venda em poucos países no momento, como na Índia, mas é esperado que a marca traga o modelo ao Brasil. Lá fora ele está custando aproximadamente R$ 412 em conversão direta, sem impostos.

Caso a Samsung faça diferente da Motorola, que anunciou o E5 Play com configuração semelhante por R$ 799, o J2 Core pode ter grandes chances de se tornar uma boa opção de entrada. Para isso, contudo, o dispositivo teria que chegar aqui custando menos (bem menos) de R$ 500 na minha opinião.

O que você achou do Galaxy J2 Core?

21 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Interessante ver a marca da Samsung na borda inferior, coisa que não acontecia desde o Galaxy View em 2015, embora em um smartphone dela não acontecia desde o Ativ Odyssey, em 2013, e em um smartphone da linha Galaxy desde o Galaxy Stratosphere 2, em 2012.


  • Falando em android go os da positivo e da quantum já estão a venda, sendo da positivo apenas o twist metal havia ficado a venda... valeria a pena agora vocês pegarem esses aparelhos pra sabermos mais... no aguardo... infelizmente não tem preço realmente competitivo com aparelhos normais.. mas ta ai pra quem quiser
    Sem contar no alcatel 1 que tem o valor proximo do twist mini, 499.. sendo o mini 399 e sendo os mais baratos no brasil

    CAV


  • "Android Go" pro fundo do poço! 👍🏻


  • Estou com certa dificuldade para entender esse culto ao Android Go entre os comentaristas de tecnologia. Como uma bomba dessas pode ser boa se, pelo mesmo preço se compra, por exemplo, um Moto E5 plus?!? Um Android leve e mais enxuto rodando nos aparelhos que já estão aí, eu concordo. Sobretudo se fosse possível instalar em aparelhos antigos. Mas assim como está sendo apresentado, esse projeto não faz o menor sentido.


  • 2018.... Android Go... bola fora da google


  • Se esses celulares com android Go continuarem a vir para o Brasil acima dos 500 reais, eu aconselho o pessoal a procurar aqueles tops de linha de 2014, que alem de serem muito mais potentes que esses aparelhos com android go, custam uma media de 600 reais atualmente. Então, com 600 reais da pra ter um cell com ótimas especificações, (no padrão dos intermediários atuais, que custam bem mais de 1300 reais) feito por volta de 2014. E com relação ao software, ou atualizações, instala uma custom ROM e já era. Você vai ter um celular pra pelo menos mais 1 ano. Ou então procure o mercado de importados, onde você pode comprar um celular novo do mesmo nivel dos intermediários atuais, que custam mais de 1300 reais, por 800 reais, ou menos. Então você escolhe, compre um Top de linha antigo, ou um intermediário importado novo, tudo isso pelo mesmo preço de um celular com android Go.


  • Valor muito alto para o que entrega, na minha opinião, não era mais para existir dispositivos com tão pouca memória.


  • Mesmo sendo um processador de 2016 pelo menos ele é melhor que o SnapDragon 410 em termos de desempenho. Agora sinceramente, erá pra esses aparelhos do projeto GO pelo menos virem com 2GB de RAM e 16GB de ROM. Acredito que ficaria ótimo e o projeto vingaria. Duvido que mesmo o sistema sendo otimizado vá rodar bem depois que os usuários instalarem o Whatsapp que até agora não tem uma versão GO.


  • "O que você acha dessas pessoas que perguntam e respondem no próprio comentário copiando o jeito do Denis?"
    — Acho uma tremenda falta de originalidade.

    Hahahahaha

    É zueira!


  • Esse smartphone provavelmente é pra substituir os já "cansados" Galaxy J1 2016 e Galaxy J1 Mini (ou Galaxy J1 Mini Prime em alguns mercados).
    Talvez fosse até mais correto lançá-lo como um Galaxy J1, ao invés de Galaxy J2.


  • Lenovorola riu disso.


  • "O que você achou do Galaxy J2 Core?"

    É um aparelho simples para pessoas que não se sentem familiarizadas com o sistema Android em si, mas precisam se manter conectadas. O mais novo lançamento da Samsung é uma ótima carta na manga, sendo voltado especialmente para o público da terceira idade, assim como servirá para quem não exige tanto de um smartphone, ou seja, busca apenas o necessário: chamadas e mensagens, e alguma experiência social. Aplicativos como calculadora, rádio FM e possivelmente a TV digital virão embarcados neste aparelho, como é um costume brasileiro.

    Concluindo, o J2 uma alternativa muito agradável se comparado aos modelos oferecidos por fabricantes como Alcatel, Positivo, BLU e similares. E se for aliado à prática de preços nas vendas sem taxas tributárias altíssimas, será uma ótima opção nas vitrines.


  • Chuta que é macumba


  • "O que você achou do Galaxy J2 Core?" - Essa linha de smartphones com Android Go, só fará sucesso no Brasil se os preços praticados forem bem baixos. Só que isso, não acontecerá, portanto, prevejo que no mercado Brasileiro, isso não terá muito sucesso.


  • Quem na Asia vai deixar de comprar Xiaomi Redmi ou outros chineses para pagar mesmo preço nessa enganação ai


  • O que você achou do Galaxy J2 Core?
    Um troço que não vale nem 500, se chegar aqui no Brasil, a Samsung vai querer cobrar 800 ou mais. Só vai custar menos, se acontecer um grande milagre.


  • Esse aparelho se custasse R$300,00 ainda seria caro, realmente é de lascar mesmo. Ao invés de evoluir, ficam trazendo esses engodos para cá, e o pior é que o consumidor leigo compra, por um pequeno detalhe, o aparelho é novo, como praticamente quase ninguém pesquisa, depois de comprar, jogam a culpa no aparelho.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados