O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site.

6 min para ler 347 Comentários

Hands-on do Android P: ano novo, sistema mais novo ainda (agora em vídeo)

Rumores recentes apontavam que o Google iria liberar a primeira prévia do Android P em meados de abril. Acontece que a empresa liberou agora (07/3) a versão Alpha do novo sistema, que mostra as primeiras mudanças no design e algumas novidades do futuro software. Conheça todos os detalhes a seguir.

Android P - vídeo hands-on

Em vídeo, destacamos as principais novidades do Android P:

Android P - Novidades e recursos

Interface do usuário

Antes mesmo da versão oficial ser lançada no Google I/O, as versões beta serão liberadas para alguns sortudos. Todas as versões de pré-lançamento devem estar disponíveis em todos os dispositivos do Google Pixel, assim como a Nokia também pode ser incluída nessa brincadeira.

Abaixo, listamos algumas das novas funcionalidades do Android P que já podem ser testadas por desenvolvedores:

  • Mudanças na interface: para criar uma interface de usuário mais simples e refinada, o Google removeu diálogos de falhas e notificações desnecessárias. Também foi reformulado o volume de configurações e outras áreas para maior compreensão e previsibilidade. Foi adicionado um filtro para notificações indesejadas que podem ser configuradas com um único toque.
android p dev preview combi 4
Novo pixel Launcher / © Screenshots: AndroidPIT
  • Suporte ao notch: popularizado pelos aparelhos Essential PH-1 e iPhone X, as telas com notch não agradam muitas pessoas. O "notch" é aquele entalhe, aquela peça preta que invade as telas de smartphones com bordas quase nulas. Ainda sem tecnologias que coloquem as câmeras e sensores em outros locais, um entalhe dentro da tela é a solução mais usada. O Android P trará nativamente suporte às telas com cantos arredondados e recortes.
android p dev preview combi 1
O usuário pode escolher um formato para o display / © Screenshots: AndroidPIT
  • API multi-câmera: os desenvolvedores poderão utilizar duas câmeras do dispositivo simultaneamente com suporte nativo do sistema, sendo possível filmar, capturar imagens ou fazer transmissões a partir desse modo.
  • Notificações melhoradas: notificações de aplicativos de mensagens irão exibir adesivos (API MessagingStyle), conversas internas com nomes mencionados (@) e irão contar com o suporte do sistema Reply. O Reply utiliza inteligência artificial para predições de respostas curtas que podem ser usadas na própria barra de notificações. Saiba mais sobre o Reply aqui.
android p dev preview combi 2
Painel de configurações e barra de notificações melhoradas / © Screenshots: AndroidPIT
  • HDR VP9 Profile 2: esse suporte permite que você aproveite o conteúdo HDR de aplicativos como YouTube e Play Movies.
  • ImageDecor: substitui o BitmapFactory e melhora o suporte para imagens animadas, proporcionando melhor decodificação, redimensionamento e pós-processamento. Isso melhora também a fluidez das animações do sistema.

Privacidade e segurança

Mais performance e eficiência para todos os apps. Entre outras coisas, as novidades trarão um tempo de inicialização mais rápido para seus aplicativos e mais eficiência para a bateria.

  • Segurança: uma UI de autenticação de impressão digital mais consistente em apps e devices.
  • Privacidade: para melhor garantir a privacidade, o Android P bloqueia acesso ao microfone, câmera e a todos os sensores do SensorManager para aplicativos inativos.
  • GPS mais preciso: o Android P oferece suporte a Wi-Fi Round-Trip-Time (RTT), ou IEEE 802.11mc, que permite a um app calcular sua posição dentro de 1 ou 2 metros. Este padrão foi pensado para funcionar em lugares fechados, ao contrário do GPS.
  • API para pagamentos móveis e NFC: o Google estará expandindo o suporte para pagamentos móveis em apps de terceiros, através de um cartão e uma criptografia diferenciada. 
android p dev preview combi 3
Novas opções e recursos de gerenciamento de energia / © Screenshots: AndroidPIT
  • JobScheduler: esse mecanismo pode usar os sinais da operadora para controlar e gerenciar tarefas pendentes em caso de congestionamento da rede.
  • Atualizações de aplicativos: a partir de novembro de 2018, a Play Store solicitará a API do Android Oreo (API 26) ou posterior para aplicativos. Isso significa que apps e jogos não compilados em APIs mais recentes perderão compatibilidade com o sistema.
  • Bloqueio da câmera em segundo plano: isso significa que aplicativos que utilizam a câmera discretamente não poderão mais fazê-lo. O objetivo é tornar as coisas mais seguras. Com essa nova ferramenta do Android P, aplicativos maliciosos que usam a câmera do smartphone em segundo plano para tirar fotos do usuário ou examinar os arredores estarão impedidos de fazer isso.

Android P - Funções não confirmadas

Integração de Android Things e Chromecast

O Android Things é o sistema que pretende integrar o Android aos demais dispositivos da casa, avançando para um ambiente de Internet das Coisas. Embora ainda esteja nos estágios iniciais – e, por isso, ainda não devemos ver muitos dispositivos Android Things sendo comercializados este ano – a Google já vem trabalhando em ajustes desse sistema operacional.

E um desses ajustes parece ser a integração com o Chromecast, que deve vir a público com o lançamento do Android Things com base no Android P. Uma nova API de controle de volume, por exemplo, permite a sincronização do nível de som entre o Android Things e os dispositivos Chromecast. Embora ainda seja um pequeno passo, já é possível ver essa integração tomar forma.

Qual você acha que será o nome do Android P

Função de gravar ligações

Muitas interfaces proprietárias contam com essa função, que também pode ser usada através de apps de terceiros. A grande diferença aqui é que esse tipo de recurso estaria ao alcance de usuários que utilizam versões mais simples do Android, como as que rodam nos smartphones da Motorola, por exemplo.

Até agora, contudo, não está claro de forma essa função irá funcionar, se a mesma estará disponível apenas para chamadas convencionais por voz, ou então VoLTE e VoIP (Wi-Fi). Em todo caso, o Android 9 deve ser uma versão com foco em otimizações pontuais, e a gravação de chamadas é um desses recursos que deve chegar no maior estilo "antes tarde do que nunca". O novo recurso deve ser implementado de maneira que, durante a ligação, ambas as pessoas ouçam um sinal sonoro de 1,4 kHz a cada 15 minutos. Isso foi feito pensando na legislação existente em alguns países.

Android P - Como instalar no seu Google Pixel

Toda a linha Google Pixel é elegível para esse update, ou seja, os modelos Pixel, Pixel XL, Pixel 2 e Pixel 2 XL. Ao menos nesse primeiro momento, nenhum modelo Nexus faz parte dos primeiros testes do Android P. É esperado que somente o Nexus 6P receba o update quando liberado em sua versão final, durante o segundo semestre do ano.

O tutorial completo você confere aqui:

O que você achou do Android P?

272 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Leo DG há 2 meses

    Sinceramente, não há nada que justifique o notch num smartphone. Acho um retrocesso de design. A Samsung fez muito bem no s8 e note 8, com bordas bem reduzidas, e penso que dá pra reduzir ainda mais, principalmente embaixo. Uma alternativa seria, penso eu, com a câmera por trás da tela, desativar aquele espaço da tela temporariamente enquanto a câmera estiver em uso, ao terminar, ativa-se novamente.

  •   48
    Lewis V.G há 1 mês

    Android integrado com o Assistant, melhora de desempenho e bateria....blá-blá-blá de sempre...

    Gravar chamadas? Sério que isso só chegou agora? Tem interface que tem isso há anos...

    A única coisa que chama a atenção em novas versões é o povo tentando adivinhar o nome... Hilário.. rsrs

  • Guilherme há 2 meses

    Aí você mentiu também, hein? Aqui na minha TouchWiz nunca ultrapassou 2GB ocupados. E esse "pure stock" da Motorola consumiu metade da memória interna do Moto X4. Sempre fico com 1GB de RAM oscilando aqui, então 6 não é necessário. Vou manter meu S7, a câmera é o que eu mais uso aqui, e não vi a mesma qualidade lá. E o Z2 Force nem à prova d'água é.

  • Phelipe B. há 1 mês

    Quero ver é o modo noturno!

  • Pedro Henrique há 2 meses

    Você acha realmente que o Android usa quase toda a RAM sem nenhum propósito? Quanto mais coisas do sistema alocadas na RAM, mais rápido será, menos tempo pra carregar, diminui o acesso ao armazenamento. Não tem sentido isso que vc citou, tem que parar de achar q o Android é estático, o sistema é altamente dinâmico cara. As pessoas querem ter uma Ferrari e quer q não passe de 2mil RPM. Ai ai viu

347 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações