O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
2 min para ler 28 Compartilhado 21 Comentários

Android Silver foi engavetado por falta de apoio das fabricantes

Já havíamos falado aqui no site sobre a ideia do Google com seu projeto Android Silver. O projeto inicial previa a formação de uma gama de dispositivos fornecidos por cada fabricante sem modificações na versão embarcada do software. Dessa maneira desenvolvedores trabalhariam em aplicações para menos versões do Android, pois um dos principais alvos do projeto era combater a fragmentação do sistema.

android silver nexus
Já era o projeto Android Silver. / © ANDROIDPIT

As grandes fragmentações das versões do sistema tendem a prejudicar o desenvolvimento de aplicativos, prejudicando o ecossistema como um todo. Atualmente a versão mais utilizada no mundo continua sendo a Jelly Bean (4.1 ao 4.3), com cerca de 53,8% de usuários. A efeito de comparação, a recente versão KitKat detém apenas 24,5% de participação nos dispositivos ativos. O Android Lollipop tem a missão de ocupar a fatia preenchida pelas duas recentes versões, inclusive entrando no cronograma de fabricantes que ainda não repassaram a versão 4.4.4 para seus usuários.

Ciente do problema, o Google havia criado o projeto Android Silver, que nada mais seria do que a responsabilidade de cada fabricante em desenvolver um dispositivo “Nexus” como alternativa a seus respectivos top de linha. Bom, mas elas não gostaram nada da ideia. As fabricantes alegaram que não era viável compartilhar sua identidade ou associar suas marcas com outras empresas, empregando em seus dispositivos uma versão restrita do Android. Isso porque o Android embarcado nos modelos “Silver” ficaria imune as interfaces e recursos extras das fabricantes, que segundo elas, é o que as diferencia uma das outras no mercado.

De acordo com Hiroshi Lockheimer, vice-presidente de engenharia do Google, a linha Nexus deve continuar normalmente, mas mudanças foram realizadas nos contratos entre a empresa e as fabricantes, afim de tornar o Android mais fechado. Uma das medidas inclui melhorias no Google Play Services, que deve distribuir periodicamente pequenas alterações no software sem a necessidade de aguardar pela liberação da fabricante. Também foi imposto pelo Big G que os dispositivos embarquem ao menos 20 aplicativos de sua propriedade, além da inserção da frase “powered by Android” na tela de boot do dispositivo.

Se existente, o Android Silver faria alguma diferença pra você?

Fonte: Re Code

28 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Bruno Mattos 21/out/2014

    Infelizmente o Google perdeu essa queda de braço...

    Creio que na verdade as fabricantes estavam com medo da concorrência interna direta, pois na maioria dos casos os usuários preferem o android puro.

    Talvez não fosse necessário algo tão pesado como o Silver, mas creio que um limite nas modificações deveria ser imposto... a touchwiz d samsung é um exemplo desse limite, o fireOS da amazon, aquela versão do android da nokia etc seriam limadas.

21 Comentários

Escreva um comentário:

  • Meus amigos. Não sou fã da Apple , longe disso. Mais analisando friamente o objetivo da Google é se fechar e ficar como a Apple. Essa medida seria um passo para isso. Talvez esse tenha sido o motivo da resistência das fabricantes.



  • O Android é isso hoje por causa da Samsung o resto corre atrás


  • É uma ideia boa porém prejudicaria a venda dos fabricantes uma vez que quem compra leva o produto mais pela interface e apetrechos exclusivos de cada marca, ficaria tudo muito igual e a ideia do Android é justamente esta, liberdade. Resumindo, seria bom para o consumidor mas nem tanto para os fabricantes.


  • Muitas marcas ainda não entenderam que os clientes na maioria das vezes acabam comprando pelo design do aparelho, mas no fundo ninguém gosta de uma TW por exemplo... Um nexus com a carcaça de cada marca seria top demais, venderia da mesma forma... Mas também meio que daria uma derrubada nas custom ROM...


  •   28

    A Google deveria ter pulso mais forte com as fabricantes, elas dependem TOTALMENTE do Android pra vender seus smarts, e no mínimo deveriam concordar com as decisões da Google.


  • ~Sonhando: A Google poderia fazer rom GPE para todos os aparelhos. Ou até mesmo limitar a distribuição para até 5 aparelhos por ano.


  • O jelly bean ainda é o mais usado porque nem todo mundo tem dinheiro pra ficar trocando de smartphone com frequência.


    •   11

      Discordo do seu comentário Franklin Cardoso, não acho que a questão principal seja dinheiro mas sim falta de interesse e vergonha na cara das fabricantes que preferem fazer mais e mais aparelhos ao invés de atualizar os próprios...


      • não, o Franklin que está certo!


      • Não concordo... Muitos aparelhos que rodam a JB com fluidez, acabam tendo problemas pra rodas uma ROM KK, realmente pra rodar um sistema bem melhor você precisa de um hardware melhor... Isso acaba saindo caro pra alguns!


      • Não é bem assim. O moto E tem kitkat em um hardware modesto e ainda assim roda liso. Na minha opinião, as fabricantes atualizam e maneira porca para tentar inibir os usuários de ficarem com o mesmo aparelho. Não gosto disso mas da pra entender, afinal o objetivo delas é vender mais e mais.
        No fundo é uma questão de mostrar para elas quais são os nossos desejos e só existe uma forma : comprando ou deixando de comprar.
        A Samsung está sendo um bom exemplo : como as vendas estão caindo ela está tentando recuperar as vendas mudando algumas posturas. Nem sempre dá certo, mas vai que uma hora acerta.


  • É, pra Samsung seria uma tremenda desvantagem, porque se o Software fosse o Android puro dos Nexus, e como as especificações dos carros chefes das principais empresas tem praticamente as mesmas especificações técnicas (algumas pequenas diferenças entre si apenas), o que diferenciaria (pro usuário) na hora da compra seria quase que 100% estética, se um LG G3 e um Galaxy S5 tivessem as mesmas specs, e ambos com Android puro, eu (e garanto que muitos outros) compraria o G3 por ser um Smart bonito, e como a Sammy não e famosa por se preocupar com o "exterior" dos seus dispositivos, ficaria pra trás em pouco tempo.


    •   28

      Ainda preferiria a tela Super Amoled a um design bonito como o do LG G3


      • Pois é, mas seria apenas uma questão de preferência. Eu, por exemplo, prefiro as telas IPS e a construção do G3. Então cada um escolheria o modelo que melhor atendesse.


  • Para nos usuários seria muito bom. Já para empresas não seria nada bom.
    Os telefones são praticamente as msm especificações. Então logo não teria diferenças nos aparelhos.
    outro ponto que o pessoal tanto fala na samsung das modificações, mais muito delas trazem mais facilidade ao usuário, vejo o pessoal falando que a maioria prefere android puro. Eu discordo pois muitos não ligam para o pequeno atraso q tem nos samsung pois engloba mais coisas no software. (Digo isto em aparelhos ao menos de gama média pq os samsung baixô custo e um lixo com a touchwiz)


  • Realmente lamentável , as OEMs poderiam competir entre si com boas funções nativas dos devices, quem perdeu foram os consumidores.


  • Infelizmente o Google perdeu essa queda de braço...

    Creio que na verdade as fabricantes estavam com medo da concorrência interna direta, pois na maioria dos casos os usuários preferem o android puro.

    Talvez não fosse necessário algo tão pesado como o Silver, mas creio que um limite nas modificações deveria ser imposto... a touchwiz d samsung é um exemplo desse limite, o fireOS da amazon, aquela versão do android da nokia etc seriam limadas.


  • Eu acho que seria ótimo isso de um top de linha sem customização. E não entendo o medo das marcas. Venderiam aparelhos da mesma forma. Cada uma que colocasse em seu aparelho um hardware bom e montasse um conjunto bonito para vender mais.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi