Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Estudo mostra que dois terços dos antivírus para Android são falsos

Estudo mostra que dois terços dos antivírus para Android são falsos

Um estudo realizado pela AV-Comparatives, entidade que analisa a eficácia de soluções antivírus para várias plataformas, mostra que até dois terços dos “antivírus” para Android são falsos: ou são totalmente ineficientes, ou simplesmente não detectam nada.

A entidade analisou 250 antivírus encontrados no Google Play, e colocou cada um deles contra 2.000 amostras de malware para Android detectado no ano passado. Ou seja, ameaças que já deveriam constar nos bancos de dados dos seus fabricantes.

E os resultados foram preocupantes: apenas 80 apps realmente detectaram mais de 30% das ameaças apresentadas, o mínimo para que um produto seja considerado eficaz. Entre estes estão todos os apps de fabricantes de renome na indústria de segurança, como Kaspersky, F-Secure, Avira, McAfee, Symantec, AVG, Avast, Panda, etc.

Outros 138 apps detectaram menos de 30% das ameaças, ou então apresentaram uma taxa de falsos positivos e falsos negativos absurdamente alta. Muitos usam um método primitivo de detecção: analisam apenas o nome do pacote que contém o App. Se ele não estiver em lista negra, é considerado seguro.

androidpit malware images 1
Muitos "vírus" para Android tentam assustar o usuário (acima) para fazê-lo instalar malware / © Imgur / AndroidPIT

Ou seja, basta um app “fichado” apresentar uma “identidade falsa” e passaria batido por estes antivírus. Outros adotam a abordagem inversa: consideram que todos os apps são maliciosos, exceto os que estão em uma lista branca. Neste caso alguns apps, por descuido do desenvolvedor, detectaram a si próprios como ameaças. 

Outros 32 apps analisados durante o estudo já foram removidos do Google Play. Muitos deles pareciam ter sido feitos numa “linha de montagem”, com interfaces idênticas e o único propósito de exibir anúncios, cobrar mensalidades ou mesmo enriquecer o currículo de seus desenvolvedores.

Portanto, fica a dica: ao procurar um antivírus para Android, fique com os produtos de grandes fabricantes que tem tradição neste setor. 

E você, usa antivírus no seu smartphone Android? Ou acha desnecessário? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

18 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.