Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Relembre algumas vezes em que o Brasil bateu de frente com a ciência, tecnologia e inovação
4 min para ler 38 Comentários

Relembre algumas vezes em que o Brasil bateu de frente com a ciência, tecnologia e inovação

Todo mundo já está cansado de saber: o nosso país não é lá um bom incentivador da ciência e tecnologia. Isso pode ser comprovado pela série de leis/decisões judiciais que vão contra a inovação, prejudicando não só os consumidores, mas a competitividade e a educação. Neste artigo, vamos relembrar algumas vezes que a mão pesada da Lei brasileira - ou os legisladores - nos encheu de vergonha.

A doação e o Leão faminto

Este caso aconteceu no ano passado e provocou os instintos mais primitivos. O Clube de Astronomia Louis Cruls, de Campos-RJ, recebeu de uma instituição americana uma doação de óculos especiais, usados para ver a atividade solar.  O acessório - feito de papelão - seria usado para despertar o interesse científico em estudantes de escolas públicas.

Mas eles não contavam com a Receita Federal. O Leão não teve piedade e aplicou os impostos e mais uma multa pesada. Ao todo, o clube de astronomia teria que desembolsar R$ 2.708,10. Detalhe: de um produto marcado para não ser revendido.

Felizmente uma alma caridosa resolveu interceder. A Editora Blucher arcou com os tributos. Já a Fedex conseguiu reverter a multa. Já a Receita… bom vocês já podem imaginar.

Será o fim do WhatsApp gratuito?

O tema é polêmico e tem gente que defende os dois lados. Antes de ser afastada do governo, Dilma Roussef fez algumas alterações no Marco Civil e regulamentou a lei no Brasil. Um dos pontos modificados diz respeito a neutralidade da rede.

AndroidPIT whatsapp 7884
Parece que o Brasil é mesmo contra o app de mensagens / © ANDROIDPIT

O artigo 9º proíbe condutas unilaterais ou acordos entre operadoras e serviços que “comprometam o caráter público e irrestrito do acesso à internet” e “priorizem pacotes de dados em razão de arranjos comerciais”, bem como “privilegiem aplicações ofertadas pelo próprio responsável pela transmissão.

Uma interpretação mais rígida pode alegar que é o fim da navegação grátis em aplicativos de redes sociais e em streaming de música, pela prioridade na navegação em detrimento de outros serviços. Até o Zero Rating, como o Internet.org do Facebook, cairia nessa.

WhatsApp vs. Juízes

Essa história é digna de países ditatoriais. A justiça não entende como funciona o aplicativo e para tentar forçar a empresa a dar algo que ela não tem suspende o serviço e prejudica milhões de pessoas. E não foi apenas uma vez. A vergonha foi dupla. Aliás, tripla. Até VP do Facebook no Brasil foi parar atrás das grades.

Wi-Fi de graça?

Essa aqui ainda não chegou a ser sancionada, mas já causa um pouco de medo. O deputado Vinícius Carvalho (PRB-SP) quer exigir que todo estabelecimento comercial ou público faça o cadastro de quem se conecta na rede Wi-Fi.

Basicamente, se a lei for aprovada, todo lugar, seja o restaurante da esquina ou o aeroporto, será obrigado a ter um sistema de cadastro para os usuários, com exigência de CPF. Em outras palavras, mais custo para o empresário que quiser oferecer mais comodidade ao seu cliente.

Uber

Essa aqui a gente pode até relevar, já que onde o carro preto chega parece que a confusão vai junto. Temos até alguns casos positivos, como São Paulo onde o aplicativo já foi regulamentado. Mas também temos alguns casos onde é preciso parar para pensar. Em Salvador e Belo Horizonte, por exemplo. Nas cidades já foram votadas a aprovação do Uber, mas o serviço foi vetado e por unanimidade. Nenhum vereador foi a favor da inovação.

androidpit uber app icon
O serviço é espetacular, mas ao parecer, por onde o Uber passa os problemas vem junto / © ANDROIDPIT

Bônus

aldo rebelo
PL de 1994 do futuro ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil/ © ANDROIDPIT

Tire suas próprias conclusões. Projeto de Lei de 1994, decretado pelo Congresso. Em 2014, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), autor da PL assumiu o Ministério de Ciência e Tecnologia, onde permaneceu até outubro de 2015.

E você, lembra de algum outro caso onde o Brasil deu 7x1 nos brasileiros?

Facebook Twitter 20 Compartilhado

38 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Nego aí nos comentários lambendo a lei no Brasil, dizendo que o WhatsApp mereceu o bloqueio e blá blá blá, é o mesmo que iria ficar de mimimi se o aplicativo guardasse as conversas e tivesse acesso total e irrestrito à elas.

    "_Ahh, eles estão invadindo minha privacidade.. snif snif.."

    Me poupe mano. O app é só uma ponte de comunicação entre as pessoas, não tem mesmo que dar publicidade das conversas, fim de papo. É como outro colega aí colocou: já pensou se os Correios guardassem uma cópia de todas as cartas que passaram lá? Que legal seria sua carta chegando aberta na sua casa? Então, se você que acha que o app foi merecidamente bloqueado, pare e pense um pouco mais, antes de escrever asneiras.


  • tudo que o brasil vê que vai perder dinheiro eles cortam,,


  • Whatsapp é o de menos. Se ele não existir uso outro. Uma empresa estrangeira não é obrigada a liberar dados pessoais dos clientes, não importa do que se trata. Ameaçaram o Whats, os caras criptografaram as conversas. Meu que a lei implique com o que importa. Ex? Delação Premiada, foro previlegiado, caramba tem tantas coisas mais importantes pra lei combater. Whats chega até ser piada.


  • Precisam rever algumas leis


  • Concordo com essa lista, exceto no ponto em que que fala da gratuidade do Whatsapp. Acho que esse caso não devia ter entrado na lista.
    O Marco Civil veta esse trafego por ele ferir a unilateralidade da rede que todos tanto querem. Então, se querem uma rede unilateral, temos que abrir mãos de "regalias".


    • discordo, todas as operadoras deveria ter internet ilimitada por um preço justo: 50 reais mensais está de bom tamanho desde que não tenha falha no sinal, do jeito que está atualmente, eles deveriam é pagar para que nós usássemos a rede deles, por isso discordo do bloqueio do Whats ou ter que pagar pra utilizá-lo. E não ficar cortando ou diminuindo nossa velocidade ao acesso.


  • Ganho bem dirigindo com a Uber e acho que você vai gostar também. Veja os detalhes: www.uberx.com.br


  • Vocês é que não entendem a importância da Justiça pelo jeito, o bloqueio do whatsapp foi merecido e ainda foi pouco. Se não há condição técnica para informar a impossibilidade à Justiça, melhor fechar o app. Um app que tem por finalidade estabelecer comunicação sequer se mostrar aberto ao diálogo junto às autoridades brasileiras merece ter o fim de suas atividades em definitivo no território nacional.


    • O WhatsApp, ou qualquer outro do gênero, é "apenas" um serviço de passagem de informação. Ele não pode reter uma cópia de tudo que passa nele. Imagine o correio tirando uma cópia de todas as cartas que passa(va)m nele? Nunca vi a justiça pedir algo do tipo ao correio. Ah! Mas a mídia é diferente. Ok, então por que não fazem essa mesma cobrança a Skype, Viber, telegram e outros?
      Convenhamos que virou moda bloquear o WhatsApp aqui na Banânia.


    • Lucas Pinheiro você não sabe o que fala, isso sim. Nem imagina que pro App entregar o que a justiça pede ele tem de mudar o app e todos os seus servidores?
      ele é como um sistema de correio que entrega a encomenda, é como uma carta só que virtual, as pessoas precisão compreender que não é tudo que é online que pode ter uma copia. Já imaginou os correios fazendo backup de todas as cartas ?
      Ao meu ver isso é ditadura.


  • WhatsApp fez bem por merecer, aí vcs já abusaram né... lei são leis não importa pra quem seja


  • República das Bananas regredindo contra o progresso.


  • esse país sempre busca uma.forma de expurgar nosso dinheiro mesmo...não.importa como


  • Não somente isso, os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IF's) estão sendo desmantelados pouco a pouco.
    Estou no IFBA há 3 anos e de lá para cá só vejo regresso: desmotivação da pesquisa e de projetos de extensão, fim da "lan house" gratuita que oferecia acesso à interner para pesquisas, fim da xérox, corte nos auxílios estudantis, fim do seguro de vida anual, diminuição da duração da Jornada Científica/ Feira de tecnologia para 4 dias (antes era uma semana) e por aí vai.
    :/
    Agora querem passar os Institutos Federais para as mãos do Sistema S (Senai, Senac, Sesi e Sesc).


    •   83
      Conta desativada 29/05/2016 Link para o comentário

      É a degradação gradual de toda infraestrutura do país. Políticos nojentos!


  • É estamos no Brazil, e infelizmente, vale tudo, quase tudo, ou não!!


  •   47
    Conta desativada 29/05/2016 Link para o comentário

    .

    Conta desativada


  • Perfeitamente de acordo com o fim do whastapp gratuito, a não ser que o acesso seja gratuito a todos os concorrentes também.


    • Lei da oferta e procura. Se outros aplicativos mesmo sendo melhores tem menos usuários não há motivo de serem gratuitos. Além disso há os acordos entre empresas como propagandas e royalties.


  • Este país é um fiasco mesmo

    Conta desativada


  •   100
    Conta desativada 29/05/2016 Link para o comentário

    São tantas sacanagens 👎👎👎


  • Esqueceram daquela PL bizarra que quem falasse mal de algum político na Internet sofreria punições.


  •   83
    Conta desativada 29/05/2016 Link para o comentário

    O que esperar de um país governado por bandidos? A eles convém manter a população ignorante e desinformada. Fica bem mais fácil de ludibriar.


  • Nenhuma surpresa, Isto é Brasil


  • Entre no artigo surpreso pensando que o "bateu de frente" seria no modo positivo até ler e perceber que era no modo negativo.


  • O Governo sempre do lado das grandes corporações. Por trás das regras só existem interesses, que com certeza, não são os do consumidor!


  • pessoas retrógradas num país retrógrado


  • Bem que poderiam fazer um comparativo entre o Brasil e outros países a respeito das políticas públicas relacionadas às tecnologias citadas. Pois até onde me lembro, inúmeras nações sérias, inclusive os EUA, são bastante rígidos neste aspecto.

    Até onde sei, exceto em paraísos fiscais e nestes países onde o ser humano e a sociedade é tratada como lixo, existem regras a serem seguidas.

    Ou será que o autor e essa galera que consome este conteúdo, é egocêntrico e desinformado o suficiente para achar que tudo deveria ser uma grande festa, colocando o setor da tecnologia em um pedestal intocável?


  • Você não viu nada rs rs rs, procure pesquisar a famigerada política de reserva de Informática dos anos 70 que vigorou até os anos 90, que só foi eliminada no governo Collor, incrível não é? mais incrível ainda é que um dos apoiadores e formuladores desta política era o Sr Luciano Coutinho que até outro dia era presidente do BNDES, mostrando que os ratos do atraso não desaparecem nunca independente do regime de governo.
    Só para você ter uma mínima ideia do que era esta política vou te contar uma história.
    Meados dos anos 70 tive contato pela primeira vez com um dispositivo que nos Estados Unidos era chamado de ANSWER MACHINE, e que no Brasil era chamada de secretaria eletrônica.
    Pois bem, procurei um sócio capitalista para fabricar este dispositivo no Brasil, o que não foi difícil, visto que era uma novidade, e a aceitação do produto era certa
    Mas sabe o que aconteceu? Não pude seguir em frente com o projeto porque o dispositivo era considerado item de Informática e não poderia ser fabricado sem autorização do governo.
    Autorização esta que era dada apenas aos amigos do rei.
    Conto está história apenas para dar uma idéia aos jovens de hoje que s opção deste país sempre foi do atraso.


  • Retrocessos tecnológicos, a gente vê por aqui.


  • Não se precisa pensar muito longe em gafes do legislativo e do executivo. O fim da lei do bem, um grande retrocesso num país que, em tese, quer fazer a inclusão digital de sua população.


  • Acho que se os taxistas começassem à entregar um serviço de qualidade e com diferenciais (wifii, comodidade) e sem preços horrorosos talvez a coisa mudaria. O Uber é um excelente serviço que já é usado em vários países e aqui no Brasil vira até caso de polícia...


    •   8
      Conta desativada 29/05/2016 Link para o comentário

      Não é só aqui que o Uber causa problemas. Em vários países que atuam, ele enfrentou problemas. E nesse caso, apoio os taxistas, pois eles pagam vários impostos a mais que o Uber. Porém, também acho que eles devem investir na melhoria do serviço.


  • Brasil, não brasileiros!!!


  • Onde lê-se Brasil leia-se POLÍTICOS BRASILEIROS.

    Onde lê-se políticos brasileiros leia-se CORJA DE LADRÕES!