Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 90 Comentários

ASUS: cinco curiosidades sobre a taiwanesa do Zenfone

Chegando de mansinho no país com o Zenfone 5, lançado em 2014, a ASUS foi conquistando o mercado brasileiro e em quatro anos alcançou o terceiro lugar nas vendas de smartphones, abaixo apenas da Motorola e da Samsung. Mas existem coisas que você provavelmente não conhece sobre a ASUS e que vamos mostrar agora.

1 - Origem do nome ASUS

ASUS é um nome incomum, mas logo conseguimos pensar no Pégaso (Pegasus, em Inglês), o cabalo alado da Mitologia Grega que você deve ter visto na animação Hércules. E é exatamente esse o significado do nome, remetendo ao vôo, à velocidade, inspiração de arte e aprendizado, entre outros.

asus logo
Você sabe de onde vem o nome ASUS? / © ASUS

Mas como que o nome ficou assim, pela metade? Conta-se a estória de que a empresa cansou de figurar mais para o final das listas de fabricantes, inclusive em feiras, apresentações. Daí, retiraram as três primeiras letras, para que a empresa começasse com a letra A e fosse para o topo das listagens.

2 - ASUS não surgiu com smartphones

A não ser que você seja totalmente iniciante no mundo da tecnologia, vai saber que a ASUS não apareceu no mundo com seus smartphones. Os smartphones com Android da empresa surgiram lá em 2012 com o PadFone, mas bem antes disso a empresa já fazia números enormes por aí.

asus padfone new 5
O PadFone evoluiu até chegar nesse híbrido com tablet / © ASUS

 

Os produtos incluem monitores, placas-mãe, placas de vídeo, placas de som, dissipadores, computadores notebooks, tablets, roteadores, entre outros. Ela inclusive já produziu componentes para outras fabricantes como Sony, Apple, Alienware, HP e Compaq.

3 - ASUS é líder em placas mãe

E apesar de vender bem por aqui e em outros países como Índia, Taiwan e China, os números de componentes de computador são muito superiores aos de smartphones. Grandes ao ponto de a AUS ser a maior fabricante de placas-mãe no mundo, com aproximadamente 40% do market share do setor.

motherboard asus
A ASUS é líder mundial em placas mãe / © ASUS

Ela também é uma das maiores 10 empresas de TI da Ásia e uma das maiores vendedoras de PC no mundo. Aqui no Brasil a empresa vende quase todos os componentes que fabrica, incluindo as populares placas-mãe.

4 - ASUS inseriu os netbooks no mundo

Se você é um pouco mais jovem, é capaz que não saiba o que é um netbook. Por volta de 2010 esses gadgets foram febre pelo mundo. Esses aparelhos foram precursores de ultrabooks, Chromebooks e, de certa forma, até de tablets.

eee pc asus
Alguém aí falou em bordas? / © Bit-Tech

O netbook da ASUS, que era chamado Eee PC, era um notebook minúsculo, com uma tela pequena e hardware bem simplificado. Geralmente rodavam Linux ou Windows. Eles eram destinados, principalmente, a mercados emergentes e pessoas de menor renda. Os Eee PC foram os mais populares netbooks, mesmo não sendo o s primeiros, e definiram o gênero pelo mundo.

5 - ASUS já fez smartphones com a Garmin

Essa é uma curiosidade obscura e acredito que poucos irão saber. Foi por apenas um ano que durou essa parceria, mas ela resultou na produção de seis smartphones, que tinham embarcado sistemas como Linux, Windows Mobile e Android.

a10 garmin asus
Sim, um smartphone com foco em GPS. Esse era o A10 / © GSM Arena

A união, chamada de Garmin-ASUS, era estampada nos smartphones, que tinham como foco a navegação por GPS oferecida pela Garmin, obviamente. Com início em 2009, a parceria morreu em 2010 (pois é), quando a Garmin resolveu não investir mais nesse tipo de produto.

E você, tem alguma curiosidade da ASUS para compartilhar com a gente? Solte seu lado nerd!

Os comentários favoritos dos leitores

90 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • ASUS = melhores placas-mãe !!! Nada mais :D


  • Nossa... tô velho! já conhecia todas essas coisas da Asus...Aff... ainda bem que a matéria não é sobre comandos do MS-DOS, se não entregava minha idade rsrs


  •   86
    Conta desativada há 5 meses Link para o comentário

    Até hoje tive um smartphone e um notebook da asus, infelizmente os dois deram dor de Cabeça. Mas mesmo assim pegaria outro produto da marca futuramente...


  • Boa matéria, Stella!!!


  • As duas grafias existem há muito tempo e antigamente havia uma diferença significativa entre elas. A palavra estória é muito antiga na língua portuguesa, acredita-se que tenha surgido no século XIII. Empregava-se a forma estória quando a intenção era se referir às narrativas populares ou tradicionais não verdadeiras, ou seja, ficcionais. Já a palavra história era utilizada em outro contexto, quando a intenção era se referir à História como ciência, ou seja, a história factual, baseada em acontecimentos reais.

    A palavra estória é considerada um tipo de arcaísmo, isto é, aquelas palavras que, por serem muito antigas, quase não usamos mais. Ela era utilizada quando ainda não havia uma grafia uniformizada para as nossas palavras, mas, em 1943, com a vigência do nosso sistema gráfico, a Academia Brasileira de Letras entendeu que não deveria mais haver diferenças entre história e estória e que a palavra história deveria ser empregada em qualquer situação, seja para nomear narrativas ficcionais ou reais.
    Agora cabalo,creio que foi erro de escrita 😉


  • "Cabalo"? "Estória"? Vixe...... por favor, vamos ter um pouco mais de cuidado. Bom, é uma critica construtiva, erros ocorrem mesmo sem intenção. O pior burro é aquele que não quer aprender.


    • Eu ia fazer a mesma observação meu amigo e o incrível que ainda não fizeram a correção acho que vai ter menos um estagiário!


      •   86
        Conta desativada há 5 meses Link para o comentário

        Os dois jumentos, antes de criticar deveriam estudar um pouco de gramática. Estória com "E", se refere a algo fictício, um conto e etc. História com H se refere a algo real, que aconteceu, como a burrice de vocês 😁


  • Tem também uma curiosidade q ninguém deve saber, pelo menos na Asus do Brasil e as pessoas q "resolvem" os problemas lá, estou acabando d pagar um Zenfone 3 Zoom, em "um ano d uso", já q a maior parte do tempo, foi em assistências ou parado na minha casa, ele me custou 2000 reais, em menos d dois meses já estava dando problema, e com o passar dos meses aparecia novos problemas, até q com seis meses, resolvi mandar pra assistência, já q só existe em S.P., como ele tava na garantia e ñ aceitei pagar o valor cobrado por eles, eles me devolveram com um problema q ñ existia, até hj já gastei mais d 200 dólares, tentando consertar aqui na NZ, hj mesmo levei d novo pra uma assistência técnica aqui, mas d uma coisa eu tenho certeza, assim q botar os pés no Brasil, no dia seguinte eu entro na justiça contra essa "empresa" d M....


  • E hoje, seus Smartphones no Brasil são mais caros, um Zenfone 4 Max com processador Snadragon 430 e 32 GB de RAM custa mais caro que um concorrente direito.


  • A ASUS é uma excelente empresa, as placas mãe que o digam...


    •   86
      Conta desativada há 5 meses Link para o comentário

      Realmente nunca vi melhores, duram bastante mesmo....


  • Único problema da Asus e que ele não faz espelhamento com nenhuma central multimídia, devido a Asus não fazer nenhuma customização do Android para sua plataforma


  • Uma curiosidade sobre a Asus que todo mundo sabe: ela copiou o horrível notch da Apple.


  • Curiosidades interessantes.


  • Como a matéria é sobre a Asus, acho que posso opinar sobre outro produto que não os smartphones rsrsrs.
    Há 3 meses precisei trocar meu notebook.
    Comecei a pesquisar fóruns e reviews, e encontrei o Asus Vivobook i5 X510UR-QB209T. O pessoal falava muito bem dele, mas confesso que tinha um pouco de receio, pois desde 2007 usava apenas Dell, sem qualquer tipo de problema.
    Mas dessa vez resolvi mudar, em razão de os valores dos equipamentos, com configurações semelhantes, estarem com diferença de aproximadamente R$ 1.000,00 (mais caro para a Dell).
    Hoje tenho convicção de que fiz a escolha certa, pois a máquina é excelente. O que mais me chamou a atenção e despertou o interesse de compra foi a tela (Full HD), o que, no dia a dia, se mostrou melhor do que esperava.
    É lógico que o notebook não é perfeito, tendo uma ou outra coisa a melhorar, porém, na sua faixa de preço, acredito ser o melhor.
    Abraço a todos e parabéns pela matéria.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados