O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
5 min para ler 315 Compartilhado 51 Comentários

HTC transforma um celular mediano em um verdadeiro carro-chefe depois de update

Às vezes acontecem milagres que a gente quase nem consegue acreditar. Um desses milagres aconteceu na semana passada, quando a HTC liberou a atualização do sistema operacional do HTC One para Android 6.0 Marshmallow. Ocorre que este update transformou um aparelho mediano em um carro-chefe de respeito!

Nota: Por mais que a HTC não comercialize seus smartphones em território nacional, o que aconteceu com o carro-chefe de 2015 da fabricante taiwanesa é motivo suficiente para este artigo ser publicado no site. Todas as informações abaixo são baseadas em fatos e ocorreram na Alemanha.

O que era um simples update se tornou uma grande surpresa

Fazendo sentido ou não, os aplicativos de teste de benchmark brigam entre si, porém são necessários na hora de calcular o desempenho de um smartphone. Na minha opinião, calcular os benchmarks de smartphones funciona quase como medir o desempenho de um carro. Para o dia-a-dia ninguém precisa de um carro com uma potência maior que 200 cavalos. A metade disso já é mais do que suficiente para andar pela cidade.

Com os smartphones é a mesma coisa. Ninguém precisa do melhor smartphone do mercado, com o melhor processador ou capacidade de memória. Porém, com o tempo, as reservas de energia adicionais revelam-se extremamente úteis.

Por regra os fabricantes deveriam trabalhar constantemente para manter seus softwares sempre atualizados. Os dispositivos deveriam estar isentos de falhas de segurança, ter as funções desbloqueadas e rodar a mais recente versão do Android.

Quando a HTC informou que uma atualização chegaria para o HTC One M9 - Android 6.0 Marshmallow e HTC Sense 8 - o que parecia um simples update do SO acabou se transformando em uma grande surpresa. Ao que tudo indica, a HTC conseguiu finalmente soltar os freios e consertar os problemas de superaquecimento do processador Snapdragon 810.

HTC One M9 Update Android 6 0 marshmallow
A atualização para o Android 6.0 Marshmallow para o HTC One M9 veio em 2 etapas / © ANDROIDPIT

De cara, o que você precisa saber é que o update do HTC One M9 chegou em duas etapas. A primeira atualização ocupava cerca de 135 MB e preparava o aparelho para a segunda parte, que ocupava mais ou menos 1,26 GB do armazenamento interno. Depois de atualizado, o dispositivo já estava rodando com o Android 6.0 Marshmallow e a interface Sense 8.0.

Um novo teste de benchmark e a surpresa

Depois de completar a atualização do sistema do HTC One M9, refiz todos os testes padrão de benchmark novamente. Entre os serviços de benchmark, tínhamos testes do Geekbench, Vellamo, AnTuTu e Basemark. Quando vi a nova pontuação, busquei no nosso banco de dados todos os detalhes sobre os testes anteriores do dispositivo.

Para minha surpresa, os pontos quase dobraram em praticamente todos os benchmarks. Com esta atualização, o HTC One M9 entra para o nosso ranking de smartphones mais rápidos do mercado e, ao contrário da época do seu lançamento, agora lidera a pontuação neste tipo de teste, ficando acima dos Samsung Galaxy S6, Sony Xperia Z5 e Huawei Mate 8.

Benchmark HTC One M9 com Android 5.1 HTC One M9 com Android 6.0 Samsung Galaxy S6 com Android 5.0.2 Huawei Mate 8 com Android 6.0 Sony Xperia Z5 Premium com Android 5.1.1
GeekBench 3 (Single-Core) 700 1.195 1.513 1.632 1.248
GeekBench 3 (Multi-Core) 2.273 3.699 5.177 5.915 4.273
Vellamo Metal 1.349 2.572 2.585 2.917 2.290
Vellamo Multicore 1.672 2.149 3.192 3.390 2.671
AnTuTu 6.0.1 44.291 100.351 70.795 90.040 56.508
Basemark X 1.1 (Medium) não foi testado 29.634 28.032 29.388 35.701
Basemark X 1.1 (High) não foi testado 20.575 15.134 15.325 23.880

Por que acreditamos neste resultado?

As más línguas podem até dizer que com a nova atualização o HTC One M9 passou a reconhecer quando o app de benchmark é inicializado e potencializa o Snapdragon 810 ao máximo. Contudo, para isso acontecer, o HTC One M9 teria que esquentar muito, o que não acontece.

O HTC One M9 se manteve em uma temperatura satisfatória durante todos os testes. A estabilidade do sistema também se manteve, mesmo depois de diversos testes. Um aumento de apenas 10º foi registrado durante todo o processo.

Temperatur HTC One M9
Depois de 3 testes com o AnTuTu a temperatura apenas subiu 10º / © ANDROIDPIT

Em contato com a HTC, questionamos quais foram as otimizações que vieram com o update de software do HTC One M9 a ponto de quase dobrar os testes de benchmark deste topo de linha. O gerente de produto da HTC na Europa, Fabian Nappenbach, comentou que além do Android 6.0,o software realmente entrega uma melhoria na experiência com o processador da Qualcomm. Contudo, não nos foram dados mais detalhes sobre o que causou este salto em desempenho.

Recapitulando...

Ninguém precisa de tanto desempenho para o dia-a-dia. Mas é muito bom ver que a HTC deu nova vida a um dispositivo de pouco mais de 12 meses, principalmente se consideramos que o celular está disponível no mercado internacional por menos de R$ 1.992,00 (sem taxas e nem impostos).

E você, o que acha do efeito fênix da HTC? Será que o primeiro software deixava a desejar ou o Marshmallow é realmente capaz de operar milagres? Deixe-nos saber sua opinião nos comentários abaixo!

315 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

51 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi