Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 63 Comentários

Inteligência artificial da Alibaba e da Microsoft vencem humano em teste de leitura

Uma inteligência artificial, desenvolvida pela Alibaba, conseguiu fazer uma pontuação maior que a de humanos num teste de leitura e compreensão da Universidade de Stanford. O questionário, que conta com mais de 100.000 perguntas, é considerado um dos medidores de leitura de máquina mais autorizados do mundo. 

A pontuação obtida pela máquina foi de 82.44 pontos, atrás dos 82.304, a maior nota já tirada por humanos nesse teste. Um dia depois do feito da Alibaba, a Microsoft também conseguiu uma pontuação maior que a de pessoas (e maior que a da Alibaba também): 82.650 pontos. 

Para provar se os modelos de aprendizado automático são capazes de processar enormes quantidades de informação e, então, oferecer respostas, o teste de Stanford é baseado em mais de 500 artigos da Wikipedia. Luo Si, cientista-chefe do processamento de linguagem natural no instituto Alibaba disse, em comunicado, que questões objetivas como “o que causa a chuva” agora podem ser respondidas com alta precisão por máquinas. 

A respeito da aplicação dessa tecnologia toda, ele diz que as possibilidades são muitas, “como atendimento ao cliente, tutoriais de museu e respostas on-line a consultas médicas de pacientes”. Na história, alguns feitos parecidos com esse marcaram a evolução da tecnologia. Há mais de 20 anos, o supercomputador Deep Blue, criado pela IBM, ganhou uma partida de xadrez contra o então campeão mundial, Garry Kasparov. Em 2016, uma inteligência artificial criada pela Google foi capaz de vencer um campeão de Go, um jogo de tabuleiro de origem chinesa.

Bastante promissor, você não acha?

Fonte: Bloomberg

29 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

63 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários