O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site.

48 Compartilhado 136 Comentários

Review do Moto 360 2015: o smartwatch que pode competir com o Apple Watch!

A Motorola lançou a segunda geração do Moto 360 com mudanças muito pequenas em relação ao modelo anterior. Novo processador, duas opções de tamanho e correções pontuais, como a mudança no encaixe da pulseira e o botão físico para a posição dois. Depois de uma semana com o novo smartwatch da Motorola, a impressão que tive é a de que a fabricante ficará mais um ano atrás da concorrência, mesmo tendo fabricado um relógio melhor do que o seu antecessor. Contudo, existe um fator no qual a Motorola se manteve imbatível: o poder de personalização do dispositivo. Confira a seguir todos os detalhes sobre o Moto 360 de segunda geração.

Avaliação

Prós

  • Personalizável através do Moto Maker (versão clássica comercializada fora do Brasil)
  • Fácil remoção da pulseira
  • Certificação IP67 de resistência à água
  • O Android Wear já pode ser considerado uma plataforma decente
  • Dock de carregamento sem fio: prático e elegante

Contras

  • A tela não é 100% circular
  • Caixa ainda muito espessa
  • Autonomia da bateria

Moto 360 (2015) – Data de lançamento e preço

A segunda geração do Moto 360 foi anunciada durante um evento em conjunto com a Lenovo, no dia 2 de setembro de 2015, e já está disponível em algumas regiões a partir do Moto Maker. No Brasil, a Motorola optou em disponibilizar apenas a versão Sport do Moto 360 2015, que possui pulseira em silicone preta e oferece recursos voltados para prática de exercícios físicos, contando com a presença de um pedômetro - que conta os passos, GPS integrado e leitor de frequência cardíaca.  

O relógio inteligente da Motorola custará R$ 1.999,00 e estará disponível a partir de hoje através da loja oficial da Motorola. O serviço Moto Maker, que personaliza a caixa e a pulseira do relógio, não está disponível para a versão comercializada no Brasil. A versão Sport é vendida em um único tamanho de 45mm, diferente das versões em couro e alumínio, que possuem opções com tamanhos de 42mm e 46mm.

ANDROIDPIT MOTO 360 2 2015 ifa2015 SPORT
Versão Sport do Moto 360 2015 chega ao Brasil / © ANDROIDPIT

Moto 360 (2015) – Desenho & Qualidade de Construção

O que a grande maioria das pessoas procura em um smartwatch ou em um relógio clássico? Sem dúvida é um belo desenho, pois você não usaria um relógio apenas para verificar e-mails ou a hora, certo? Neste sentido, o novo Moto 360 é um dos melhores smartwatches que podemos encontrar no mercado hoje. O gadget pode ser personalizado de inúmeras formas, da caixa de aço à pulseira através do Moto Maker.

AndroidPIT moto 360 2015 52
O Moto 360 possui dois tamanhos: 46mm ou 42mm. / © ANDROIDPIT

Para este teste, recebi um voucher da Motorola na Alemanha e montei o meu Moto 360. Vale lembrar que a versão Sport comercializada no Brasil não possui suporte do Moto Maker. A experiência de compra começa com a opção do tamanho da caixa: 46mm ou 42mm. Depois, você pode escolher qual a cor que deseja ter no aro do dispositivo (8 variações ao todo) e qual será a cor da caixa de aço (3 variações). Por último, será possível escolher entre 6 formatos de pulseira, em dois materiais diferentes: couro ou metal. Algumas das escolhas, como a pulseira com volta dupla, possuem um custo extra. E todo esse processo é realmente muito rápido e fácil de seguir.

Moto 360 2nd gen 08
A pulseira dupla de couro da Motorola possui um custo extra na hora de montar o seu Moto 360... ! / © ANDROIDPIT
Moto 360 2nd gen 07
... mas os 10 dólares são um investimento se este é o smartphone que você deseja ter no punho 24 horas do seu dia. / © ANDROIDPIT

Em comparação com a versão anterior, a nova geração do Moto 360 teve três mudanças pontuais. A primeira delas foi na caixa de aço que agora possui um encaixe clássico da pulseira ao dispositivo. Além disso, a remoção da mesma é muito fácil, pois possui um adaptador ajustável. A segunda é a mudança do botão físico do aparelho, também conhecida como coroa em relógios tradicionais, da posição “3” para a posição “2”, o que evita ativações desnecessárias ao mover o punho.

AndroidPIT moto 360 2015 53
Em comparação com o modelo anterior, o novo Moto 360 (esquerda) possui poucas diferenças, a mais notável é a posição do botão físico. / © ANDROIDPIT

Contudo, uma das minhas maiores críticas no ano passado foi em relação ao tamanho da caixa do Moto 360, e a Motorola repetiu o mesmo erro em 2015. Olhando para a tabela abaixo, é possível perceber que mesmo com a pequena diferença na capacidade da bateria, as variantes possuem praticamente as mesmas dimensões.

AndroidPIT moto 360 2015 2
A espessura do Moto 360 se manteve a mesma. / © ANDROIDPIT
  Moto 360 2015 (46mm) Moto 360 2015 (42mm) Moto 360
Altura 46mm 42mm 46mm
Largura 46mm 42mm 46mm
Espessura 11.4mm 11.4mm 11.5mm
Bateria 400mAh 300mAh 320mAh

Na parte traseira, o Moto 360 2015 possui um monitor de batimentos cardíacos funcionando de forma muito rápida, que coleta seus dados a cada cinco minutos e oferece uma análise de até 24 horas das suas pulsações cardíacas. Além disso, o novo 360 oferece certificação de resistência à água IP67. Contudo, tenha em mente que se você optar por uma pulseira de couro, com o tempo, o uso constante em contato com a água tende a deixar marcas.

AndroidPIT moto 360 2015 45
O Sensor de batimentos cardíacos do Moto 360 é realmente rápido. / © ANDROIDPIT
AndroidPIT moto 360 2015 47
As pulseiras são facilmente destacáveis e podem ser removidas muito rapidamente. / © ANDROIDPIT

Em resumo, o grande trunfo do Moto 360 2015 é a sua capacidade de personalização. A LG não oferece isso, a Samsung também não, a Apple não oferece isso ou a Sony. A única fabricante que se aproxima da Motorola quando o assunto é customização de wearables é a Huawei que, ainda assim, deixa a desejar. Apesar dos executivos da fabricante chinesa afirmarem que existem diferentes designs para diferentes pessoas, a empresa vende o produto pronto, você não tem a chance de escolher opções. Logo, a segunda geração do Moto 360 possui um Moto Maker de vantagem sobre a concorrência.

Moto 360 (2015) – Tela

O novo Moto 360 possui duas variantes de tela, uma de 1,37 polegadas e outra de 1,56 polegadas, usa a tecnologia IPS LCD, e resoluções de 360×325 e 360×330, respectivamente. O aumento da resolução da tela da nova geração fez com que a densidade de pixel por polegada quadrada também tivesse um acréscimo. Assim, temos 233 ppi para a versão maior e 263 ppi na menor. Apesar de fazer uma diferença pequena, ainda assim é possível perceber que a qualidade da tela da nova geração do smartwatch da Motorola é melhor.

AndroidPIT moto 360 2015 50
A tela do Moto 360 2015 possui um formato circular, mas devido aos sensores, ela não é 100% redonda. / © ANDROIDPIT

Esta otimização também fez com que a refração das imagens na tela causada pela elevação das margens do monitor diminuísse consideravelmente. Contudo, ainda é algo que incomoda quando usamos o Moto 360 em um ângulo de 30º. Já o brilho da tela do Moto 360 é realmente bom e, ao contrário de muitos gadgets, você consegue perceber a diferença entre os níveis de brilho (5 ao total e o automático). Claro, o brilho da tela está diretamente ligado à autonomia da bateria, e um ponto positivo aqui é o fato de que mesmo no nível de brilho 1, você não terá dificuldade de reconhecer o conteúdo da tela.

Durante meus testes, no entanto, a sensibilidade da tela ao toque não se mostrou sempre efetiva. Isso é realmente frustrante em alguns momentos, especialmente quando você está com pressa e procurando um aplicativo específico, como o controle de mídias, por exemplo.

AndroidPIT moto 360 2015 3
A refração consequente da elevação da tela é menos visível, mas, Motorola, está lá! / © ANDROIDPIT

No entanto, de modo geral, a tela do Moto 360 2015 é boa, mas espero que na próxima geração do wearable, a Motorola reveja o fato da elevação da tele em relação ao aro, bem como a posição dos sensores que fazem da tela qualquer coisa, menos circular.

Moto 360 (2015) – Software

O Moto 360 de segunda geração roda com a última versão do Android Wear. Desta forma, o software teve um upgrade conhecido desde o anúncio do concorrente Apple Watch e já traz melhorias consideráveis, como o suporte para wi-Fi, por exemplo. Entre os mostradores pré-embarcados alguns realmente merecem destaque, especialmente aqueles que funcionam como widgets, ou seja, aplicativos inteligentes.

AndroidPIT moto 360 2015 12
O Moto 360 2015 oferece 14 mostradores nativos, mas você ainda conta com opções na Play Store. / © ANDROIDPIT

Duas funções que mais me chamaram a atenção durante meu teste do Moto 360 2015 foram os serviços de controle remoto para a Android TV, os serviços de música, e os aplicativos e mostradores para a prática de esportes. Ou seja, ter as informações que importam, na hora em que você precisa. O software se mostrou bastante integrado ao hardware  também, e o uso do sensor de batimentos cardíacos e do contador de passos está mais preciso e reconhece os processos de forma ainda mais rápida. Contudo, especialistas informam que as estatísticas deste tipo de dispositivo ainda são muito experimentais. Logo, não se deve levar tais informações à risca.

AndroidPIT moto 360 2015 21
O dispositivo é usado em conjunto com o aplicativo do Android Wear. / © ANDROIDPIT

Agora, o aplicativo oficial da Google já está disponível na App Store e permite aos usuários do iPhone, rodando com a versão iOS 8.2 ou superior, parear smartwatches que utilizam o SO Android Wear. Entretanto, o uso do Moto 360 se mostrou muito raso, quase pior do que quando lançado para Android. Abaixo, você confere uma galeria de imagens com exemplos dos recursos de software do Android Wear rodando no Moto 360 e pode ter uma ideia do que o sistema operacional proporciona neste momento:

Moto 360 (2015) – Performance

De fato tivemos algumas mudanças em relação ao hardware do modelo anterior do dispositivo: agora o Moto 360 é embalado pelo processador Snapdragon 400, quad-core, girando na frequência de 1.2 GHz, e possui os mesmos 4 GB de armazenamento interno do modelo anterior, bem como os mesmos 512 MB de memória RAM. Já o processador gráfico é o Adreno 305 a 450MHz. Quando o assunto são wearables, no entanto, estas especificações deveriam bastar para um desempenho de hardware mais que satisfatório. O novo Moto 360 conta com o suporte Wi-Fi e Bluetooth 4.0, e isso faz com que você possa usar o relógio sem a necessidade do smartphone, e tenha um consumo de energia do celular mínimo quando o smartwatch estiver conectado a ele.

Quando olhamos para as especificações de hardware do novo Moto 360, basta dizer que são as mesmas da segunda geração do Moto G, lançada no ano passado. Ou seja, você realmente pode ter a certeza de estar carregando um pequeno e potente micro-computador no seu punho.

AndroidPIT moto 360 2015 32
O hardware do Moto 360 responde muito bem às exigências do sistema. / © ANDROIDPIT

O dispositivo roda com a versão mais recente do sistema operacional da Google para wearables, o que torna ele compatível tanto com smartphones rodando com Android quanto iOS. Isso mesmo, se você possui um iPhone 6, por exemplo, e não pretende adquirir o Apple Watch por conta do custo do dispositivo, poderá comprar um smartphone mais acessível e altamente customizável, tal qual a segunda geração do Moto 360. 

Pude testar o Moto 360 2 também em conexão com o iPhone 6 e, apesar de alguns problemas para parear os dispositivos sem ter que redefinir o smartwatch, fazendo este processo foi possível usá-los em conjunto. A experiência do uso do Moto 360 2015 com o iOS é limitada, pois muitos apps não oferecem suporte ao sistema. Você pode fazer pesquisas de voz, mas não enviar mensagens usando o WhatsApp, por exemplo. Coisa que é corriqueira quando usamos Android Wear - Android SO. 

AndroidPIT moto 360 2015 15
O Moto 360 roda com a versão mais recente do Android Wear e oferece suporte para dispositivos Android e iOS. / © ANDROIDPIT

Entre os sensores do Moto 360 temos o acelerômetro, o sensor de luz ambiente, giroscópio, o sensor para o monitoramento dos batimentos cardíacos e o motor de vibração e reconhecimento do toque (Haptics). E, como vimos na descrição do software, com isso dá pra fazer muita coisa. Contudo, o reconhecimento da voz é algo que ainda é crítico no smartwatch da Motorola, porém, vemos o mesmo nos relógios inteligentes de praticamente todas as fabricantes.

No caso da Motorola, em específico, é realmente frustrante, visto que a fabricante possui um dos melhores motores de reconhecimento de voz do mercado, presente no Moto X Style e Moto X Force, por exemplo. Uma das limitações deste serviço pode estar relacionada ao posicionamento do microfone que, para o uso diário, não parece estar na melhor posição - esquerda da queixa, na parte de baixo. Utilizo um smartwatch desde o lançamento do Android Wear e, sinceramente, a localização mais lógica para o microfone é o lado direito da caixa, preferencialmente superior.

AndroidPIT moto 360 2015 42
O posicionamento do microfone no Moto 360 2015 não condiz muito com a experiência do usuário. / © ANDROIDPIT

Ainda em relação ao desempenho do hardware, existe uma coisa que não pode deixar de ser mencionada:  você pode usar o Moto 360 2015 pareado com outros dispositivos Bluetooth que não o seu smartphone! Quer dar uma volta com o cachorro ou simplesmente ir ao mercado e deixar o celular em casa, mas quer curtir o álbum do seu artista favorito? Basta ter um fone de ouvido sem fio, com conexão Bluetooth, como o UMi Voix Blu, e você não terá problemas em usar os arquivos armazenados no relógio.

Moto 360 (2015) – Bateria

Durante o lançamento do novo Moto 360, os engenheiros da Motorola afirmaram que o gadget possui dois dias de uso sem a necessidade de carregamento. Contudo, em dez dias de uso do aparelho, nunca consegui sair e chegar em casa com bateria no relógio. Ou seja, sempre tive que carregar ele em algum momento do dia. Vale lembrar que o modelo que testei possui 300mAh.

AndroidPIT moto 360 2015 43
Se você colocar o carregador sobre a sua mesa e lembrar de carrega o 360 durante o dia, a autonomia da bateria pode até nem te irritar. / © ANDROIDPIT

Assim como temos duas variantes de tamanho, temos de capacidade de bateria. Assim, são 300mAh na versão de 42mm, e 400mAh no modelo de 46mm. O ponto positivo aqui é realmente o fato de que ainda contamos com o dock para carregamento sem fio. De fato o design bem feito do dock e a praticidade de simplesmente depositar o relógio sobre ele é o que ameniza a péssima experiência de energia.

Utilizo há mais de um ano o Gear Live e, acreditem em mim, é frustrante ter que encontrar o pequeno adaptador todos os dias, anexá-lo ao aparelho e achar um cabo USB/microUSB para carregar ele. Contudo, indico a compra de um carregador extra para deixar um em casa e outro no seu local de trabalho. Isso tornar a vida mais simples.

Bom, claro que existem algumas medidas que você pode tomar para manter a bateria do Moto 360 2015 por mais tempo, tais como as configurações de brilho da tela, desativar o wi-fi quando não for mais necessário, desativar o uso da tela sempre ativa.

Moto 360 (2015) – Especificações Técnicas

Dimensões: 42 x 42 x 11,4 mm (42 mm)
46 x 46 x 11,4 mm (46 mm)
Tamanho da bateria: 300 mAh (42 mm)
400 mAh (46 mm)
Tamanho da tela: 1,37 polegadas (42 mm)
1,56 polegadas (46 mm)
Tecnologia da tela: LCD
Tela: 360 x 325 pixels (263 ppi) (42 mm)
360 x 330 pixels (233 ppi) (46 mm)
Versão do Android: Android Wear
RAM: 512 MB
Memória interna: 4 GB
Chipset: Qualcomm Snapdragon 400
Número de núcleos: 4
Velocidade máx. 1,2 GHz
Conectividade Bluetooth 4.0

Veredito Final

Em 2014, a expectativa da espera pelo Moto 360 me fez sentir uma grande frustração quando testei de fato o aparelho. Porém, um ano depois a experiência foi outra. Isso aconteceu pelo fato do Android Wear ser um sistema operacional mais completo, como o uso padrão do wi-fi (a versão do serviço para iOS não conta com essa opção ainda). As chances de customizar o meu próprio modelo também contaram muito para uma melhor experiência de uso com o Moto 360, especialmente o fato de ter uma variante menor para o meu punho.

A Motorola investe, claramente, na oferta de exclusividade, tanto para a linha de smartphones quanto para a de smartwatches e aqui está o nicho de mercado da fabricante. Além disso, ter a chance de carregar o dispositivo de forma rápida e fácil, sem invasões drásticas à rotina dos usuários contam muito para a satisfação de uso do Moto 360.

AndroidPIT moto 360 2015 35
A otimização dos serviços do Android Wear tornou a experiência de uso sem a necessidade do smartphone 100% do tempo melhor. / © ANDROIDPIT

Apesar da evolução do Android Wear, o sistema operacional ainda tem muito para ser desenvolvido. Hoje, o Apple Watch e o Gear S2 são os grandes competidores da Motorola no mercado de wearables, pois oferecem extras de software e mesmo uma experiência de interação com o sistema diferentes por terem recursos de hardware como o Force Touch ou o anel rotatório para seleção de serviços, respectivamente.

Por este motivo, afirmo que, se for Android Wear, fico com a personalização da Motorola!

E você, qual a sua escolha dentre as opções de smartwatches do mercado? Será que o Moto 360 2015 poderia ser o seu próximo smartwatch?

48 Compartilhado

136 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações