Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Review 11 min para ler 86 Comentários

Review do Motorola Moto G6: um intermediário, nada mais

Há alguns dias trouxemos a vocês a resenha completa do Moto G6 Plus, e agora é chegada a hora da análise do seu irmão do meio, o Moto G6. Sem a tela maior e os vantagens do G6 Plus e sem a bateria maior do Moto G6 Play, será que ele tem atrativos? Confira a seguir nossa opinião.

Avaliação

Prós

  • Slots não são híbridos
  • Sensor biométrico multifuncional
  • Bonito acabamento
  • Câmera boa para sua categoria

Contras

  • Bordas não são exatamente pequenas
  • Moto Voz precisa ser bem aprimorado
  • Tela inferior a do Moto G6 Plus

Moto G6 – Data de lançamento e preço

O Moto G6 foi lançado em conjunto com o Moto G6 Play e o Moto G6 Plus, durante um evento realizado pela Motorola, em São Paulo. Os preços e as cores são as seguintes:

  • Moto G6: R$ 1.299 (Indigo de 32GB) R$ 1.499 (Preto de 64 GB)
  • Moto G6 Play: R$ 1.099 (Dourado, Indigo de 32GB)
  • Moto G6 Plus: R$ 1.599 (Dourado, Indigo de 64GB)

 

Moto G6 – Desenho & Qualidade de Construção

Fora alguns detalhes mínimos e a questão do tamanho, o G6 é idêntico ao G6 Plus. Os microfones e a conexão de som mudaram de lado, as câmeras e tela são diferentes, mas é só. Ao menos, o círculo protuberante na traseira, que compõe o visual de praticamente todos os aparelhos da marca nos últimos anos, é bem menor que o do modelo Plus.

AndroidPIT moto g6 review 5695
Totalmente parecido com o Moto G6 Plus / © AndroidPIT by Irina Efremova

 

Assim como o Plus, ele é muito elegante e se parece ainda mais com o Moto X4, graças ao acabamento traseiro em vidro e o efeito aveludado do brilho que ele traz. A cor do que eu peguei para testes é o azul Indigo, um tom bem escuro e elegante, mas há também uma versão em preto extremamente parecida.

Os cantos são bem arredondados e a pegada é ótima nas laterais, e a traseira reta que não acompanha a ergonomia não incomoda pois ele é pequeno e cabe bem na mão. A tecnologia repelente de líquidos está presente, mas ele não é à prova d'água.

A traseira também tem o microfone extra, na parte de baixo, e a câmera dupla parece uma carinha junto ao flash. Acima ficam o berço para os cartões e um microfone, enquanto o lado direito abriga os finos botões de volume e energia. Abaixo ficam a conexão de áudio e a USB-C, e a frente tem um monte de coisas: câmera, saída de som, flash, tela, logotipo da empresa, o sensor biométrico, mais achatadinho, e um terceiro microfone.

Seu tamanho é mais confortável do que o G6 Plus, e se encaixa muito bem na mão. Com 8.3 milímetros de espessura e pesando 162 gramas, ele tem uma pegada boa leve. As laterais imitam metal cintilante mas são feitas em plástico. A Motorola afirma que isso absorve melhor quedas, mas parece mais frágil.

Moto G6 – Tela

Trazendo um display de 5.7 polegadas e definição FullHD+ de 1080 x 2160 pixels e 421 ppi que ocupa 75% da frente do aparelho, ela se saiu bem, mas apenas sob certos aspectos. Ela tem boa luminosidade e cores equilibradas com seu IPS, mas quando comparada ao G6 Plus, perde visivelmente.

AndroidPIT moto g6 review 5729
Tela com bordas finas, mas nem tanto / © AndroidPIT by Irina Efremova

Menos amarelada, ela perde em intensidade e também em ângulo de visão, mesmo sendo uma IPS. Basta inclinar um pouco para perceber boa distorção de cor. É uma tela 18:9, as primeiras que a Motorola lança, e que foram denominadas Max Vision.

A proteção do vidro é Gorilla Glass 3, mas percebemos que não houve muito esforço da Motorola para retirar as bordas aqui. São certamente bordas mais finas, mas ainda muito grandes para a tendência atual. Mais uma vez, esse recurso deve ficar para os aparelhos mais caros.

Moto G6 – Características Especiais

Os dois maiores diferenciais dos aparelhos da Motorola (praticamente os únicos, aliás) são seu sensor biométrico e os apps especiais da Motorola. Essas duas funções turbinam o uso do sistema e trazem melhorias boas e simples para quem procura praticidades.

O sensor biométrico está menor, mas continua com as mesmas características especiais que apareceram nos últimos Moto. Além de destravar o aparelho com a digital, ele também guarda senhas, trava o aparelho novamente com um toque de qualquer dedo e ajuda na navegação.

Arrastar para a esquerda é o voltar, para a direita é a multitarefa. Isso elimina os botões da tela e você ganha espaço, mas pode desativar se não gostar. Se mantiver senso tocado, abre o Google Assistente. E mesmo com um processador mais básico ele funcionou rápida e precisamente.

AndroidPIT moto g6 review 5698
Sensor biométrico é um dos destaques da Motorla / © AndroidPIT by Irina Efremova

Essa função está dentro do app Moto, que traz as outras funções características dos Motorolas. Você desliza o dedo pela tela para deixá-la menor, captura um screenshot com três dedos na tela, agita o aparelho para ligar a câmera, trocar a câmera ou ligar a lanterna, entre outros. Há também o Moto Key, que guarda dados de sites, apps e dispositivos com a digital.

A Moto Tela ativa o filtro azul de noite, não desliga a tela enquanto você estiver olhando para ela e mostra notificações, com direito a ações rápidas, na tela desligada. São funções que já agradam os usuários da marca, mas que podem ser simples para quem gosta de muitas funções no aparelho.

Entre as novidades temos o Moto Voz, presente no G6 em sua versão Beta. Como todas as marcas estão apresentando seus próprios assistentes digitais, a Motorola trouxe esse. E esperamos que ela melhore mesmo o app, pois ele se mostrou simples, com poucos comandos e funções, embora sempre ofereça continuar a conversa. 

O Assistente do Google está presente, mas não quis funcionar, desligando o app na hora mesmo após limpeza de cache.

Moto G6 – Software

Todos os novos Moto G6 são idênticos em software. E apesar de não ser mais próximo do puro, continua relativamente leve e pouco intrusivo. Ainda é a interface que menos traz funções e personalizações, boa para quem quer investir em um laucher.

Ele já vem de fábrica com o Android Oreo 8.0.0, e a fabricante confirmou que ele será atualizado para o Android P, sem dar detalhes de data. Desde os aparelhos da marca que vinham com Nougat, a diferença de visual não é muito grande, e o que mais muda é a área de atalhos, com cada função bem espaçada e fundo branco.

De resto, as modificações da própria Motorola, com ícones arredondados, dock e gaveta de aplicativos transparentes e os apps especiais que são o que adicionam o tempero da empresa no aparelho. Na área de configurações e aplicativos, as coisas ficam quase iguais ao que já conhecemos da fabricante.

AndroidPIT moto g6 review 5690
Câmera dupla e belo acabamento / © AndroidPIT by Irina Efremova

Moto G6 – Performance

No dia do lançamento da nova linha, o Moto G6 tinha apenas uma especificação, mas recentemente a Motorola colocou à venda em seu site um versão mais parruda do aparelho. No processamento, é tudo igual, com chipset Qualcomm SDM450 Snapdragon 450, CPU Octa-core 1.8 GHz Cortex-A53 e GPU Adreno 506.

No armazenamento, esse aparelho que testei traz 32 GB, sobrando 23,5 GB para o usuário. Acontece que a nova versão traz 64 GB de espaço, o dobro, por atuais R$ 200,00 a mais. A RAM é de 3 GB, com a versão mais potente trazendo 4 GB.  Ele não é híbrido e o berço é enorme para acomodar esse cartão e mais dois chips nano SIM. Nas conexões traz WiFi a/b/g/n dual-band, Bluetooth 4.2 com A2DP, LE e EDR, GPS com A-GPS, GLONASS e BDS. Não tem NFC.

AndroidPIT moto g6 review 5804
Ainda temos a conexão de áudio! / © AndroidPIT by Irina Efremova

O jogo do momento para Android é o PUBG, e com os gráficos sugeridos para o mínimo eu já tive algumas dificuldades. Consegui jogar uma partida normalmente, mas os que apreciam nada de lag vão se dar melhor com o G6 Plus. Ele apresentou pequenos engasgos que podem fazer uma diferença precisa em um jogo. Porém, esquentou bem pouco.

No uso geral ele funciona bem, dependendo dos apps que você liga. No teste de multitarefa liguei vários apps e ele reiniciava os mais pesados e médios com certa frequência, mas não sempre, dependia do número de apps ligados. Talvez a versão com 4 GB seja mais eficaz, mas essa que testamos ainda vai servir para uso mais simples.

Moto G6 – Áudio

Outros dos destaques anunciados pela Motorola na linha G6 é o suporte ao Dolby Audio, com direito a um app exclusivo para controlar esse recurso. Porém, com apenas uma saída de som, dividida com a saída para as chamadas, é preciso dizer que não há milagres.

De forma impressionante, o alto falante do Moto G6 performou bem melhor do que o do Moto G6 Plus, dando o primeiro ponto ao irmão do meio. Tão alto quanto o do G6 Plus, o som estoura muito menos, sendo mais equilibrado.

AndroidPIT moto g6 review 5796
Android Oreo de fábrica, terá update para o Android P / © AndroidPIT by Irina Efremova

Você pode ajustar o som no app da Dolby, que inclusive está na área de atalhos, mas é preciso conhecer mais de som para ajustar corretamente e tirar músicas melhores. Há perfis pré definidos, mas são poucos. O Dolby funciona para outras mídias também, e dá para dizer que funciona muito bem para jogos, onde os agudos funcionam melhor. 

Pra filmes irá precisar de alguns ajustes. O som externo acaba sendo bacana, mas para maior qualidade é melhor usar fones de ouvido. Os que vêm na caixa são intra auriculares e têm cabo flat, o som é bem equilibrado, mas são um pouco baixos. Os fones também servem como antena para o rádio FM.

Moto G6 – Câmera

Antes de qualquer coisa, vamos lembrar que, apesar de toda elegância, esse ainda é um aparelho intermediário, e não é premium. Agora, vamos aos dados, pois temos uma câmera dupla aqui: uma câmera de 12 MP com abertura f/1.8 e outra com 5 MP e abertura f/2.2, com foco automático com detecção de fase, flash duplo de LED dual tone e HDR automático.

No vídeo, chega a FullHD (1080p) a até 60fps, enquanto que a câmera frontal também faz vídeos em FullHD, mas apenas em 30fps. Há modos de câmera lenta, lapso de tempo, efeitos animados e um que entra ao vivo no YouTube, em ambas as câmeras. O sensor da frontal é de 8 MP com abertura f/2.2.

AndroidPIT moto g6 review 5716
Câmera interessante para a categoria / © AndroidPIT by Irina Efremova

Os recursos especiais de foto são os mesmos do Moto G6 Plus. Além do modo retrato, conta com recorte de imagem na foto, cor em destaque, efeitos animados (filtros no estilo Instagram), scanner de texto e panorama (a frontal tem a selfie em grupo, bem útil).

O modo retrato é bom, mas come algumas partes mais difíceis como pontas de óculos e cabelo. Após ler outras opiniões, eu achava que a câmera não seria lá aquelas coisas, mas acabei me surpreendendo positivamente com as imagens que fiz. Cores bem vivas, uma resolução mais do que suficiente para redes sociais e uma boa entrada de luz.

Em aslguma situações, as cores estouram de tão fortes, e ela não lida super bem com contrastes, mas se saiu bem com céu do dia e gostei dos retratos com a câmera traseira, mostraram muitos detalhes. A câmera frontal é um pouco inferior, mas quebra um galho. Como o G6 Plus, essa não é uma câmera com disparo rápido, e para assuntos em movimento pode não ser uma boa.

AndroidPIT moto g6 review 5832
Carregador TurboPower na caixa / © AndroidPIT by Irina Efremova

Para vídeos, faz stories legais, mas com uma qualidade apenas boa. Há o uso IA par ao reconhecimento de objetos, e os resultados foram bem bacanas em diversas ocasiões, onde chegou até a encontrar em uma loja o mesmo modelo de tênis que eu estava usando. O Google Lens já está disponível também.

Moto G6 – Bateria

Por ter tela menor, adivinhe, a bateria aqui é menor também, uma vez que preço mais baixo e bateria maior são as especificações do Moto G6 Play. O Moto G6 conta com 3.000 mAh, 200 mAh a menos que o irmão maior, e a mesma coisa que o Moto X4.

Foram quase 8 horas de tela em uso diário, com um tempo total de 15 horas e 30 minutos, uma duração até melhor do que a do Moto G6 Plus e que garante um dia comum de trabalho e volta para casa. Esse uso inclui email, navegação, WhatsApp, Telegram, fotos e um pouco de jogos.

Ele vem com carregador TurboPower de 15W na caixa (além de uma case em TPU transparente para proteger o aparelho), e 15 minutos de carga garantem mais de três horas de uso moderado.

AndroidPIT moto g6 review 5701
Moto G6 / © AndroidPIT by Irina Efremova

Moto G6 – Especificações Técnicas

Dimensões: 153,8 x 72,3 x 8,3 mm
Peso: 167 g
Tamanho da bateria: 3000 mAh
Tamanho da tela: 5,7 polegadas
Tecnologia da tela: LCD
Tela: 2160 x 1080 pixels (424 ppi)
Câmera frontal 8 megapixels
Câmera traseira 12 megapixels
Flash: LED
Versão do Android: 8.0 - Oreo
RAM: 3 GB
4 GB
Memória interna: 32 GB
64 GB
Memória removível: microSD
Chipset: Qualcomm Snapdragon 450
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 1,8 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 4.2

Veredito Final

Por causa do design e do modelo Plus, além do seu preço, acabamos esperando muito mais do que o devido do Moto G6, que deve ser tratado sob a ótica de um intermediário comum. Por enquanto, um Moto G5S Plus parece uma melhor opção, visto que custa menos, mas em alguns meses ele deve ficar mais interessante.

É um aparelho bonito, com um dos melhores acabamentos para sua faixa. A câmera é bem razoável e ele tem atualização garantida para o Android P. É uma alternativa melhor em desempenho ao A6+, mas vamos fazer um comparativo com o novo J7 para sabermos mais.

Você compraria o Moto G6?

120 Compartilhado

86 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários