O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
6 Compartilhado 112 Comentários

Hands-on do Moto Z2 Force: resistente, potente e com menos bateria

Os usuários brasileiros já estavam com saudade da linha Force, que não aprecia por aqui há mais de um ano. Durante uma coletiva de imprensa em São Paulo, a Motorola anunciou a chegada da nova geração da série com o Moto Z2 Force, que substitui o Moto Z convencional e pretende conquistar os usuários mais exigentes.

Moto Z2 Force – Data de lançamento e preço

O Moto Z2 Force foi anunciado pela Motorola no dia 24 de agosto. O dispositivo chega pelo preço de R$ 2.999,00 sem qualquer moto Snap. O modelo será vendido apenas na cor ônix (preto). Novas moto Snaps também foram anunciadas e serão vendidas separadamente:

  • Snap Câmera 360: faz vídeos com áudio 3D e vem com app que edita vídeos em 360 graus
  • Snap Gamepad: controle com botões analógicos e virtuais para o smartphone

Além do Moto Z2 Force, a Motorola lançou no país o Moto G5S e o Moto G5S Plus. Confira o hands-on do modelo plus no artigo abaixo:

Moto Z2 Force – Desenho & Qualidade de Construção

O Moto Z2 Force lembra bastate o Z2 Play no visual, com corpo feito em alumínio (série 7000) e o módulo circular e proeminente da câmera traseira. O que me impressionou bastante, e que também me incomodou um pouco, foi a leveza do aparelho que, em minha opinião, não passou a sensação de robustez que eu esperava. Talvez isso tenha acontecido pois minha última referência da série Force foi o Moto X Force, que é 30 gramas mais pesado que o modelo atual.

Nesse sentido da ergonomia, o Moto Z2 Play me pareceu mais sólido à primeira vista. A empresa está apostando em uma única cor para o Z2 Force, a ônix, que se trata de um preto profundo e bem elegante. Achei interessante isso pois a Motorola estava investindo muito no cinza e deixando as opções mais escuras de lado. O que incomodou aqui é que as marcas de dedos e os arranhões ficam mais visíveis na estrutura com essa cor.

moto z2 force hands on all two
Acabamento traseiro do Moto Z2 Force / © AndroidPIT

Antes de iniciar uma live na página do AndroidPIT no Facebook, precisei limpar todos os dispositivos que estavam em exposição na área de experimentos do evento. Ainda, ao pegar o aparelho nas mãos pela primeira vez as marcas de dedo começam a aparecer e ficam bastante visíveis. É comum que os aparelhos fiquem sujos nessas situações, mas no meu ponto de vista, a cor escura e a textura contribuíram para que isso ficasse mais evidente.

Sobre o módulo da câmera: ele é idêntico ao do Moto G5S Plus, só um pouco menor. A Motorola não pode mudar muito a proporção do módulo para manter a compatibilidade com as Moto Snaps.

moto z2 force hands on all
Parte frontal do Moto Z2 Force / © AndroidPIT

Durante o evento era possível jogar o Moto Z2 Force no chão de forma, digamos, ilimitada. Eu olhei atentamente as telas de três modelos que foram derrubados várias vezes por diversas pessoas. Existiam sim alguns arranhões, mas nenhuma tela estava trincada ou quebrada. Apesar de ser uma tela desenvolvida para sair ilesa de quedas, acredito que é impossível supor que esse painel não iria ter sequer um risco após inúmeras quebras em um espaço curto de tempo.

Moto Z2 Force – Tela

A tela do Moto Z2 Force tem 1440 x 2560 pixels e é um painel P-OLED. A diferença desse painel para os tradicionais da mesma tecnologia é a flexibilidade, visto que o P-OLED é desenvolvido especialmente para ser projetado em modelos com frontal curva. Ele é indicado para tornar a estrutura ShatterShield mais resistente à quedas com diferentes pressões. Já falamos sobre a tecnologia ShatterShield aqui no site, todos os detalhes estão no artigo abaixo:

Basicamente, se trata de um painel montado em camadas, onde a base é feita em alumínio, passando por placas de vidro e a camada touchscreen, e chegando a proteção anti-riscos. Com o Moto X Force, a Motorola oferecia uma garantia especial para riscos nessa película, mas nada foi mencionado até o momento sobre a mesma cobertura para o Z2 Force.

moto z2 force on hands
Tela do Moto Z2 Force tem resolução QHD / © AndroidPIT

Moto Z2 Force – Software

A versão do Android presente no Z2 Force é a Nougat 7.1.1. Segundo a Motorola, o dispositivo receberá o Android Oreo em algum momento do ano que vem. A customização do software é a mesma que encontramos no Moto Z2 Play, com ícones arredondados e outras alterações questionáveis. O app de câmera é um pouco diferente, pois ele vem com funções para uso do sistema de lentes duplas.

moto z2 force hands on button
Interface Moto com ícones arredondados / © AndroidPIT

Moto Z2 Force – Performance

O Moto Z2 Force nacional é diferente da versão anunciada no mercado norte-americano. Isso porque essa variante vem com 6GB de memória RAM, processador Snapdragon 835 e 64GB de espaço interno. Nem preciso dizer que tudo rodou liso no dispositivo durante o evento. Assim como o Moto Z, o Z2 Force não tem entrada convencional para fones de ouvido, apenas a porta USB Type-C.

Moto Z2 Force – Câmera

A câmera traseira e dupla, e temos aqui um sensor colorido e outro monocromático. Ambos os sensores tem 12MP, autofocus, detecção de fase e abertura f/ 2.0. A Motorola diz que o sensor preto e branco melhora a nitidez das imagens capturadas e otimiza o alcance dinâmico. As fotos tiradas nesse modo se mostraram bem promissoras.

Assim como o Moto G5S Plus, o Z2 Force pode tirar fotos com efeito de profundidade e que pode ser ajustado de acordo com a preferência do usuário. Esse modo funcionou bem durante os testes que fiz, muito melhor que o G5S+, mas ainda sim vejo a necessidade de um update que melhore o reconhecimento entre o primeiro e o segundo plano.

moto z2 force hero hands on
Câmera do Moto Z2 Force é dupla / © AndroidPIT

A câmera frontal de 5MP e abertura f/ 2.2, acompanhada de um flash de LED. É um sensor que faz um trabalho bom, mas nada animador. A grande angular permite que mais pessoas sejam enquadradas numa selfie.

Moto Z2 Force – Bateria

É um pouco contraditório que um aparelho com 6GB de RAM e embalado pelo processador mais potente do mercado tenha apenas 2.730 mAh de bateria. Infelizmente, este é o caso do Moto Z2 Force, que perdeu 800mAh em comparação com a geração anterior. 

A Motorola tem sacrificado a capacidade da bateria de seus modelos topo de linha em prol de um visual com espessura mais fina. Pessoalmente, acredito que essa seja uma questão que foge do âmbito estético e esbarra nos Moto Snaps, pois é uma forma de emplacá-los. Um sinal disso é que mais Snaps com bateria extra estão disponíveis nessa geração.

Veredito preliminar

O Moto Z2 Force chega com a mesma proposta de sues predecessor, que é ser resistente à quedas. Nessa geração temos ainda o suporte para os Moto Snaps, o novo sistema de câmera dupla e um visual que pode agradar muitos usuários, feito em alumínio e com cor bastante elegante.

De fato é um modelo com poucos contras, ao menos à primeira vista, mas algo que não pode passar despercebido é a capacidade da bateria de 2.730 mAh que não combina com o hardware potente do modelo. Aliás, a Motorola foi inteligente ao disponibilizar no país uma variante com mais memória RAM e que seja capaz de disputar com os demais topos de linha do mercado, uma vez que o conceito de acessórios modulares ainda não convenceu muita gente (inclusive eu).

O review completo do Moto Z2 Force será publicado em breve. O que você quer saber sobre o dispositivo?

6 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Jerry Wendel há 3 semanas

    BATERIA - TIVE TODOS OS MOTOROLA, FALAREI SOBRE MOTO X FORCE(3.760mAh) E MOTO X STYLE(3.000mAh)
    Não vi diferença Algum de autonomia de um pra outro. Só vi diferença pro Moto X 2014 pro Style(2.300mAh) também tive e tive Moto X 2013, Moto G1, G2, G3, G4 e minha mulher o Moto Z² PLAY, menospreze G5.
    Eu não fico o dia todo com o Moto Z², mais em comparação com os outros é a mesma autonomia, dura até as 19h uso pesadíssimo e com minha esposo dura 2 ou 3 dias com uso de mulher (fotos, whatsapp, Instagram a noite e algumas ligações...)
    Então tenho autoridade e propriedade de causa pra falar.
    Quem tá reclamando da bateria sem nem saber saber como vai ser reagir o aparelho com novo processador e novo software tá falando do que não sabe.
    Eu preferia meu Moto X Style Bambu.
    Assim que poder darei meu Moto X Force pra meu filho e comprarei o Moto Z² Force sem dúvida alguma.
    Tela inquebrável é tudo, câmera maravilhosa...
    Não troco Motorola por outro.

  • Raul Anderson Gabe há 3 semanas

    Sinceramente, tem que ser muito setico ou fanboy de alguma marca para não estar convencido sobre os snaps, que é de longe a ideia mais genial que ja tiveram de aproveitamento de um smartphone. ..

  • Bruno Salutes
    • Admin
    • Equipe
    há 3 semanas

    Mas tem gente nova chegando...é tudo uma questão de transição e adaptação. Setembro tem novidade e vocês não vão morrer se esperar um pouquinho. Eu prefiro publicar pouca coisa, mas sendo um trabalho bacana, do que passar o dia cobrindo (ou reproduzindo) notícias, já que muitos sites já fazem isso. Aguenta aí, Sidney.

  • Daniel há 3 semanas

    Prefiro acreditar que a Motorola reduziu 800mAh da bateria em relação ao seu antecessor só pra vender Snaps power Pack, com a desculpa de que sacrifícou a bateria pra assim entregar um design mais fino, enquanto isso os moto Gs da vida desfilam com seus 3000mAh, em relação a design e acabamento das câmeras na traseira eu ainda prefiro a do meu finado moto X2.

  •   62
    Agnaldo C. há 3 semanas

    Se eu for comprar o celular já pensando no módulo de bateria como obrigatório, não sobra dinheiro para um outro módulo que poderia ser realmente útil, mancada da Lenovo, grande lançamento estragado.

112 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi