Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Review 15 min para ler 79 Comentários

Review do Moto Z3 Play: parecido, porém melhor

Estamos no ano do vidro para a Motorola. Enquanto 2017 foi envolto em metal, nesse ano a empresa resolveu jogar vidro para todos os lados, incluindo no novo Moto Z3 Play do qual falarei hoje, em uma volta ao clássico Z Play. Se ele vale a compra? Leia nas próximas linhas.

Avaliação

Prós

  • Desempenho interessante
  • Sensor biométrico na lateral
  • Navegação por gestos
  • Suporte aos Moto Snaps

Contras

  • Sem entrada para áudio
  • Câmera protuberante
  • Sensor separado do botão de energia

Moto Z3 Play – Data de lançamento e preço

O Moto Z3 Play foi lançado pelo valor de R$ 2.300, junto ao relançamento dos Moto Snaps de TV digital com bateria, projetor e alto-falante, também vendidos em combos. Posteriormente, foi lançado também um modelo mais parrudo, com 6 GB de memória RAM e 128 GB de espaço interno pelo preço de R$ 2.700.

O preço dos kits na loja oficial da empresa são os seguintes:

  • Moto Z3 Play - power Pack e DTV edition: R$ 2.600
  • Moto Z3 Play - GamePad edition: R$ 2.600
  • Moto Z3 Play - Sound edition: R$ 2.600
  • Moto Z3 Play - Projector edition: R$ 2.900
  • Moto Z3 Play - Style edition: R$ 2.300

Moto Z3 Play – Desenho & Qualidade de Construção

É difícil dizer se o visual melhorou da versão anterior para essa. Quem gostava do corpo de metal do Z2 Play vai dizer que piorou, mas se você acha vidro e cores escuras algo elegante, então ele está mais bonito. Não é possível mexer muito no formato para manter o suporte aos Snaps, então não houve qualquer mudança radical.

Ele ficou mais arredondado e macio, além de muito mais brilhante e atraente para marcas de dedos. Me preocupa a traseira ser em vidro pois o encaixe dos Snaps é sempre algo pouco preciso, mas uma película ou skin pode resolver isso.

AndroidPIT moto z3 play 6708
Pouco mudou no geral, mas ele ficou melhor construído / © AndroidPIT

O material deixou ele pouco mais pesado, com 156 gramas, e ele também ficou mais grosso, embora para mim 9,3 milímetros com o calombo da câmera não seja uma coisa ruim, visto que melhora a pegada. As laterais são em metal e a traseira é toda reta, enquanto que a frente tem acabamento arredondado.

Essa versão com menos armazenamento é da cor índigo, um azul quase preto, e não vemos os efeitos tridimensionais da linha G6 aqui. É uma bonita cor, assim como o preto total da versão com 128 GB. Ele está bem elegante, mas ainda tem a cada da linha Z Play.

A traseira conta com o calombo que abriga as câmeras, sensores e flash com um efeito estilo relógio igual ao do Moto X4, além do logotipo da empresa, um microfone e o band aid com os conectores para os Snaps. Abaixo, a conexão USB C, protetores de antena e informações da Anatel. Acima, microfone e o berço para os chips, muito escondido.

A parte frontal e as laterais guardam as novidades aqui. Na frente, dois microfones e o logotipo da empresa (por que?) abaixo da tela e uma saída de som, câmera e sensores acima. E o clássico sensor biométrico? Esse foi para a lateral direita, junto aos botões de volume e protetores de antena.

AndroidPIT moto z3 play 6654
Esse é provavelmente o último ano dos Moto Snaps e seu conector / © AndroidPIT

Antes, só a Sony tinha colocado o sensor nessa posição, e outros não arriscavam devido a uma patente nos Estados Unidos que impedia que aparelhos com isso fossem vendidos por lá. A solução da Motorola foi estranha: o botão de energia, ao contrário da Sony, não fica no sensor, e sim no lado esquerdo do aparelho. Isso confunde um pouco o uso, mas o costume tira esse problema.

A tecnologia repelente de líquidos está presente, mas ele não é à prova d'água. No geral, parece um smartphone frágil e eu não usaria sem uma case, o que acaba atrapalhando o uso rápido dos Snaps, principalmente o de bateria. Apesar disso, tem boa pegada e é bonito .

Moto Z3 Play – Tela

O display foi algo que elevou o visual da linha Z Play a outro patamar. Não temos as bordas infinitas, mas uma tela em aspecto 18:9 que ocupa 78% da frente, com cantos arredondados e 6 polegadas de tamanho. Ou seja, uma tela grande e bonita sem mexer no tamanho do aparelho.

A resolução é FullHD+ de 1080 x 2160 pixels e 402 ppi, tecnologia Super AMOLED e proteção Gorila Glass 3 arredondada. Como eu disse, as bordas não são muito finas, mas não há do que reclamar nesse quesito, a Motorola realmente evoluiu a linha aqui.

AndroidPIT moto z3 play 6712
Uma tela maior no mesmo corpo, isso sim é uma evolução / © AndroidPIT

É uma tela 18:9, as primeiras que a Motorola lança, e que foram denominadas Max Vision. As cores são intensas mas menos amareladas graças a ajustes um pouco mais completos (embora ainda bem básicos) no sistema. É muito brilhante e intensa, no escuro pode até incomodar.

Moto Z3 Play – Características Especiais

Os maiores diferenciais dos aparelhos da Motorola são os Snaps, seu sensor biométrico e os apps especiais da Motorola. Essas duas funções turbinam o uso do sistema e trazem melhorias boas e simples para quem procura praticidades.

O sensor biométrico em posição diferente acabou por mudar tudo no Z3 Play. Se você gostava do estilo de navegação direto pelo sensor do Z2 Play e da linha G, vai ficar bem confuso no início, pois o sensor na lateral nada mais é do que um sensor para destravar a tela.

Ainda assim, a Motorola não abandonou sua navegação por gestos (ainda bem, pois é ótima), e ela passou a integrar a tela. Em uma solução que eu considerei muito boa, as funções do sensor agora ficam em um tracinho abaixo da tela , em uma mistura de Android P com iPhone X.

AndroidPIT moto z3 play 6692
O app Moto é o que traz as maiores diferenças dos aparelhos da marca / © AndroidPIT by Irina Efremova

Você destrava o aparelho pela digital, sem precisar ligar a tela no botão de energia, e com ele também  guarda senhas, mas não pode mais travar o aparelho novamente com um toque (isso foi mancada). No tracinho, é o de sempre: arrastar para a esquerda é o voltar, para a direita é a multitarefa. Isso elimina a faixa de botões da tela e você ganha espaço, mas pode desativar se não gostar. 

Um toque no traço volta para a home e, se mantiver apertado, abre o Google Assistente. Essa função está dentro do app Moto, que traz as outras funções características dos Motorolas. Você desliza o dedo pela tela para deixá-la menor, captura um screenshot com três dedos na tela (com direito a um editor bacana), agita o aparelho para ligar a câmera, trocar a câmera ou ligar a lanterna, entre outros.

A Moto Tela ativa o filtro azul de noite, não desliga a tela enquanto você estiver olhando para ela e mostra notificações, com direito a ações rápidas, na tela desligada. São funções que já agradam os usuários da marca, mas que podem ser simples para quem gosta de muitas funções no aparelho.

Temos o mesmo Moto Voz presente na linha G6 Plus, também em versão Beta. Como todas as marcas estão apresentando seus próprios assistentes digitais, a Motorola trouxe esse. Mas mesmo em um aparelho mais caro, essa função ainda engatinha demais, e serve apenas como teste, com poucos comandos e funções, embora sempre ofereça continuar a conversa.

AndroidPIT moto z3 play 6678
O sensor passou para lateral, mas para desligar a tela você usa o botão que está do outro lado. Estranho / © AndroidPIT by Irina Efremova

Os Moto Snaps, apesar de não serem mais novidade, são a diferença crucial da linha Z como um todo, e é o que força o design a ficar quase sempre igual. Os rumores apontam que 2018 pode ser o último com suporte aos módulos, mas se você curte essa função pode aproveitar uma linha bem extensa de produtos modulares.

A Motorola foi feliz e trouxe ao Brasil quase todos os seus Snaps, incluindo o que imprime fotos, câmera 360, projetor, caixa de som, bateria extra, shells decorativas, gamepad e até mesmo um módulo de TV Digital, produzido aqui no país e que traz esse extra para a linha Z. Uma promessa mantida por uma empresa de tecnologia é algo raro hoje em dia.

Moto Z3 Play – Software

Faz tempo que não é mais correto dizer que o sistema da Motorola é próximo do puro, mas ele continua relativamente leve e pouco intrusivo. Ainda é a interface que menos traz funções e personalizações, boa para quem quer investir em um launcher.

AndroidPIT moto z3 play 6719
Android Oreo in version 8.1.0 is part of the package. / © AndroidPIT

Uma boa notícia é que o Z3 Play chega com o Oreo 8.1 de fábrica aspectquote>, o mais atual possível, e tem garantia de atualização para o Android P, sem dar detalhes de data. Desde os aparelhos da marca que vinham com Nougat, a diferença de visual não é muito grande, e o que mais muda é a área de atalhos, com cada função bem espaçada e fundo branco. A atualização de segurança é a de Abril desse ano.

De resto, as modificações da própria Motorola, com ícones arredondados, dock e gaveta de aplicativos transparentes e os apps especiais que são o que adicionam o tempero da empresa no aparelho. Na área de configurações e aplicativos, as coisas ficam quase iguais ao que já conhecemos da fabricante.

Moto Z3 Play – Performance

O upgrade foi modesto aspectquote>, mas isso já era esperado para a linha Z Play, que fica na categoria dos processadores 600 da Qualcomm. Temos aqui um Snapdragon 636 com CPU Octa-core 1.8 GHz Kryo 260 e GPU Adreno 509 com 4 GB de RAM. Há uma nova versão com 6 GB.

moto z3 play 20180606 133125
Processador evoluiu minimamente, mas acompanhou as exigências da categoria com a RAM / © AndroidPIT

De espaço interno são 64 GB, dos quais 52 GB estão livres para o usuário. Há também slot para cartão microSD de até 256 GB, mas ele é híbrido, o que significa que ou você usa ele com dois SIM ou usa o microSD. Nas conexões traz WiFi a/b/g/n/ac dual-band, Bluetooth 5.0 com A2DP, LE, aptX e EDR, NFC, GPS com A-GPS, GLONASS e BDS.

No uso geral ele é rápido e respondem bem na multitarefa. Não tive problemas com travamentos e lags em apps do dia a dia. No teste com PUBG ele rodou de forma satisfatória com gráficos médios. Em navegação, leu páginas e novas abas mais rapidamente, o que se repetiu na abertura de jogos e apps. É uma velocidade maior bem perceptível, o que deve agradar os fãs dessa linha, e ele esquentou bem pouco.

Esse modelo de 4 GB de RAM mostrou que atende bem a performance esperada para sua categoria de preço. Nos dias em que usei ele como daily driver, nos mais variados apps, não me irritei em nenhum momento. Usei apps como Waze, WhatsApp, Telegram, Pokémon Go, Mi Home, YouTube, Instagram e outros. O modelo de 6 GB é provavelmente mais fluido.

AndroidPIT moto z3 play 6713
In addition to the power button on the left, the fingerprint reader is located on the right side. / © AndroidPIT

Moto Z3 Play – Áudio

Nesse quesito não temos nada como destaque, é um conjunto bem comum de áudio. A Motorola falou em melhorias, e realmente está melhor se comparado ao Z2 Play. Há um pouco mais de graves e menos som de latinha, mais profundidade, embora ainda não seja um som excelente.

Não temos a função de Dolby Audio presente na linha G6, e eu pessoalmente não sinto falta, talvez apenas uma possibilidade de aumentar mais o volume, que não é muito alto.

AndroidPIT moto z3 play 6638
Vem adaptador na caixa, o que significa que a conexão de áudio já era / © AndroidPIT by Irina Efremova

E mesmo estando mais grosso, não há conexão de áudio aqui e isso não me deixa feliz aspectquote>. Ainda não é algo prático utilizar fones com cabo em smartphones assim, e nem mesmo o adaptador que vem na caixa facilita as coisas.

No geral, é melhor usar fones de ouvido. Os que vêm na caixa são intra auriculares e têm cabo flat, o som é bem equilibrado. Não são incríveis, mas gostei dos graves e do estéreo, apesar de uma presença grande dos agudos. Os fones também servem como antena para o rádio FM.

Moto Z3 Play – Câmera

Como era de esperar, a evolução natural trouxe a câmera dupla para o Z3 Play, uma vez que a linha G6 já tem esse recurso também. Em relação ao Z2 Play a melhora foi grande, muito em parte por causa de um conjunto todo novo, trazendo maior entrada de luz e boa velocidade de disparo.

Nos testes que fiz, a câmera do Z3 Play traz mais detalhes, borra menos em movimento e erra menos no foco ;. Abaixo você vê uma tabela com as especificações:

Especificações de câmera do Moto Z3 Play

  Moto Z3 Play
Câmera traseira 12 MP (f/1.7, 1.4µm, DP PDAF) + 5 MP, foco automático com detecção de fase, flash dual-LED dual-tone
Extras Geotagueamento, foco por toque, detecção de face, panorama, Auto-HDR, modo retrato, Google Lens
Vídeo 2160p@30fps, 1080p@30/60fps
Frontal 8 MP (f/2.0, 1.12µm), 1080p

O trabalho de pós processamento também ajuda. Em situações de pouca luz o Z3 Play trouxe mais acuidade para as imagens, mas isso deixa os ruídos mais visíveis. No zoom também se saiu bem, controlando melhor esses mesmos ruídos.

AndroidPIT moto z3 play 6651
A câmera parece um relógio de pulso, mas a qualidade melhorou / © AndroidPIT

Há um certo preconceito com câmeras Motorola, e realmente elas não competem em pé de igualdade com Samsung, Huawei e outras, mas isso não significa que sejam ruins. Na pasta abaixo você pode ver que consegui fotos muito boas, pois tudo depende também de luz e ambiente.

O disparo mais rápido ajuda a pegar aqueles momentos decisivos, ainda mais com o acesso rápido chacoalhando o aparelho. A câmera traseira faz vídeos em 4K a 30 fps ou Full HD a 60 fps, enquanto a frontal faz vídeos em Full HD a 30 fps. No vídeo é a mesma coisa que nas fotos, uma boa luz e suporte ajudam.

Os recursos especiais são vários. Além do modo retrato, conta com recorte de imagem na foto, cor em destaque, efeitos animados (filtros no estilo Instagram), cinemagraph, scanner de texto, panorama, câmera lenta e time lapse. Há um modo que te coloca ao vivo no YouTube direto da câmera.

IMG 20180624 015935037
Há bons detalhes mesmo em baixa luz / © AndroidPIT por Stella Dauer
IMG 20180616 160731981
Na pressa, você pode perder o foco / © AndroidPIT por Stella Dauer
IMG 20180628 133817113
Qualidade dentro do esperado em fotos bem iluminadas / © AndroidPIT por Stella Dauer
IMG 20180630 173532299
Finalizando com um belo pôr do sol / © AndroidPIT por Stella Dauer

O interessante é que a câmera frontal também câmera lenta e time lapse, além do recurso selfie em grupo, que faz um panorama para pegar mais amigos. O modo retrato é bom, mas come algumas partes mais difíceis como pontas de óculos e cabelo. 

Na câmera frontal, o sensor está melhor, assim como a abertura. Isso significou uma boa melhoria em retratos, trazendo principalmente mais brilho. Por fim, temos o uso da IA para o reconhecimento de objetos com o Google Lens, e os resultados foram bem bacanas.

Moto Z3 Play – Bateria

Depois de diminuir consideravelmente a bateria da primeira para a segunda geração, nesse Z3 Play ficamos com os mesmos 3.000 mAh do anterior. Não é um número incrível, sabemos, e para mim, no geral, rendeu uma carga por dia , chegando a umas 16 horas completas e 6 horas e meia de tela.

Não é nada impressionante e em algumas vezes pode até render menos do que o Z2 Play, mas isso vai depender muito do seu uso. Testes em outros locais mostram até 7 horas e meia de tela, por isso são números variáveis.

Ele vem com carregador TurboPower de 15W na caixa que promete que em 15 minutos de carga você tem mais de três horas de uso moderado. No total, foram 1 hora e 20 minutos para recarregar de 0 a 100%.

Moto Z3 Play – Especificações Técnicas

Dimensões: 156,5 x 76,5 x 6,8 mm
Peso: 156 g
Tamanho da bateria: 3000 mAh
Tamanho da tela: 6,01 polegadas
Tecnologia da tela: AMOLED
Tela: 2160 x 1080 pixels (508 ppi)
Câmera frontal 8 megapixels
Câmera traseira 12 megapixels
Flash: Dual-LED
Versão do Android: 8.1 - Oreo
RAM: 4 GB
Memória interna: 32 GB
64 GB
Memória removível: microSD
Chipset: Qualcomm Snapdragon 636
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 1,8 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 5.0

Veredito preliminar

O preço de lançamento de um smartphone não pode ser levado em consideração. Agora, um mês após seu lançamento, a média de preço já está em R$ 2.000, com promoções rápidas abaixo de R$ 1.800, ele já está a um valor que condiz mais com seu conjunto.

Se você tem um Z2 Play e não se importa muito com câmera, não é um upgrade incrível, e você pode esperar o Z4. Se gosta dos Snaps, é melhor garantir a versão mais nova para ter o suporte por mais tempo, além de mais um update de sistema.

AndroidPIT moto z3 play 6713
No resumo, são boas melhorias / © AndroidPIT

Muitos se decepcionaram com o fato de o Z3 Play ter mudado pouco em relação ao anterior, mas eu não vejo isso como um problema. Sendo o Z2 Play um bom aparelho, mexer pouco garante a manutenção das boas vendas, com adição de algumas novidades como a tela maior e a câmera dupla.

Outro ponto é que ao mudar pouca coisa, a Motorola mostra que está madura em relação aos seus produtos, que encontrou um nicho de mercado e que, provavelmente, o brasileiro está aprovando o produto assim. Eu gostaria que os Snaps se mantivessem, mas espero que venham soluções melhores por aí. Creio que o Z4 Play irá trazer mais novidades que esse.

O que você achou do Moto Z3 Play?

Os comentários favoritos dos leitores

79 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • 2.300 reais... Só digo uma coisa pra quem quer comprar isso: REDMI NOTE 5. Mesmo hardware. Menos de 1.000 reais.


  • Precinho camarada, apesar de ainda ser mais em conta em comparação com as outras marcas, ainda sim o preço é um absurdo, mais o pessoal está aceitando bem não vejo nenhum tipo de boicote, eu pego um top do ano passado mais não pego um intermediário com esse valor. Fora as câmeras que são bem mais bem razoáveis.


  • O resultado ficou bom, mas prefiro o g 6 Plus, entrega praticamente a mesma coisa por um preço mais acessível e ainda tem a entrada P2.


  • Tenho um z2 play e não me i teres sei em troca pelo z3, não vi nada q me fizesse gastar oq estão pedindo por ele no momento.


  • "O que você achou do Moto Z3 Play?" - Poucas modificações, mas pontuais. O único diferencial mesmo, é o suporte aos Moto Snaps... de resto, apenas o esperado e nada de mais.


  •   6
    Conta desativada há 2 meses Link para o comentário

    Esse Smartphone é mais refinado que os seus antecessores, entretanto acho que a linha Z perdeu sua identidade, no momento que resolveu reduzir a bateria na segunda geração.


  • Eu curto a Motorola, mas esse aparelho ficou medonho. Perdeu o flash frontal, perdeu a entrada dual chip+ micro SD separados, perdeu a entrada P2. Essa câmera tá medonha e ainda regrediu para o vidro traseiro (metal é mais resistente e adere melhor aos snaps). Prefiro o meu Z play da primeira geração mesmo!


  • O maior problema como se sabe é o preço, as empresas poderiam ao menos diminuir ou colocar uma precificação mais justa. Mas não deixa de ser a velha questão. Muitas pessoas tem o Z ou Z2 Play, não há necessidade dessa troca constante de modelos, afinal, um aparelho dura um bom tempo se cada um tiver cuidado, souber usar e não der defeito.

    Se quisermos melhores preços, deve- se esperar o momento certo ou ficar com o aparelho no mínimo uns 2 anos, ai junta-se um bom dinheiro e compra outro.

    Com a sobra do dinheiro você pode viajar, passear, ir a um bom restaurante e principalmente poupar, sendo essa a melhor forma.


    • Stella Dauer
      • Admin
      • Equipe
      há 2 meses Link para o comentário

      Concordo Vinicius. Eu sempre penso que o preço de lançamento não deve ser entendido como o oficial. As marcas colocam justamente para que is varejistas trabalhem co m promoções pra convencer o cliente.

      Em um mês você já consegue ver ótimas diferenças de preço, e creio que esse seja o momento de avaliar o real preço de um aparelho. Como visto no Z3 Play, nesse final de semana mesmo eu vi ele em uma promoção relâmpago por menos de R$ 1.800.


  • Ótimo aparelho ! mas o preço ?
    façam me o favor 4/64 com snap 636 e ainda 4000 mAh de bateria ,por menos de mil reais vc vai a região central de S.P. e traz um Xiaomi Edmilson note 5 que embora não possua snaps e tampouco algumas características da Motorola
    sem dúvida além do custo/benefício gritante vai atualizar no mínimo umas duas ou três versões do Android....


    • Stella Dauer
      • Admin
      • Equipe
      há 2 meses Link para o comentário

      Job, é muito importante estudar sobre os custos de se vender (e fabricar) oficialmente por aqui antes de comparar com o Note 5 vendido pelas lojinhas da Santa Ifigênia.


  • Opinião técnica: o Moto Z3 Play está mais refinado que os seus antecessores, mas perdeu muito da sua originalidade na questão do design. Moto Z Play e Moto Z2 Play trouxeram acabamento e modelo de construção inconfundíveis, sendo reconhecidos por qualquer usuário, mas o Moto Z3 Play tem a aparência muito "rala". Funcionalidades como o a falta do flash frontal e do jack para fones de ouvido 3.5mm foram falhas graves cometidas pela Lenovo. No mais, apenas o usuário poderá julgar o desempenho final do aparelho conforme o seu estilo de uso.
    A migração do Moto Z2 Play para o modelo mais atual não é válida para usuários comuns, sabendo que ambos apresentam praticamente o mesmo desempenho bruto.

    Opinião pessoal: Aparelho muito sem sal. Recebi um modelo para aplicação de película e confundi cegamente com o Moto G6 Play. Pela aparência, sinto que voltamos à era Google, com o design frontal lembrando muito um Moto X 2013.


  • É um bom aparelho, mas não trocaria meu celular nele hoje.


  • "O Moto Z3 Play foi lançado pelo valor de R$ 2.300,"
    CPU abaixo de media, 4GB RAM 32GB interno e preço de galaxy S8 ou custa dois Xiaomi Mi8 do mais barato


  • Achei muito bom o conjunto.Mas ainda não compraria ele.Tem muito que aproveitar do meu Z2 play.


  • Bom dia o preço esta ainda esta alto, eu estava querendo comprar o moto g6 plus mas pelos bugs e problemas que estão aparecendo desisti e vou comprar o moto Z2 play


  • Melhor aonde isso? Com menos clock 1.8Ghz, contra 2.2 Ghz do Z2 Play, capado sem a entrada P2 e se fosse mais fino até entenderia, porém é mais grosso e a mesma medíocre bateria 3.000mAh.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados