O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
686 Compartilhado 108 Comentários

Nexus 6: review completo do MAIOR smartphone da Google

Desde o início do sistema operacional Android, o lançamento de um dispositivo Nexus sempre foi muito aguardado pela comunidade de desenvolvedores e pelos usuários conhecidos como "heavy users". Com o tempo, os aparelhos lançados pela Google em parceria com outras fabricantes começaram a cair no gosto popular, especialmente por causa do seu custo/benefício. Levando isso em consideração, posso dizer que o Nexus 6 é de longe o dispositivo mais esperado da linha, mas será que este é um dispositivo para o seu bolso? Descubra no meu review completo do Nexus 6!

Avaliação

Prós

  • Design elegante
  • Alto-falantes estéreos
  • Câmera
  • Bateria

Contras

  • Muito grande
  • Tela um pouco escura, com uma leve tonalidade rosa em pouco brilho

Google Nexus 6 – Desenho & Qualidade de Construção

O Nexus 6 é grande, não é para qualquer bolso e, assim como o Note 4, precisa ser chamado de phablet. Essa é a primeira impressão que você têm com o aparelho nas mãos. A segunda é que ele possui uma espessura muito fina para uma bateria de 3.220mAh e a terceira é que as semelhanças com o Moto X (2014) são óbvias. Porém, isso não é ruim, visto que o Moto X possui um design maduro, elegante e materiais e acabamento de alta qualidade. Assim, o mesmo se aplica ao Nexus 6, que traz a mesma moldura metálica, com a traseira em resina e ligeiramente curva, em conformidade ao design dos dispositivos da linha Moto. Como já havia me referido anteriormente, esta característica dá uma pegada excelente, especialmente em smartphones como o Nexus 6, que possui 6 polegadas de tela.

Nexus 6 hands on ANDROIDPIT diagonal
Review Nexus 6: A moldura do Moto X 2014 foi adotada no visual do Nexus 6, o que deixou as linhas visuais do smartphone muito semelhantes as do carro-chefe da Motorola neste ano! / © ANDROIDPIT

É praticamente impossível usar o Nexus 6 com apenas uma mão, mas é impressionante o fato de que este pode ser um dispositivo com 10 milímetros de espessura (e nas pontas consegue ser ainda mais fino). Por causa disso, e da traseira curva, o Nexus 6 possui uma pegada impressionantemente boa para um phablet de 6 polegadas.

Nexus 6 hands on ANDROIDPIT side
Review Nexus 6: A parte de traz do Nexus 6 é curva e, por isso, as laterais dão a impressão de que o aparelho possui uma espessura incomum ao seu tamanho! / © ANDROIDPIT

O que você realmente precisa saber sobre comprar o Nexus 6 é que até tarefas simples, como digitar uma mensagem, por exemplo, o uso das duas mãos se faz necessário. Enquanto fabricantes como a Samsung desenvolveram métodos de uso do teclado com uma mão, o Android puro se mostra muito superficial neste sentido e talvez esteja aqui um dos motivos de termos um Nexus com uma tela de 6 polegadas. Porém, também é preciso dizer que é possível se acostumar muito rapidamente com o tamanho do celular, especialmente depois de perceber a quantidade de conteúdo e a facilidade de uso do Nexus 6 para a leitura de notícias e navegação na web.

Na parte da frente temos um vidro desenvolvido pela Corning, o Gorilla Glass 3. Um detalhe que vale a pena mencionar é o fato de que as bordas do display são levemente arredondadas, o que torna o processo de troca de telas ou mesmo o acesso à barra de notificação mais suave. Ainda vale dizer que os alto-falantes foram mantidos na parte da frente do aparelho, o que garante um som com qualidade estéreo ao Nexus 6 e, na minha opinião, não compromete o conjunto da obra.

Nexus 6 hands on ANDROIDPIT 9
Review Nexus 6: As bordas do Nexus 6 são realmente finas e o aproveitamento da parte frontal do smartphone para a tela é excelente. / © ANDROIDPIT

Google Nexus 6 – Tela

A Google e a Motorola trouxeram uma tela AMOLED de 6 polegadas e resolução QHD ao Nexus 6, o que resulta em 2.560 x 1.440 pixels e uma densidade de pixels de 493 ppi. Se você quiser ter uma distinção de pixels nesta tela só vai conseguir usando uma lupa e mesmo assim eles serão difíceis de encontrar. O conteúdo na tela é nítido, as cores vibrantes, mas não saturadas. Embora tenha percebido que a tela em brilho máximo dê a impressão de ser mais escura no Nexus 6 do que em outros smartphones que encontramos no mercado. O mesmo vale quando diminuímos o brilho do display, o branco da tela dá uma leve impressão de tons rosas, mas sinceramente isso me parece mais uma característica da tela AMOLED que um problema no Nexus 6.

Nexus 6 hands on ANDROIDPIT 0
Review Nexus 6: A tela do Nexus 6 é um verdadeiro deleite, as imagens são nítidas e mantêm as cores originais! / © ANDROIDPIT

A experiência de vídeo na tela do Nexus 6 é uma das melhores que já tive com um dispositivo Android, comparável apenas a do Galaxy Note 4 e a do LG G3, que possuem a mesma resolução QHD do novo dispositivo da linha Nexus.

Outra impressão que vale ser compartilhada neste review é que nem eu, nem outros editores do AndroidPIT conseguiram perceber qualquer tipo de problema relacionado ao efeito conhecido como "burning" na tela, onde você acaba vendo resquícios de figuras da tela anterior. Ao testar o Nexus 6, nenhum dos símbolos que apareciam por exemplo na barra de notificações, apareceu na tela de um aplicativo em modo imersivo, digamos assim. Porém, seria preciso o uso do aparelho por mais tempo para que eu possa trazer mais informações neste sentido. 

Google Nexus 6 – Características Especiais

Entre as muitas das características do Nexus 6, as que mais chamam a atenção estão relacionadas ao fato do aparelho ter diferentes recursos para a manunteção da bateria e à qualidade de áudio estéreo. A Motorola optou por oferecer suporte ao padrão Qi de carregamento sem fio. Isso significa que você pode carregar o celular sem a necessidade de permanecer plugado na tomada, basta depositar o Nexus sobre o dock de carregamento. Contudo, é preciso dizer que pelo fato da traseira do Nexus 6 ser curva, o dispositivo não permanecerá "fixo" no dock de carregamento plano, como é o caso do Nexus 5, que possui imãs incorporados nos dois dispositivos (carregador e celular).

Além disso, o Nexus 6 vem com o Carregador Turbo da Motorola, que oferece até 6 horas de bateria com 15 minutos de carregamento. Durante meu teste, pude comprovar o funcionamento deste carregador, mas o aparelho esquentou um pouco para entregar tal carga em tão pouco tempo. Mas de resto, a função é simplesmente genial e pode salvar tempo para quem precisa do celular em trânsito.

moto turbo motorola
Review Nexus 6: Ao que tudo indica, o Carregador Turbo Motorola vem na caixa do Nexus 6! / © ANDROIDPIT

Como disse anteriormente, a Motorola acertou quando colocou os alto-falantes estéreo no Nexus 6. A qualidade de som, em combinação com o excelente display trouxe, pela primeira vez entre os dispositivos rodando com Android, a experiência de mídia perfeita. Os speakers não oferecem apenas um som alto, mas também produzem uma qualidade de áudio acima da média. O mesmo vale para a experiência com o uso do Nexus 6 com os fones de ouvido, o som estéreo faz bastante diferença na qualidade do áudio e, pela experiência que tenho com o cancelamento de ruído dos fones do Xperia Z2, posso dizer que em comparação com ele, o Nexus 6 não deixa muito a desejar neste sentido.

Nexus 6 hands on ANDROIDPIT 8
Review Nexus 6: Como característica especial, o Nexus 6 oferece qualidade de áudio estéreo! / © ANDROIDPIT

Google Nexus 6 – Software

O Nexus 6 vem com Android 5.0 Lollipop de fábrica; isso significa que temos o software super puro da Google rodando no dispositivo. Se você é usuário do Android há algum tempo sabe que a linha Nexus traz como característica essencial oferecer suporte ao OS da Google e, como tal, serve para o melhor desenvolvimento do software. Assim, o Nexus 6 é a possibilidade da equipe do Android testar a otimização do seu sistema operacional em phablets, dispositivos que vem caindo no gosto popular mundial há algum tempo. Agora, em parceria com a Motorola, a gigante das buscas pretende também entrar neste mercado.

Nexus 6 lollipop review
Review Nexus 6: O Nexus 6 roda com o Android 5.o Lollipop e, claro, usa a interface stock do sistema operacional da Google. / © ANDROIDPIT

O que posso dizer sobre a minha experiência com o Lollipop no Nexus 6 é que talvez por esta ser a maior atualização da história do Android, existem alguns bugs chatos no Chrome, na câmera e outros serviços, como a falta de um modo silencioso apropriado. Porém, por ser uma sobremesa recém saída do forno, o Lollipop terá certamente algumas atualizações corretivas inevitáveis.

Um novo recurso de software que é exclusivo do Nexus 6 até o momento é o Ambient Display, que mostra as notificações em modo preto e branco assim que levantamos o Nexus 6. Em princípio, funciona como Active Display da Motorola, no Moto X. No Nexus 6, a Google optou por incluir o seu próprio aplicativo e o recurso é extremamente prático, embora funcione melhor no Moto X, onde tudo o que você precisa fazer é passar a mão sobre o aparelho. O Nexus 6 realmente precisa ser levantado e é quase tão rápido quanto a ação de ligar a tela. Isto, no entanto, consome mais bateria.

O Android 5.0 Lollipop foi tratado extensivamente pela nossa equipe nos últimos tempos; por isso, para saber mais sobre aquilo que você vai encontrar no software do Nexus 6, confira alguns dos nossos principais artigos a respeito da nova versão do Android abaixo:

Por fim, o aplicativo da Galeria já não faz mais parte daqueles nativos do Android 5.0 Lollipop e a criptografia do sistema Android no Nexus 6 vem ativada por padrão e você não pode reverter o processo, a não ser recorrendo a uma solução paliativa, o que pode acabar deixando o sistema operacional um pouco mais lento, mas nada que eu tenha notado durante meu tempo de teste com o Nexus 6.

Google Nexus 6 – Performance

A performance do Nexus 6 é fluida, os aplicativos são lançados com rapidez, as animações são lisas, os jogos mais pesados parecem não fazer diferença na reprodução dos gráficos. Entretanto, aquilo que me chamou a atenção no hands-on, acabou se confirmando no review: a inicialização do dispositivo é lenta e quando exigimos bastante do processador, o aparelho esquenta com facilidade. 

Dito isto, a tela QHD exige bastante do hardware e isso é especialmente quando se joga games muito exigentes. Contudo, isso não afeta o desempenho do dispositivo, isso é uma características de dispositivo QHD da primeira geração, como o LG G3 e o Galaxy Note 4, que sofrem dos mesmos sintomas.

O processador do Nexus 6 é um Snapdragon 805 a 2,7 GHz e possui 3GB de RAM; logo, estamos falando de uma máquina com um software puro. Abaixo, você confere o primeiro benchmark que fizemos com o aparelho, logo depois de configurá-lo:

google nexus 6 antutu benchmark
Review Nexus 6: No AnTuTu, o Nexus 6 se saiu muito bem, até o momento é um dos melhores smartphones que já vimos em um teste de benchmark no AndroidPIT! / © ANDROIDPIT

Google Nexus 6 – Câmera

Talvez a câmera seja um dos pontos mais fortes deste review, visto que se você é um fã da linha Nexus, pode respirar com alívio finalmente, pois o Nexus 6 faz ótimas fotos, sendo a mesma que aquele usada no OnePlus One. As fotografias capturadas em ambientes com pouca luz têm muito pouco ruído e a quantidade de detalhes é satisfatória. Às vezes, a câmera precisava de um pouco mais de tempo para fazer o foco, e ao fazer uma foto, você pode ter algumas embaçadas, mas isso as melhores câmeras do mercado também o fazem.

Entretanto, posso reclamar muito pouco, e isso para um celular Nexus com um software tão enxuto, é um elogio. Outra característica que chama a atenção é o fato de que o em forma de anel não faz diferença, assim como não o fez no Moto X 2014. Mas ainda assim é melhor que qualquer outro Nexus já lançado no mercado (é LG, a Motorola conseguiu).

Nexus 6 hands on ANDROIDPIT camera closeup
Review Nexus 6: A câmera do Nexus 6 é visualmente idêntica a do Moto X 2014, com um anel oferecendo suporte para o flash duplo de LED. / © ANDROIDPIT

O dispositivo tem a função “always on” e reage a comandos de voz; aliás, essa função foi incorporada ao próprio sistema operacional 5.0. Abaixo, você confere nossa galeria de imagens capturadas com a câmera do Nexus 6:

Google Nexus 6 – Bateria

Uma coisa precisa ser dita: os 3220 mAh do Nexus 6 são suficientes para garantir que os usuários tenham um dia de uso do aparelho sem precisar de carregamento. Viva! Durante os nossos testes, fizemos inúmeras fotos, assistimos a vários vídeos, ouvimos música, usamos redes sociais como Twitter, Google+ e Facebook, e navegamos na internet, isso mesmo, no plural, toda a equipe do AndroidPIT comprova este uso. Após cerca de 27 horas de utilização, a bateria estava reduzido a 17% com um tempo de tela de cerca de 3 horas. Contudo, (desculpa aí, Motorola) o Nexus 6 não possui uma autonomia de energia como a do Sony Xperia Z3, mas ainda assim você não precisará se preocupar com o fato do phablet ter a bateria drenada pela tela QHD.

Nexus 6 bateria review
Review Nexus 6: No Nexus 6, você pode ajustar manualmente o brilho e o tempo limite de tela! / © ANDROIDPIT

Como mencionado anteriormente, o Nexus 6 ainda conta com o recurso de carregamento Turbo da Motorola, que oferece 6 horas de uso em 15 minutos de carregamento.

Preço e disponibilidade

O Nexus 6 já pode ser encontrado nos Estados Unidos e na Europa, porém ainda não está disponível no país. Em contato com a Google Brasil, fui informada de que "o Google não é o responsável pelo lançamento dos dispositivos da linha Nexus. Isso fica a cargo dos fabricantes parceiros que decidem caso a caso". De acordo com o pessoal da Motorola, "A empresa ainda está estudando a possibilidade de trazer o aparelho ao Brasil", logo, não temos previsão de ver o Nexus 6 no varejo nacional tão cedo. Entretanto, acredito que o Nexus 6 deva chegar no início de 2015, como aconteceu anteriormente com o Nexus 4 e o Nexus 5. O aparelho está sendo comercializado em modelos de 32 e 64GB de armazenamento interno.

 Nos EUA, é possível comprar o Nexus 6 por 649 dólares (32GB) e 699 dólares (64GB), através da Google Play Store.

Google Nexus 6 – Especificações Técnicas

Dimensões: 159,26 x 82,98 x 10,06 mm
Peso: 184 g
Tamanho da bateria: 3220 mAh
Tamanho da tela: 5,96 polegadas
Tecnologia da tela: AMOLED
Tela: 2560 x 1440 pixels (493 ppi)
Câmera frontal 2 megapixels
Câmera traseira 13 megapixels
Flash: Dual-LED
Versão do Android: 5.0 - Lollipop
Interface: Stock Android
RAM: 3 GB
Memória interna: 32 GB
64 GB
Memória removível: Não disponível
Chipset: Qualcomm Snapdragon 805
Número de núcleos: 4
Velocidade máx. 2,7 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Bluetooth 4.1

Veredito Final

O Nexus 6 é realmente grande, como não poderia ser diferente, afinal de contas estamos falando de um phablet de 6 polegadas, mas este parece ser o futuro dos dispositivos móveis. A pegada do aparelho é impressionante para tal tamanho e o design é o mesmo do novo Moto X, que considero bonito e único. A Google, em parceria com a Motorola conseguiu eliminar os principais pontos de crítica da linha: câmera e bateria.

Para aqueles que amam o Android puro, e não têm um problema com o tamanho do dispositivo, o Nexus 6 não será uma decepção. As especificações técnicas são de um aparelho premium e o preço também. O Nexus 6 não será barato no Brasil, assim como não o foi em nenhum lugar onde já está sendo comercializado. Contudo, com características extremamente elevadas de hardware, não poderia ser diferente, pois a Google não faz caridade, como já sabemos.

Logo, confirmo o que disse no review preliminar do Nexus 6: ele é um gigante em sua gama, e não tenho dúvida em afirmar que é superior ao iPhone 6 Plus, ao LG G3 e ao Galaxy Note 4. E essa melhor experiência está diretamente relacionada ao fato de que este phablet roda com o Android stock.

Por fim, deve ficar bem claro que a Google não está interessada em oferecer um smartphone de custo/benefício elevado com este lançamento, mas sim colocar no mercado o melhor celular Android de 2014. E não tenho o menor pudor em dizer que a gigante das buscas conseguiu essa façanha!

E aí, você concorda que este á o melhor Nexus que a Google já colocou à disposição dos usuários do Android? Deixe-nos saber nos comentário abaixo.

 

Este review foi escrito em parceria com Nico Heister, AndroidPIT.de.

686 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Charles Nobre 3/dez/2014

    Rico rsrsrs

  • Jaison 3/dez/2014

    Estava na duvida entre o MOTO MAX e o NEXUS 6.
    Minha duvida acabou quando eu lembrei que não tenho dinheiro pra comprar nenhum dos dois. kkkkk

  •   20
    Islan V. 3/dez/2014

    No quesito funções, o Note 4 tem as funções interessantes que vêm em conjunto com a S Pen, mas o Maxx tem as funções da Motorola no quesito Moto Voz, Moto Tela e etc, sendo que alguns desses recursos foram agregados ao Lollipop no Nexus. No quesito beleza/design o Nexus ganha do Maxx, mas quanto ao Note 4 não sei bem, pois nunca olhei uma imagem dele com atenção. Quesito tela, a do Maxx tem ppi maior, mas isso deve fazer pouca diferença, ambas são colossais pra que haja uma diferença significativa. O Nexus e o Maxx pecam por não possuírem entrada pra SD, mas pra a maioria dos usuários 32 e 64 GB são mais que suficientes. Custo-benefício o Maxx ganha do Note, mas quanto ao Nexus não temos como saber ainda, mas duvido que seja muito diferente do Maxx ou melhor. Pra mim o Nexus é um tanto grande, assim como o Note 4, mas isso é relativo. Eu acho melhor o Nexus 6, mas o meu melhor não precisa ser o melhor de ninguém, e mesmo que seja pode ser motivos diferentes. Creio que algumas funções da Samsung realmente sejam um algo a mais, mas só vale se for pra realmente usar e não só pra mostrar pros amigos. Ele só peca por que a Samsung sempre exagera no bloatware e nem todo mundo é adepto de um root.

108 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi