Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Atualizado 4 min para ler 39 Comentários

Oppo nega (de novo) abertura de loja no Paraguai e inauguração é cancelada provisoriamente

Ontem, noticiamos aqui no site a respeito de um posicionamento da Oppo China sobre a abertura de uma loja oficial da empresa no Paraguai. Segundo pessoas que estão cuidando deste projeto na América Latina, a sede teria se equivocado ao se posicionar contra o projeto, alegando falha de comunicação entre filiais da Oppo. Acontece que, em novo comunicado, a Oppo reforça que não há nenhuma participação da empresa na abertura da loja.

Destacar mudanças recentes

Oppo nega (de novo) abertura de loja oficial

Atualização, por Bruno Salutes (17/8 às 16:02)

Artigos recentes, publicados em sites de tecnologia do país, diziam que a Oppo estaria iniciando o processo de venda de smartphones pela América Latina, mais precisamente na Ciudad del Este, no Paraguai. Hoje, porém, a fabricante voltou a afirmar que não está participando diretamente do projeto na China e que a filial de Dubai, citada como parceira no processo, não está autorizada a abrir lojas em novos mercados. Veja a nova nota na íntegra:

O representante da Oppo em Dubai não está autorizado a abrir novos mercados para a Oppo.
Confirmamos com nosso representante em Dubai que eles nunca autorizaram qualquer organização ou indivíduos no Brasil ou no Paraguai a iniciar a operação ou fazer negócios na América Latina.

O comunicado acima foi enviado ao AndroidPIT pela assessoria que representa a Oppo no país. Para Cesar Borba, CEO responsável pelo projeto de abertura da loja da Oppo no Paraguai, a falha de comunicação entre as subsidiárias da marca e as recentes publicações da imprensa local acabaram contribuindo para o cancelamento provisório do evento de lançamento, visto que o mesmo perdeu força em meio às divergências. Em nota ele diz:

Na qualidade de importador, distribuidor, trader e dealer OPPO, gostaríamos de informar que decidimos cancelar o lançamento oficial da marca OPPO no Paraguai prevista para o dia 22/08/2018. Razões que nos levaram a cancelar tal evento foram às matérias recentemente divulgadas pela imprensa e mídia social onde foi colocada em dúvida o nosso relacionamento comercial de parceria para com a Empresa OPPO. Em breve informaremos nova data para o lançamento.

Estes esclarecimentos serão brevemente apresentados à imprensa e Mídia Social. Também queremos deixar claro que nossa Empresa manterá a lisura na comercialização dos produtos OPPO no Paraguai, preservando o bom nome da OPPO e garantindo a todos os nossos Clientes os seus direitos universais de Consumidor.

Todos os produtos OPPO que, por nossa empresa forem comercializados, terão garantia de fabrica por um ano e a garantia de reposição de peças. Esta é a nossa obrigação e de toda empresa que preza por lisura em seus negócios.

Aparentemente, a ideia de abrir a loja oficial segue firme, embora, agora, será preciso que os responsáveis pela importação cheguem em acordo comum com partes responsáveis da Oppo e, assim, consiga provar ligação com a empresa de forma oficial.

* Agradeço imensamente a colaboração de Felipe Junqueira, do Tudo Celular, e do Renan Hamann, do TecMundo, na elaboração deste artigo. Aproveitamos para reiterar, novamente, nosso compromisso com a verdade, uma vez que o AndroidPIT também reproduziu anteriormente fontes que diziam que a loja aberta seria oficial, gerando expectativas em nossos leitores.

Não existe loja e suporte da empresa (16/08)

Além de negar participação no processo, a Oppo reforçou no primeiro comunicado perda de garantia e de suporte aos usuários que comprassem produtos de revendedores não autorizados:

Alguns canais de mídia reportaram recentemente que a OPPO está investindo na abertura de uma filial e uma loja na América Latina. Gostaríamos de esclarecer que isso não é verdade e que as partes envolvidas nessa ação não representam a Guangdong OPPO Mobile Telecommunications Corp., Ltd. (OPPO China). Até o momento, a OPPO China não autorizou nenhuma organização ou pessoa a comercializar seus telefones na América Latina nem nomeou qualquer pessoa como sua representante na região.

Alertamos também os consumidores de que os celulares OPPO China vendidos por canais não oficiais não receberão suporte da empresa, não serão atualizados e não terão direito ao serviço de atendimento ao consumidor. Os distribuidores locais devem ficar atentos ao tipo de suporte oferecido por esses revendedores não oficiais, já que eles serão os únicos responsáveis por eventuais perdas ou danos materiais causados aos consumidores. Para a OPPO China, este tipo de atividade é bastante prejudicial aos consumidores da América Latina.

Os comentários favoritos dos leitores

39 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados