Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 37 Comentários

Você esperava outra coisa? Número de roubos de celulares aumentam no Brasil

Uma pesquisa realizada pela empresa Mobile Time juntamente em parceria com a Opinion Box trouxe dados alarmantes sobre pessoas que foram vítimas de roubo ou furto de celulares no Brasil nos últimos 12 meses. O número de pessoas com acesso à internet que foram vítimas de roubo ou furto aumentou de 35% no ano passado para 49% na pesquisa mais recente.

Os motivos são muitos, como o alto índice de desemprego, crise da segurança pública, smartphones com valores muito altos, entre outros. Não faltam fatores para explicar o significativo aumento da incidência de roubos e furtos de celulares no Brasil nos últimos tempos. Homens correm mais risco do que mulheres de terem o celular roubado ou furtado, também aponta a pesquisa.

Outro dado curioso da pesquisa, é que apenas 48% das vítimas registraram boletim de ocorrência (B.O.). Em vez de procurar a polícia, é mais comum o brasileiro tomar outras medidas após sofrer o assalto ou furto. Entre as vítimas entrevistadas, 51% bloquearam tanto o chip quanto o aparelho; 28% bloquearam apenas o chip; e 5% apenas o aparelho. Além disso, 23% tentaram rastrear seu celular.

panorama celulares roubados julho2018.pdf
Estatísticas da pesquisa feita pela Mobile Time / © panoramamobiletime.com.br

Entre os que já foram roubados, 70% das vítimas substituíram o celular perdido por um modelo melhor. Outras 16% compraram um similar e 12%, um pior. Somente 2% ainda não haviam comprado um celular substituto após o último roubo. Outro detalhe interessante: 58% optaram por comprar um aparelho de outra marca, enquanto 40% se mantiveram fiéis à marca do aparelho que foi levado.

Se pararmos para observar mais a fundo, é preocupante ver que quase metade dos internautas brasileiros já tiveram um celular roubado ou furtado e a tendência é que esse número aumente cada vez mais. Além dos cuidados a serem tomados, é valido também pensar em pagar por um seguro, ainda mais quando se tem um topo de linha.

E você, já teve seu celular roubado ou furtado?

148 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Vinicius Guerra há 5 dias

    Se você tiver um aparelho caro, lembrando que um smartphone no Brasil não é nada barato, é importante fazer um seguro, pois se houver perda, furto e roubo, você estará assegurado e receberá o valor do aparelho. Não podemos nos descuidar, é fundamental estarmos atentos e não mexermos nos telefones em lugares ermos e ponto de ônibus.

    Lembre-se, o bandido só rouba aquilo que vê. Não fique por ai exibindo o seu aparelho como uma joia, tenha mais atenção e cuidado. Eu mesmo nunca fui assaltado, pois sempre ando de olho em tudo, a prevenção é o melhor remédio. Como andamos nas ruas, a todo instante, vemos muitas pessoas igual zumbis mexendo nos aparelhos e claro, tem sempre alguém te observando. Quer usar o aparelho? Entre num lugar como shopping ou numa área mais reservada e faça o devido uso, assim diminui exponencialmente a chance de ser roubado. Tenha cuidado e observe essas dicas de segurança, pois certamente irá ajudar.

  • Lígia B. há 5 dias

    Eu, deixo o celular bom em casa, e levo um todo desgraçado com a tela estilhaçada pela rua. Mesmo com esse cacareco, não atendo nem mando mensagem andando pela rua, apenas em lugares teoricamente seguros. O problema é que: enquanto houver um infeliz que queira comprar um bom telefone pagando beeem baratinho fazendo vista grossa - o mesmo que cobra honestidade de político - o roubo de celulares não vai nem estabilizar, que dirá diminuir.

  • Léo Walk há 4 dias

    Já fui roubado duas vezes, mas por descuido meu que fiquei bêbado demais e algum malandro notou isso e tirou o aparelho do meu bolso...rsrsrsrs...depois disso maneirei na bebida. Só que sempre que isso acontece, eu bloqueio tanto os chips de operadora quanto o IMEI e agora eu tenho uma ferramenta bastante útil aqui no meu estado que é o "Alerta celular Furtado ou Roubado" consiste no site do secretaria de segurança publica do estado de PE o qual o usuário cadastra os IMEIS do celular e caso seja roubado basta mudar o status pra "roubado ou perdido" logo se algum meliante for preso com smartphones a primeira coisa que a policia irá fazer é ver se os aparelhos estão cadastrados neste banco de dados.

  • Lucas Gonçalves de O. há 4 dias

    Faça-me o favor, a culpa do Brasil tá na merda é os próprios Brasileiros, esse papo de que o aumento de roubos é por causa do alto índice de desemprego... Eu mesmo estou desempregado a um bom tempo, nem por isso roubei nem 1 real de ninguém, e olha q n ta fácil a situação não! Mas eu dou meu jeito, sou técnico de informática, trabalho até carpindo lote se isso me der 1 dinheiro, mas roubar nunca! A culpa do aumento de roubo é da falta de vergonha na cara e vagabundisse mesmo!

  • AC&MM há 5 dias

    Um dos problemas é que, apesar de muitos saberem desses problemas, as pessoas ainda continuam usando os dispositivos em locais de risco, expõem os aparelhos em qualquer ambiente e o que é pior é que não se importam em ostentar seus dispositivos sem a menor noção de perigo, apenas pelo fato de quererem passar a ideia como se dissessem: " Olhem, eu tenho um celular bonito e caro!". Aí o resultado é simples de imaginar.

37 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários