Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Galaxy M10, M20 e M30 chegam às lojas online com preços a partir de R$ 899

Galaxy M10, M20 e M30 chegam às lojas online com preços a partir de R$ 899

A Samsung lançou em abril sua linha Galaxy M, voltada para as massas. São três aparelhos com preço de lançamento abaixo dos R$ 1.500, com hardware mais simples e algumas funções especiais que devem atrair o público. Vamos conhecer um pouco sobre os novos Galaxy M10, Galaxy M20 e Galaxy M30.

Preço e disponibilidade

Substituta da linha On, os modelos começam a ser vendidos hoje (16) somente pela internet. Os preços de lançamento para os três aparelhos são:

  • Samsung Galaxy M10: R$ 899;
  • Samsung Galaxy M20: R$ 1.199;
  • Samsung Galaxy M30: R$ 1.499.
m10
Galaxy M10 é o mais simples e não tem sensor biométrico / © AndroidPIT por Stella Dauer

Acabamento de linha J, com um toque a mais

Uma das coisas mais importantes de serem notadas nessa linha é o design dos aparelhos. Não é nada inovador ou autêntico, mas não deixam de ser bonitos. O mais barato deles, o M10, é bem fino, leve e traz ótimo aproveitamento de tela, com o notch em forma de gota.

Os outros dois são mais grossos e mostram mais seu preço reduzido, mas o são dessa maneira por trazerem mais itens dentro, como o sensor biométrico e a câmera tripla, no caso do M30. Todos são completamente em plástico, em acabamento que não é dos mais refinados, mas que mostram uma nova geração da Samsung chegando com mais capricho.

M30
Galaxy M30 tem acabamento em degradé / © AndroidPIT por Stella Dauer

Além das câmeras, é possível diferenciar o M30 com outros detalhes, como o notch em formato de meia lua, e a tela um pouco maior, deixando suas bordas ainda mais finas. E o acabamento traseiro traz uma diferença dos outros dois, sendo em degradé de azul para azul escuro ou cinza para preto. É a Samsung inserindo preferências chinesas no Brasil, e já não era sem tempo, pois são bonitos e discretos.

O M20 e o M30 dividem a saída de som, que fica abaixo do aparelho, e também a presença da conexão USB-C. Já o M10 vem com a antiga conexão microUSB e sua saída de som fica na traseira – a utilidade dessa posição está para ser questionada. Pesam de 163 a 184 gramas, são leves, e serão bonitos aparelhos mais baratos, para quem procura essa característica.

M30 2
M30 tem notch em formato de meia lua / © AndroidPIT por Stella Dauer

Tela quase sem bordas em aparelhos mais baratos

O termo Infinity Display, que a Samsung dá às suas telas quase sem bordas é agora universal. Toda a sua linha, do mais top ao mais barato, traz essa bonita característica. E, com telas de 6,3 polegadas nos M10 e M20 e 6,4 no M30, esse é um ponto bem vindo para que eles não fiquem enormes.

Os notchs são pequenos, e a saída de som frontal fica escondida na quina acima das câmeras e os sensores são apenas traços próximos a eles. As telonas são todas 19.5:9, sendo HD+ para o M10 e FullHD+ para os outros dois modelos.

M10 2
O notch no M10, junto com a saída de som / © AndroidPIT por Stella Dauer

Não há qualquer problema que eu tenha visto nas telas no breve hands on que fiz. Ela funciona de acordo, têm boa qualidade, sem troca de cor visível entre os dois olhos e são bem brilhantes. Note apenas que tanto o M10 como o M20 não trazem o AMOLED da Samsung, e sim PLS TFT. Esse luxo fica apenas para o M30.

Toques especiais

Qual não foi minha surpresa quando peguei os três aparelhos na mão e encontrei o Android Oreo 8.1 neles. É certo que são aparelhos mais baratos, mas já estamos mais próximos do meio do ano do que do começo, e o ideal é que aparelhos assim já cheguem com o Android Pie. O próprio Galaxy A10, recém-lançado aqui e mais simples dessa linha, já vem com a última versão.

M20 2
A interface dos M não é a OneUI / © AndroidPIT por Stella Dauer

Há boas chances de que sejam atualizados, mas isso faz com que seja perdida uma atualização importante, que poderia ser a do Android Q e agora será do Pie. Por isso, a interface do aparelho também não é a nova OneUI, e sim a Experience 9.5.

Para encher os olhos do consumidor na hora da escolha de aparelho, a Samsung colocou algumas coisas diferentes, presentes em aparelhos mais caros, em sua linha M. Uma delas é o desbloqueio facial, que está presente em todos os aparelhos. Porém, é bom notar que apenas o M30 possui câmera frontal 3D, mais segura para usar esse método de proteção de dados.

Exynos presente em peso

Outra forma de baratear produtos é pagando menos royalties de uso de patentes e componentes. Por isso, nenhum dos M traz processadores Qualcomm, e sim os da própria Samsung, os Exynos. Todos eles são octa core e fabricados no processo de 14 nanômetros, com velocidades que vão dos 1.6 GHz aos 1.8 GHz.

M20 3
O M20 tem o mesmo processador do Galaxy A30 / © AndroidPIT por Stella Dauer

Os modelos são o Exynos 7904 (mesmo do Galaxy A30) para o M20 e o M30 e o Exynos 7884 (mesmo do Galaxy A10). No armazenamento interno e RAM, há diferentes versões da linha M no exterior, e a Samsung escolheu trazer o M10 de 3 GB e 32 GB e o M20 e o M30 de 4 GB e 64 GB.

São processadores recentes, que ficam entre as linhas 400 e 600 da Qualcomm. No pequeno tempo que tive com eles, a navegação e o uso foram bem rápidos, mas só testes completos podem dizer o quanto eles aguentam. Pelas especificações, servirão bem a quem consome vídeos no YouTube, usa Instagram, Facebook, WhatsApp e outros apps mais populares. A memória RAM deve suportar um bom uso.

Câmeras para se divertir e tirar selfies

Esse é outro quesito em que a Samsung trouxe alguns recursos de aparelhos mais caros. Além de termos um conjunto triplo no M30 (13 MP, f/1.9, PDAF + 5 MP, f/2.2, ultrawide + 5 MP, f/2.2, profundidade), os mais baratos M10 e M20 têm um conjunto duplo (13 MP, f/1.9, PDAF + 5 MP, f/2.2, ultrawide). Nas selfies, temos 16 MP para o M30, 8 MP para o M20 e 5 MP para o M10.

M30
Galaxy M30 conta com três câmeras / © AndroidPIT por Stella Dauer

A abertura dos sensores de 13 megapixels prometem fotos suficiente para redes sociais, stories e para ficar no próprio aparelho, que é o que quase todos fazem. As frontais se darão bem em selfies e stories, sem destaques. Além do reconhecimento facial do qual eu já falei, há efeitos de realidade aumentada, filtros e stickers.

Todos os aparelhos também contam com o recurso de foco dinâmico, em que você você regula o desfoque ao vivo, nas câmeras traseiras.

Bateria é um dos destaques da linha

Assim como outras marcas, como Asus e Motorola, a Samsung passou a investir mais em baterias de alta capacidade em aparelhos mais baratos. Aqui, a menor delas, do M10, tem 3.400 mAh, enquanto que a do M20 e M30 ostenta 5.000 mAh. São bons números para tentar suprir a demanda por aparelhos de tela grande e que durem mais tempo longe da tomada. 

m10 3
Até o mais simples M10 tem recursos como foco dinâmico / © AndroidPIT por Stella Dauer

E, como os dois mais poderosos têm conexão USB-C, temos aqui também carregamento rápido de 15W na caixa, boas adições para que não leve uma eternidade para completar os 100% de 5.000 mAh. Serão necessários testes completos para saber o quanto duram, mas com processador intermediário ou de entrada em fabricação de 14 nanômetros, dá para dizer que as perspectivas são boas.

Confira a ficha técnica de cada modelo Galaxy M:

Galaxy M10 (R$ 899)

  • Tela: 6,3" HD+ (1520x720 pixels)
  • Processador: Exynos 7884
  • RAM: 3 GB
  • Armazenamento: 32 GB
  • Câmera traseira: 13 MP (f/1.9) + 5 MP (wide)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria de 3.400 mAh

Galaxy M20 (R$ 1.199)

  • Tela: 6,3" Full HD+ (2340x1080 pixels)
  • Processador: Exynos 7904
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB
  • Câmera traseira: 13 MP (f/1.9) + 5 MP (wide)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria de 5.000 mAh
  • Extras: carregamento rápido de 15 W, USB-C

Galaxy M30 (R$ 1.499)

  • Tela: 6,4" Full HD+
  • Processador: Exynos 7904
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB
  • Câmera traseira: 13 MP (f/1.9) + 5 MP (f/2.2) + 5 MP
  • Câmera frontal: 16 MP
  • Bateria de 5.000 mAh
  • Extras: carregamento rápido de 15 W, USB-C

Vão vender bastante

Quem ficou preocupado com o fim da linha Galaxy J e o que isso representaria para a Samsung, pode descansar. Com a chegada da linha A para a substituição, apenas um ou dois aparelhos estavam em preços mais acessíveis. Mas com metade do market share brasileiro, a Samsung não deixaria essa fatia mais barata na mão.

M20
O Galaxy M20 é o mais procurado pelos interessados na data do lançamento / © AndroidPIT por Stella Dauer

A linha Galaxy M é bonita e tem desempenho para completar 99% das tarefas que o brasileiro pode exigir de um aparelho nessa faixa de preço. Não será nenhum destaque, e cumprirá seu papel de linha J, vendendo muitos e muitos aparelhos. Tela grande, bateria grande e um visual com notch vão ser atraentes para o consumidor.

A única dúvida fica para o modelo de vendas, que será concentrado no online. O brasileiro ainda tem receio de fazer compras pela internet, ainda mais quando o produto em si envolve quase ou mais do que mil reais, todo um salário mínimo. A Samsung tem a marca e o preço a seu favor, só precisará levar o brasileiro para as compras em e-commerces.

O que você achou da linha Galaxy M da Samsung?

Artigos recomendados

17 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Quanto ao fato dos Galaxy M10, M20 e M30 ainda terem vindo com o Android Oreo, interessante é o que a Samsung fez com a Samsung Experience 9.5, que não é exatamente igual ao do Galaxy Note 9, Galaxy J4+, Galaxy J6+ (que saíram de fábrica) e Galaxy J5 Pro, Galaxy J7 Pro, Galaxy J7 Prime, Galaxy J7 Neo e Galaxy J7 Metal (que receberam via atualização).
    O pacote de ícones foi revisto, os ícones dos atalhos da barra de notificações ganharam design arredondado, e o relógio foi movido para o canto superior esquerdo, tudo pensado para lembrar a One UI.
    Me lembra o que a mesma Samsung fez com o Android Marshmallow para o Galaxy S5, Galaxy Note 4, Galaxy Note Edge e Galaxy A 2015, onde não atualizou a TouchWiz, mas providenciou alterações no pacote de ícones para dar ao usuário a sensação de novidade, que na verdade é apenas ilusória.

    Penso que só por essas alterações, já merecia uma revisão no versionamento da Samsung Experience, de 9.5 para 9.7, talvez.


  • Fiquei interessado nesse M30 6,4" super AMOLED deve ser ótimo pra ver vídeos filmes/séries... no geral gostei do hardware e do preço, geralmente a Samsung é bem fdp na hora de colocar preço nos seus aparelhos mas ultimamente tão acertando...


  • Interessante!..


  • Quando resolvi sair do Mundo da Maça lá em 2015, não conhecia muito de Android, nem mesmo esse site. Acabei começando por um Sony M4 Aqua, que não me agradou pelo fato de fazer às vezes de um Ferro de Passar roupa que queimava a orelha. Talvez se houvesse opções como essas àquela época, eu tivesse uma entrada melhor no mundo Android


  • Aparelhos interessantes, com configuração que não deixa a desejar e que vai de acordo com o bolso de quem está com grana curta.


  • Agora é bom esperar mais uns meses aí o preço cai e vai valer mais a pena comprar.


  • Aguardando os comentários dos pastéis de flango...


    • Esses caras nunca estão satisfeitos, temos agora aparelhos com 4GB de ram e 64GB de memória interna e tela com mais aproveitamento de tela, mas eles querem que uma empresa que vende oficialmente no Brasil faça o mesmo "milagre" de uma empresa que não tem venda oficial


    • Ah mas o meu Xiaomi... Kkkkkkkkkkkkk

      Até eu que uso a marca não aguento mais essa galera...


      • Vdd, é muito chato, ainda mais que o pessoal não consegue entender uma pessoa que se satisfaz com um Galaxy M ou A por seus motivos, eu por exemplo, um A30 ou M30 está ótimo, não preciso de um pocophone ou Redmi Note 7


      • É aquilo, nem todo mundo entende de tecnologia e de importação. Muita gente só quer usar o Facebook, o Instagram e o WhatsApp em paz e pra isso até um Moto E dá conta do recado.
        Eu acho justo ajudar as pessoas a gastar melhor o dinheiro delas mas desde que elas queiram essa ajuda.


      • É por isso que eu pergunto o que uma pessoa precisa primeiro, por que não adianta eu recomendar um pocophone, se a pessoa usa o celular para jogar jogos básicos, entretenimento, redes sociais e quer garantia


      • Indicar aparelhos para amigos e parentes é complicado, visto que a maioria tem um uso básico como redes sociais e WhatsApp. Por isso, geralmente indico logo um da linha S da Samsung, pois assim quase ninguém reclama. A linha A da Samsung quando baixar o preço, se tornará mais interessante.


  • Sinceramente....não gostei nem um pouco de nenhum gadget da linha M , os considero muito caros pelo pouco que trazem , nem.OIS tem


  • "Note apenas que tanto o M10 como o M20 não trazem o AMOLED da Samsung, e sim PLS TFT"
    Tela TFT...

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.