Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Samsung pode lançar o primeiro smartphone do mundo com câmera de 64MP
Samsung 3 min para ler 8 Comentários

Samsung pode lançar o primeiro smartphone do mundo com câmera de 64MP

A Samsung tem investindo muito na qualidade das câmeras de seus dispositivos, sejam eles intermediários ou topos de linha. Ainda que alguns modelos entreguem resultados abaixo do esperado mesmo contando com um número grande de sensores, como a quad-câmera do Galaxy A9 (2019), por exemplo, o objetivo da fabricante é otimizar os sensores fabricados em casa e apostar em refinamentos no app de câmera.

Segundo o site coreano ETNews, a Samsung pretende lançar o primeiro smartphone do mundo equipado com uma câmera de 64MP em algum momento do segundo semestre deste ano. A fabricante estaria apostando em um sensor pequeno mas de alta qualidade que seria usado no Galaxy A70s, um intermediário que estaria no mapa de lançamentos da marca para acontecer antes do Note 10.

O sensor desse dispositivo deve embarcar a tecnologia ISOCELL Bright GW1 que foi desenvolvida pelo departamento de semicondutores da Samsung, e conta com pixels que tem 0,8 micrômetros. Isso significa que o tamanho dos pixels desse sensores é o menor entre os atuais presentes no mercado, incluindo o sensor de 48MP desenvolvido pela Sony e que vem sendo bastante usado pela indústria. A ideia é que as capturas através desses pixels maiores saiam com mais detalhes, luz e profundidade.

O sensor incorpora a tecnologia Tetracell, que permite combinar as informações de luz e cor de 4 pixels como se fossem um só, resultando em imagens de 16 MP que capturam muito mais luz em ambientes escuros ou, com este recurso desativado, imagens de 64 MP em ambientes mais claros, com mais detalhes e nitidez.

Samsung 64 MP
Visão ampliada do ISOCELL GW1 (à esquerda) e GM2 (à direita)  / © Samsung

O sensor também suporta HDR em tempo real com até 100 dB, o que resulta em imagens com tons mais ricos e mais próximos do olho humano, que tem uma sensibilidade de até 120 dB. Um sensor comum de câmera chega a apenas a metade disso, 60 dB. Além disso, o ISOCELL GW1 também permite capturar vídeo em Full HD a 480 quadros por segundo. Um segundo sensor incorporando as mesmas tecnologias, o ISOCELL GM2 de 48 MP, também foi anunciado.

Esse é o segundo rumor sobre um novo sensor da Samsung após os detalhes que vazaram a respeito da câmera que promete entregar zoom de 5x em um corpo relativamente fino. Esse último sensor deve ser usado no Galaxy Note 10 para que o dispositivo consiga competir em pé de igualdade com o Huawei P30 Pro.

8 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.