Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Esqueça os smartwatches, fabricantes irão popularizar wearables com gadgets como este

Esqueça os smartwatches, fabricantes irão popularizar wearables com gadgets como este

A Computex não será feita apenas do anúncio dos novos Zenfone 3, da ASUS. A Qualcomm lançou um novo processador para uso em pulseiras dedicadas para a prática de esportes. A boa notícia é que com este novo hardware você terá opções mais baratas de dispositivos vestíveis no varejo nacional.

Depois de anunciar o Snapdragon Wear 2100*, em fevereiro, agora é a vez de uma das maiores fabricantes de chips para smartphones colocar no mercado uma versão mais acessível desta CPU. O Snapdragon Wear 1100 foi desenvolvido com o objetivo de ser usado em aparelhos como pulseiras de fitness, que são mais acessíveis e que oferecem uma autonomia de bateria maior em um tamanho menor.

A popularização dos wearables não se dará através dos caros relógios inteligentes, mas de pequenas soluções para o cotidiano

O Snapdragon Wear 1100 possui conectividade 3G e 4G, Wi-Fi, Bluetooth 4.2 e a capacidade de receber comandos de voz.

A ideia da Qualcomm é incentivar o uso de um componente mais barato pelas fabricantes para diminuir os custos de fabricação de dispositivos wearables e baratear tais gadgets para o consumidor final: você. Esta CPU não será usada em smartwatches como o Moto 360 ou o LG Watch Urbane, mas pode difundir ainda mais as famosas pulseiras para fitness, como a Mi Band, ou fones de ouvido inteligentes, e ou mesmo rastreadores que venham a ser usados em crianças, idosos ou mesmo animais de estimação.

WeBanz band tracker
Pequeno, simples e funcional, este é o rastreador da WeBandz / © WeBandz

Uma das empresas que está trabalhando com a Qualcomm para popularizar tais dispositivos é a WeBandz, com base em Miami. Este pequeno dispositivo pode ser usado como bracelete, pode ser preso à sua mochila (ladrões odiarão essa novidade) ou à coleira do seu cachorro e você poderá saber a localização do seu filho, cachorro ou de um objeto. Mesmo que pequeno, este aparelho mostra que ainda temos mais possibilidades dentro da indústria de dispositivos vestíveis.

Ao ver o investimento da Qualcomm e da indústria em dispositivos vestíveis como este da WeBandz, percebo cada vez mais que a popularização dos wearables não se dará através dos caros relógios inteligentes, mas de pequenas soluções para o cotidiano. E você?


*O Snapdragon Wear 2100 é um chip 30% menor que o Snapdragon 400 e que consome 25% menos energia; possui antenas WiFi e Bluetooth de baixo consumo de energia, assim como um modem 4G e seu uso é dedicado à fabricação de relógios inteligentes.

Artigos recomendados

30 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.