O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
334 Compartilhado 112 Comentários

Novo smartphone da Meizu quer o espaço do Lenovo Vibe A7010 no Brasil

Estabelecendo-se no Brasil, a Meizu acaba de anunciar o lançamento do seu segundo smartphone no país, o Meizu M2 Note. Lembrando que a fabricante já havia lançado o top de linha Meizu MX5 por R$ 2.899,00. Ele chega com o nome "Vi PhoneStation Meizu M2 Note", já que, assim como o irmão mais velho, traz no pacote um kit com aparelho de stream para ser conectado na TV e teclado Bluetooth que, juntos, o transformam em uma estação de trabalho.

Meizu M2 Note - Preço e lançamento

O Meizu M2 Note já está em pré-venda no Brasil, só é possível realizar a reserva/compra através do site da empresa Vi, representante oficial da Meizu no país. Ele está custando R$ 1.899,00. Não é possível comprá-lo em outras lojas, ao menos por enquanto.

Meizu M2 Note - Design

O Meizu M2 Note tem um visual que alguns afirmam ser um mistura de iPhone com a linha Galaxy. Particularmente, acho um aparelho muito bonito e com excelente acabamento. Na parte frontal temos o botão físico da home, que não possui leitor de impressões digitais como afirmaram alguns sites chineses. Em volta do botão, há um anel de alumínio, que aliás é a única parte de metal do aparelho. Ele chega ao Brasil nas cores branco e chumbo, embora na China seja vendido em diversas cores.

pack branco
Meizu M2 Note será vendido nas cores branco e chumbo. / © Vi

Seu corpo é uma peça única de policabornato. Mas não é um simples plástico; segundo a Meizu, se trata de policabornato que reveste uma liga de magnésio dando assim uma textura mais macia e durável. Ele também é bem fino, possui apenas 8,7 mm e pesa 149g: para o seu tamanho, é um bom peso se comparado com concorrentes. Assim que estivermos com o aparelho em mãos, para o review completo, teremos uma noção maior sobre isso.

Meizu M2 Note - Tela

O M2 Note traz uma tela de 5,5 polegadas e resolução full HD, usando a tecnologia de tela IPS IGZO. Essa tecnologia é bastante usada por aparelhos chineses, e os comentários dizem que dá um bom brilho e contraste na tela. Com bordas laterais bem finas, mas as superiores nem tanto, a tela tem um aproveitamento de cerca de 72% da frente do aparelho.

Meizu M2 Note - Especificações técnicas

O Meizu M2 Note traz especificações de um smartphone intermediário e usa o mesmo hardware da maioria dos smartphones chineses. No Brasil, ele possui o mesmo hardware do Lenovo Vibe A7010 e do Quantum GO. Além disso ele é dual chip 4G.

O processador é um MediaTek 6753, com oito núcleos Cortex A53 e clock de 1,3 GHz. Possui 2GB de memória RAM, e ainda não sabemos se a versão brasileira será com 16 ou 32 GB, ou se terá slot para cartão micro SD de até 128 GB. Para completar, traz uma GPU Mali-T720MP3.

A bateria é até que generosa, com 3000 mAh, sendo que a empresa enfatiza a utilização de uma tecnologia diferenciada. Além disso, é fabricada pela Sony.

vi station
Vi Station se conecta na porta HDMI da TV e faz stream do smartphone. / © Vi

O kit que forma o Meizu PhoneStation M2 Note inclui dois acessórios, além do smartphone: o "Vi Center", dispositivo multifuncional que permite recarregar o celular em qualquer lugar, além de um teclado virtual Bluetooth, que pode ser projetado em qualquer superfície plana e opaca; e o "Vi Cast", que se conecta à porta HDMI da TV e permite transmitir vídeos, músicas e fotos, além de duplicar a tela do Meizu diretamente para a TV. Esse kit pode ser a maior justificativa do preço elevado do aparelho. 

Meizu M2 Note - Câmera

Na parte de câmeras, temos um sensor principal de 13 MP e o da câmera frontal é de 5 MP. Também não há muito detalhes sobre o sensor, porém a vasta maioria dos smartphones chineses com esse hardware utilizam o sensor ISOCELL da Samsung, que é por exemplo usado no Lenovo Vibe A7010. Se esse for o caso, é uma boa câmera com abertura f/2.2. 

meizu m2 camera
Meizu M2 possui boas câmeras para um aparelho intermediário. / © Vi

O interessante é que a câmera frontal de 5 MP possui uma abertura melhor de f/2.0: isso significa que deve ser um bom aparelho para tirar selfies. Além disso, ambas gravam vídeos em full HD.

Meizu M2 Note - Software

Todos os aparelhos da Meizu rodam o sistema Flyme OS, que se trata de uma modificação do Android aos moldes da MIUI. Ele é baseado no Android 5.1. Nunca testei essa modificação, mas os comentários de sites internacionais sempre a elogiam por ser bem rápida e com funções extras interessantes. No review completo confirmaremos se isso  é realmente verdade.

Flyme os
Flyme OS é o sistema baseado no Android 5.1 do M2 Note. / © Vi

Podemos dizer que o Meizu M2 Note veio para competir diretamente com o Lenovo Vibe A7010, porém, com o preço de R$ 1.899,00, fica difícil. A maior justificativa do preço alto deve ser o kit que o acompanha, al\em do fato de ser importado e o dólar  estar nas alturas.

Segundo Fernando Oliveira Neto, coordenador de marketing da Vi, o M2 Note se destaca pela competitividade de preço e qualidade de produto. "Disponibilizamos um smartphone moderno, com sistema operacional leve e customizado, além de acessórios de última geração. A Meizu possui um controle de qualidade rigoroso, o que garante um produto seguro, confiável e com tecnologia e conceito inovadores no mercado". Tirando a parte da competitividade de preço, o Meizu M2 parece ser um bom smartphone intermediário.

Assim que o aparelho chegar para testes publicaremos um review completo, de modo que poderemos afirmar se os acessórios que acompanham o M2 Note justificam o preço acima da concorrência.

E vocês, o que acharam do Meizu M2 Note? Está valendo o seu preço?

112 Comentários

Escreva um comentário:
  • - Enquanto isso a Xiaomi pensa em lançar seu próximo smartphone no Brasil em ....................

  • Por tudo que oferece nesse kit, o preço está bom, mas se vendessem apenas o smartphone, teriam mais sucesso nas vendas com preço bem inferior a esse praticado.

  • Não vão conseguir vender nada por esse preço, não vejo concorrência com o Lenovo Vibe A7010

  • Quanta burrice vender por esse preço. Concorrência é sempre bom, mas esse merece encalhar pra empresa aprender.

  • Parabéns, André Luiz. Que provocação hein! Também vou de LeNovo.

  • Projeto de marketing muito mal feito e finalizado.
    O consumidor brasileiro quer um produto bom, mas quem decide na compra de acessórios é ele. E quem está comprando não compra um kit. Compra o essencial que é o aparelho. Lenovo Vibe custando R$ 1.100,00 ou Sony M4 custando R$ 1.200,00 são melhores, mais equipados, com leitor de impressão digital e o Sony a prova de água e poeira.
    No caso deste aparelho o valor de mercado deveria estar em torno de R$ 800,00 para entrar no mercado, se posicionar com o produto, verificar vendas e aceitação e só ai é depois disso, entrar com um produto mais parrudo para fazer frente a concorrência.
    Péssima estratégia de marketing. Quem fez isso é amador ou é o que cara que manda fazer, mas não sabe fazer, fica com a bunda sentada na cadeira esperando o salário cair na conta.
    Levanta, vai a luta, visita pontos de venda, ouve os lojistas e vendedores, cria estratégia de vendas e só ai lança o produto.
    CABEÇÃO estragou a entrada no pais da empresa
    Queimou marca e o produto.
    PARABÉNS os concorrentes agradecem.

  • Não está caro, o salário é que está ruim em todos os cantos do país... bom aparelho porém fora da realidade de muitos...

  • kkkkkkkkk é tão engraçado ver essas burrices de empresa.

  • Por esse preço não vai vender 1 unidade. ¯\_(ツ)_/¯

  • Nesse preço vai continuar querendo...

  • A cada dia que leio uma matéria de lançamento com preços aqui fico mais assustado... Aparelhos intermediários custavam até os 1000 reais... Agora já tem intermediário de quase 2000... Se a empresa não vender SÓ O APARELHO, estará cometendo uma burrice das grandes... como é possível querer empurrar goela abaixo dos consumidores esse kit com o preço alto assim? Se isso está sendo exportado, na atual cotação do dólar, é pura burrice... Fora que, o aparelho pode ser bom mas, se for pra vender somente ele por um preço igual ou maior que o da Lenovo, continua impraticável... O aparelho da Lenovo inovou no áudio e tem um visual bonito... Já esse aí inovou em quê? No kit? E o aparelho? E esse visual tosco que lembra uma imitação barata de iPhone? Pelo amor de Deus, que preço é esse Meizu? E o mais incrível de tudo é: a galera vai pagar esse valor nisso aí...

  • Quem dita a sobrevivência dos produtos é o consumidor. Se esse perfil demagogo for para valer, fica uma amostragem dos pensamentos do mercado consumidor. Atos convencem mais do que palavras.

  • Pessoal, realmente duvido que esse perfil seja verdadeiro. Tem todas as características de um Troll. Portanto, não vou nem perder tempo em responder.
    Agora, se não for um Troll, gostaria de saber, pois a resposta será muito, mais muito merecida...

  • Vi Station, entendo que você tem total direito de defender seu produto, não há nada errado nisso, porém nossos comentários representam o pensamento do público de um modo geral. Não seria melhor ouvir e se adaptar, do que tentar forçar a barra em uma comunidade relativamente pequena perto do todo?

  • O conceito é interessante, mas a Meizu deveria ter pensado em vender separadamente.
    No meu caso, o kit seria desnecessário, porém o smartphone é até interessante e sem o preço do kit talvez valesse a pena...

  • Vamos ver como será a resposta da Lenovo..

  • O projetor de teclado é uma sacada interessante de marketing pois realmente chama atenção, mas pelo preço praticado pelo "kit" fica difícil que desperte muito interesse.
    Basta ver que o Chromecast custa R$ 250,00 e um Lenovo R$ 800, ficando R$ 800 pelo projetor.

  • nesse preço da pra pega um X Stylevem promoçao.......phonestation isso n vai cola no mercado brasileiro

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi