O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
207 Compartilhado 129 Comentários

O que deu errado com os tablets Android?

Os tablets chegaram para mudar o status quo da tecnologia: quando Steve Jobs tirou do bolso o primeiro iPad, o mundo se ajoelhou aos seus pés. Depois deste dia, muito ouvimos falar da era iPhone e iPad, e logo tivemos os tablets como a próxima grande tecnologia do mercado. O Google também quis uma parte deste mercado e vimos o anúncio dos primeiros tablets Nexus. Mas depois deste hype tivemos a ressaca: o que deu errado com os tablets Android?

Assim como o tamanho da tela dos smartphones aumentou, o valor dos tablets no mercado foi diminuindo. Para navegar na internet hoje a grande maioria dos site já estão adaptados à versão móvel, e a necessidade de computador com uma tela grande já não é mais necessária.

O uso de dispositivos móveis para jogos ainda é um grande tópico, mas mesmo smartphones podem superá-los ou alcançá-los em termos de performance. E mesmo aplicativos para produtividade, edição de imagens ou qualquer coisa relacionada a isso não são exclusividade de tablets.

AndroidPIT apps for tablets 1
Os tablets possuem poucas funções / © AndroidPIT

Onde estão os grandes lançamentos?

Estamos no início de 2017 e nada: não existe nenhum tablet que possa realmente sugerir até agora, mesmo depois de passada uma das maiores feiras de tecnologia, a CES 2017. Sinceramente, nenhum tablet lançado em 2016 me chamou a atenção. Nem Samsung, nem Sony, menos ainda Nvidia ou Google: a oferta de tablets está ultrapassada ou muito cara. Quando olhamos para o Pixel C, precisamos dizer que este é um dispositivo muito caro para o que oferece.

Opinion by Hans-Georg Kluge
Telas e processadores ruins estão minando a opinião dos usuários sobre aplicativos Android em tablets.
O que você acha?
50
50
729 participantes

Agora, temos realmente muitos tablets baratos, mas que não valem o que pesam quando o assunto são as especificações. Telas e processadores ruins estão minando a opinião dos usuários sobre aplicativos Android em tablets. Atualmente, no entanto, ainda deposito alguma esperança do próximo tablet da Samsung: o Tab S3.

Inovações são raras em tablets rodando com o sistema operacional do Google. O Yoga Book da Lenovo é uma boa opção quando o assunto é notebook, mas sinceramente, o processador do dispositivo não é dos melhores. Mas apesar deste aparelho, não acredito que os tablets com Android tenham alguma chance em um futuro próximo.

Mesmo o Google parou de investir no suporte do Android para tablets: a última novidade foi a nova tela dividida do Nougat. Fora isso, pouco aconteceu nos últimos anos. Mesmo os desenvolvedores parecem descrentes da otimização de seus apps para tablet, basta se perguntar qual app realmente funciona bem em na tela grande de um tablet; quase nenhum. Não me surpreende que os tablets Android estejam parados nas estantes das lojas.

AndroidPIT Lenovo Yoga Book 0172
O Yoga Book é uma opção que fica entre tablets e híbridos / © AndroidPIT

Tablets vs. híbridos: eis um campeão

Mas será que o mercado de tablets está realmente morto? De certa forma sim, especialmente se pensarmos na importância com a qual os dispositivos híbridos (notebook + tablet) vem sendo difundidos no mercado. Muitas fabricantes já oferecem tais dispositivos, a maioria inclusive rodando com o Windows 10.

E existem muitos motivos para que você escolha este tipo de dispositivo em detrimento aos tablets. Os híbridos são maiores e oferecem uma interface de usuário mais clara, bem como melhor experiência ao assistir filmes. Este são mais estáveis para a escrita e possuem um teclado físico. Eles combinam todas as vantagens de um notebook e um tablet, mas sem suas fraquezas: tablets são grandes e não fazem mais que o seu smartphone.

Opinion by Hans-Georg Kluge
Os híbridos são simplesmente mais flexíveis que os tablets.
O que você acha?
50
50
624 participantes

Em relação ao software, o Windows 10 já dá um banho no Android para tablets. Claro, o Windows 10 ainda não é a melhor opção, mas ainda assim oferece muito mais opções do que os aplicativos para Android. O próprio Lenovo Yoga Book com Windows é uma opção melhor do que com Android. Assim como a Microsoft deixou a desejar no seu software para smartphones, o Google faz o mesmo com o Android para tablets.

Aliás, o Google praticamente acabou com o Android para tablets. Em uma publicação em seu blog, os desenvolvedores do Big G falam sobre dar prioridade ao Chromebook com Chrome OS. Ainda temos que levar em consideração que o Chrome OS agora é compatível com telas touch e oferece suporte aos aplicativos Android. De acordo com a Google, a Adobe vem otimizando alguns dos seus aplicativos para a nuvem dos Chromebook. Como podemos ver, mesmo que os apps sejam otimizados para tablets em algum momento, até mesmo o Google vem usando o nome Chromebook em vez de tablets.

Opinion by Hans-Georg Kluge
O Chrome OS poderia dar novos ares aos tablets.
O que você acha?
50
50
614 participantes

Desta forma, podemos ter novidades muito interessantes quando o assunto é o Chrome OS. A plataforma possui poucos problemas quando o assunto são atualização e pode vir a rodar todos os apps do Android no futuro. Somado a isso, a sua UI é toda desenhada para telas grandes. Além disso, pode ser uma boa alternativa de preço para os notebooks encontrados hoje no mercado.

Você está otimista sobre o lançamento de novos tablets em 2017? Ou você já desistiu deste tipo de dispositivo?

207 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Marcelo Neri há 6 meses

    Simples: Surgiram os Phablets!

  • Nivaldo Cavalcante há 6 meses

    O problema é que nas lojas só temos tablest Android de marca duvidosa com 8GB de memória interna por um preço baixo, aí a pessoa compra e desanima porque só trava. Para uma experiência verdadeira com tablets, você precisaria desembolsar muita grana por um modelo top da Apple (iOS), Samsung ou Sony (Android). Por isso que deu errado, a galera tá comprando esses de 300,00 que vendem e não rodam nem o Facebook direito, e a impressão que fica é que tablet Android não presta!

  • Sidney Piesco há 6 meses

    O problema dos tablets é que eles são um celular grande. Não servem para produção. Eu sou escritor e uma vez tentei escrever em meu tablet. O Word para Android é ridículo. Você perde mais tempo procurando funções que não existem do que escrevendo. O PowerPoint não tem capacidade para reproduzir filmes e o Excel é muito limitado. Fora isso, a capacidade interna é ridícula e os aplicativos feitos para ele são todos para crianças de 2,5 anos usarem. Não tem um Photoshop decente, um editor de vídeo que realmente tenha alguma função ou mesmo um simples programa para e-mail que funcione como no computador. Sendo assim, as pessoas preferem usar o smartphone que cabe no bolso e dá para instalar WhatsApp, que é o que importa para 99,99% da população. Infelizmente essa é a idiotização tecnológica dos tempos atuais.

  • Deivis Schuman há 6 meses

    Simples: O Smartphone cabe no bolso, o tablet não!
    Hoje as pessoas nessa correria louca do dia dia, querem mais praticidade!
    Isso sem contar vários outros fatores que já foram citados abaixo, como por exemplo tablets mais baratos com configurações sofríveis!

  • Waldiney S. há 6 meses

    Como vários já disseram aqui, a pouca opção atual de modelos, a pouca evolução de hardware e software (câmeras fracas, SO desatualizado, telas de baixíssima resolução...) e grande variedade de smartphones com telas de 5,5 a 6,0 polegadas (que são quase o tamanho de um tablet modesto) afastaram o consumidor deste tipo de equipamento. Minha esposa até antes do ano passado ainda queria um tablet de presente, só pra ver Face e ler algumas notícias de sites em casa, mas já tinha conhecimento do fraco mercado de tablets, e entre comprar um modelo de entrada sofrível por até 800 reais e um smartphone com tela 5,5" ou maior pelo mesmo preço, claro que a convenci a ficar com o smart, e ela está feliz da vida com ele.

129 Comentários

Escreva um comentário:
  • Hardware fraco e falta de atualizações!! pelo menos a maioria que é vendida no Brasil tem hardware de 2013 e não recebem atualizações de jeito nenhum! nem os patch de segurança.

    CAV

    • Esse quesito de atualizações, na real, pesa só pra usuários mais fanáticos do SO, que fazem questão de ver o número da Versão do Android e a data do patch modificadas.
      O hardware em si busca atingir justamente um público em sua maioria pouco exigente, que quer um negócio barato pra rodar jogos casuais, utilizar como e-book ou pra ver os slides ou documentos da escola / faculdade e assistir uns vídeos sem se importar com uma qualidade excelente de reprodução (o razoável ou o mínimo recomendado geralmente já está garantido).
      A questão dos tablets realmente é a experiência de uso precária que o Android proporciona para telas maiores, não se tornando indicado pra quem busca produtividade. E muitas vezes se investindo um pouco mais, se consegue um notebook que entrega isso e muito mais, mesmo os que vem com Intel Celeron ou com 2 GB de RAM.

  • Vocês não têm ideia do quanto é bom e útil um tablet!! Além da facilidade de uso e consulta à internet em uma tela maior e mais ampla que o smartphone, ELE É ESSENCIAL PARA LEITURA DE LIVROS E ARQUIVOS PDF. Quem estuda sabe que há uma infinidade de livros disponíveis em PDF, e a facilidade para ler é muito melhor do que na tela do computador. Sem contar com o conforto para Netflix, Telecine Play, etc. Eu tenho um tablet da Samsung (Galaxy Pro 12,2") e um ipad mini. Ambos são excelentes, mas o SO da Apple está muito anos a frente do Android. O tablet da Samsung é bem parrudo, com 3Gb de Ram, mas trava muito. O ipad nunca (ou quase nunca) trava.
    O problema é os preços subiram muito. É surreal ter que desembolsar 5mil reais em um iPad. Comprei o meu há 2,5anos por 2.500 reais e já o achava absurdamente caro.
    De qualquer forma, acreditem... tablet não é apenas para público infantil. Quem lê muito, não pode ficar sem! É essencial!!!

  • Como assim "Steve Jobs tirou do bolso o primeiro iPad"?????

  • Tenho um Ipad2. Já usei outros tablets Android. O dispositivo de anos atrás (Ipad) para mim parece imbatível mesmo comparado com da atualidade. E olha que gostaria muito de ter um bom tablet android, principalmente pelo preço, mas, difícil.

  • tablet não serve pra nada.

  • As fabricantes já perceberam que o consumidor quer um dispositivo único e que caiba no bolso. O segundo acessório será uma tela com teclado (dock).
    Raciocinem comigo, será que com a tecnologia que temos hoje precisamos carregar celular, tablet e Notebook?
    Eu aposto num único dispositivo para este ano ainda.

  • Tablet nunca foi feito para vender tanto quanto smartphone. Por isso, acho que nada deu errado com eles, só estão no seu lugar e completando um segmento de mercado.

  • Preço, usabilidade, fragmentação... os primeiros Androids nos tablets eu achei uma lástima, desfiz-me logo deles.
    Hoje estou contente com um tablet provido por um Windows completo, não sei se minha opinião é a parte, mas gostatava bastante do 8.1 e agora com o 10, ficou animal. Também tenho um tablet dual boot com Android, mas acabo sempre usando Windows mesmo, vai do uso de cada um.

  • Infelizmente o que faz travar mesmo este mercado de tablets Android é o fato dos apps não serem otimizados para as telas grandes de forma a melhorar a usabilidade.

    Terem poucos apps que aproveitem essas telas com boa produtividade. Hardware fraco com preços altos demais.


    Devido a isso tudo eu resolvi comprar algo mais completo e fui um feliz até hj, comprados de um Lenovo ThinkPad 8 com Windows 10 completo. Intel baytrail z3770 2gb de ram e 64 de ROM. Tela fullhd IPS de 8.3' e saída micro HDMI q faz minha felicidade na hora de usar teclado e mouse p apresentações ou multimédia.

    Rodo de tudo e raramente trava.

    -Photoshop
    -Popcorntime
    -Telegram
    -Skype
    -netflix (app Windows)
    -games dá loja
    -chrome c umas 10 abas e YouTube

    Mto funcional. Mas tbm n está ainda adaptado como um tablet, ícones grandes, teclado funcional etc mas tem melhorado mto!


    Google pré usa mesmo unificar os sistemas chrome os e Android p que layout e convergência n tenha problema, pq programar p dois sistemas ou ter q melhorar o sistema utilizando duas equipes distintas é osso.


    Obs: paguei 550 reais em uma promoção fim de 2015.

    Ele foi anunciado em 2014 se n me engano no Brasil (mas eh de 2013) e custava 1100 reais

  • Tablet Android é Nexus..
    Se não for Nexus .. esquece 👎

    • E olhe lá!
      Se colocar Surfaces ou iPads na parada, é perigoso os Nexus ou o Pixel C não se darem bem nessa.

  • Tablet atualmente (principalmente no Brasil) é para uso infantil, basta ver os preços. Os baratos são direcionados a esse nicho, as escolas infantis usam bastante e isso deve ser o seguimento futuro dos tablets, são mais baratos que notebooks, não precisa ou não tem linha telefônica e tem jogos, ótima opção para os pais darem aos seus filhos.
    Uso o meu para ver Netflix, Youtube e texto no Evernote, pouca coisa então comprei o Amazon Fire HD 8, que é barato, tem uma boa especificação, nada excepcional e atende minhas necessidades com a certeza de atualização por parte da Amazon.

  • não substitui um Notebook ainda... acho que seja isso

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi