O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
5 min para ler 92 Compartilhado 49 Comentários

Os piores malwares para Android e o que eles podem fazer no seu smartphone

O crescimento do número de Androids pelo mundo gera uma dinâmica similar ao Windows quando o assunto envolve vírus e afins: quanto maior a base de usuários, maior é a quantidade de pilantras virtuais que criam malwares para tentar tirar algum tipo de proveito dos mais incautos. De preferência, dinheiro. Logo, listamos aqui as sete piores pragas que assolam a plataforma móvel do Google. Por ordem de “popularidade”: 

1. Podec

Este Cavalo de Tróia (ou Trojan, se preferir) é especializado em infectar apps bancários instalados nos smartphones e tenta roubar as credenciais das contas correntes do usuário, incluindo os dados de cartões de crédito. 

“Com o aumento da base de usuários de smartphones, o número de trojans bancários mobile cresceu muito em 2015”, afirmou Fábio Assollini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil. “Apenas no ano passado, mais de 7 mil deles foram detectados. E não podemos esquecer dos apps falsos da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, que conseguiram entrar no Google Play e foram baixados por muitos usuários em 2014”. 

AndroidPIT virus 1
Os trojans miram principalmente seus dados bancários / © ANDROIDPIT

2. Leech / 3  -Ztorg

Estes dois malwares foram desenvolvidos para implementar programas de propagandas (adwares) agressivos nos smartphones infectados. Uma vez instalados, eles liberam banners de diversos tamanhos e pop ups são exibidos sem parar na tela dos telefones. 

“O desenvolvedor desse tipo de código recebe a cada vez que esses banners são exibidos. Logo, interessa a ele propaga-los para o maior número de smartphones possível”, disse Assollini. “Além atrapalhar muito a usabilidade do aparelho, esse tipo de malware impacta na performance do telefone, consumindo hardware e dados em excesso”. 

4. Lotoor

Este código malicioso carrega um conjunto de exploits que realizam o root no smartphone do usuário, ganhando o acesso de administrador, o que dificulta muito sua remoção. Com isso, o aparelho acaba ficando vulnerável à ataques diversos, roubos de dados e acesso ao hardware do aparelho, incluindo câmeras e microfone. 

E tudo acontecendo à revelia do usuário, já que na maioria das vezes ele não percebe a atuação do malware. 

5. OpFake  / 6 - Acercard

Estes dois apps falsos são especializados em roubar credenciais de redes sociais, sites de compra, aplicativos de mobile banking e, em alguns casos, consegue empregar até mesmo técnicas de phishing.

AndroidPIT virus 3
Os códigos maliciosos usam formas cada vez mais engenhosas de se infiltrar nos smartphones / © ANDROIDPIT

Destaque para Acercard, que tem a mesma dinâmica do OpFake, mas de uma forma mais engenhosa. “O Acercard age mesmo quando o usuário está usando um app legítimo”, declarou Assollini. “Ele age a partir de uma janela, pedindo informações do usuário e não sai até que os dados sejam preenchidos. Ele atua em ambientes de redes sociais, internet banking, entre outros”. 

O especialista da Kaspersky afirmou ainda que o Acercard explora uma falha nas versões mais antigas do Android, mas mencionou que nas edições mais recentes – e usada pela grande maioria dos usuários do sistema - a brecha já está corrigida. No entanto, ponderou que, no final de 2015, o código-fonte do trojan vazou e qualquer criminoso pode usá-lo para criar variantes do malware.

7. SMS stealer

Este tipo de trojan, ao infectar o smartphone, usa e abusa do recurso de SMS à revelia do usuário. E se você não se preocupa com isso, já que usa muito pouco esse tipo de mensagem, pense duas vezes: muitos bancos, serviços de e-mail e redes sociais usam o SMS para fazer a dupla autenticação. Com isso, crackers podem ter acesso a senhas que são enviadas por pelos administradores desses serviços. 

“Se você quer conhecer a extensão dos ataques do SMS stealer é simples”, afirmou Fábio. “Digite no Google o nome do site Reclame Aqui e o código 44844. Você verá uma série de reclamações sobre o número ‘comendo’ os créditos de usuários. Nada mais é do que o SMS stealer em ação”, completou. 

sms
Nem os SMSs estão livres de ataques / © ANDROIDPIT

E como esses trojans infectam os smartphones?

A boa notícia disso tudo é que, na esmagadora maioria dos casos, a causa da infecção desses malwares é uma só: por meio de aplicativos baixados em lojas não-autorizadas. “A liberdade que o Android proporciona é ótima, mas isso não dispensa o usuário de ter certos cuidados”, disse Assollini. “E ao baixar apps em lojas que sejam o Google Play, ele está se expondo a riscos”.  

Como se proteger

  • Tenha um antivírus instalado e atualizado no smartphone. O número de malwares para Android cresce tão rapidamente que, em pouco tempo, deve ultrapassar a quantidade de pragas feitas para Windows. “O antivírus detecta o app malicioso já no momento da instalação. Mas se você instalar o antivírus depois dos apps instalados, é preciso fazer uma verificação completa”, declarou Fábio.

    “A boa notícia é que a maior parte dos antivírus é gratuita, o que já garante uma bela dose de segurança ao seu smartphone. Apenas recursos extras exigem algum tipo de pagamento”.

eric galaxy s6 encryption
Se proteger de malwares não exige conhecimento técnico / © ANDROIDPIT
  • Dê preferência para apps que estão na loja oficial do Google. De certa forma, a criadora do Android se responsabiliza pela segurança da loja e remove os apps maliciosos no momento em que eles são identificados. Além disso, a empresa adotou o sistema de verificação de aplicativo por aplicativo, como já é feito no iTune Store, da Apple.  
     
  • Não faça root no aparelho. Isso porque você elimina diversas proteções do Android, tornando-o vulnerável aos ataques de malwares. “Existem até mesmo apps maliciosos que se instalam no boot do aparelho, obrigando uma formatação total do mesmo. E é um processo bem trabalhoso para fazer o telefone voltar ao normal”, completou Assollini.  

E você já teve problemas com vírus em seu smartphone Android? Compartilhe com a gente.

92 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Rui Maciel há 11 meses

    Caros, tudo bom?

    Ninguém está dizendo que a instalação é obrigatória. Essa é apenas a recomendação de um especialista em segurança. Fica a cargo de cada um. Eu, particularmente, tenho um antivirus no meu smartphone e funciona bem, sem comprometer a performance.

    Mas, como disse antes, isso vai de cada um e da sua experiência com o smartphone.

    Abraços e obrigado pelos comentários.

49 Comentários

Escreva um comentário:
  • infelizmente estamos perdidos, mesmo instalando somente da playstore meu android foi infectado por um malwere impossivel de tirar. ele fica baixando por conta propria muitos apps com virus e impossivel paralo,agora meu smartphone é um celular sem internet. é a única forma de usar.

  • AVG Pro.

  • O 'especialista' em segurança logicamente precisa vender um produto.
    As informações são úteis, mas são de conhecimento de qlqr que nao use o cel para ver Facebook e WhatsApp.
    Um 'leigo' que usa de maneira simples, vai acabar instalando um clean master ou um PS Safe da vida pq o primo falou que era bom.

    Basicamente, o q ele quis dizer foi: nao veja porno no celular. Nao clique em propagandas.
    E tbm não baixe apps do apkmania, apkmirror, aptoide ou de qlqr lugar nao oficial.
    Como EU FAÇO ISSO DIARIAMENTE, tenho um app (em versão PRO, claro) devidamente atualizado que uso pra checar tudo semanalmente..

    • Ai que você se engana, a própria Google admitiu que na loja dela acaba entrando vírus se passando por aplicativos conhecidos e nem todo mundo fica em site de tecnologia obtendo conhecimento sobre tal assunto. Minha amiga já pegou vírus no S5 dela baixando aplicativo diretamente na loja da Google... Acho que vocês tem que parar com esta mania de achar que só por que você não pega, pois conhece as regras, os outros irão conhecer, não é todo mundo que fica o dia todo olhando sites.

  • que eu me lembre não

  • instalei um app no tablet pra ver filmes, lotou de vírus. Ficava aparecendo os banners de propaganda o tempo todo, em qualquer tela. Precisei resetar o aparelho, nenhum antivírus reconhecia o problema...

    • Complicado hein

    • Essas porcarias de antivírus não vêem o nem se o usuário mostrar nessa parte o android precisa evoluir e muito ! Ao navegar no crome do Android de vez em quando aparece aquelas porcarias de antivírus de propaganda e muitas outras coisas !
      Tem alguns que tocam um som outros fazem o telefone vibrar (e não vem não que isso não é site porno) e vez ou outra eu formato meu aparelho e sd card!

  • O de anúncios fudeu com o tablet da minha irma, fica instalando apps e aparecendo um pohe de anúncios o tempo todo...

  • Só tem cara foda! Kkkkkkkkkk

    Humildade passa longe

  • Antivírus para Android são apenas para usuários fracos eu tenho root e instalo várias coisas fora da Google play e sei cm oq tô mexendo só gente q n sabe usar e fica instalando qualquer merda se lasca ae

    • Tb axo. Uso root no Note 4 e não vejo problema nisso.

    • Tb sempre usei Izaki, e nunca deu galho nenhum. Mas de forma consciente claro, tem que saber o que está fazendo.

    • Nossa, que argumento, usuários fracos, é uma maneira tosca de se referir a outros usuários. Pense bem, a maioria dos usuários quer um Smartphone para facilitar a vida, mas ele não esta preocupado em conhecer o sistema, para que serve, quem fez ou criou, tem gente que acha que quem criou o Android foi a Samsung. Não chame os outros de fraco, respeite as pessoas, nem todo mundo tem o interesse que você tem, nem todo mundo que compra carro, entende de mecânica, nem todo mundo que compra computador, entende de informática. Nem todo mundo que faz feira no supermercado sabe cozinhar. Segundo analistas 90% dos usuários de Android são comuns, não entendem nada de informática e nem sabe qual versão esta o sistema dele, por isso as fabricantes são assim, não ligam em atualizar, para estes usuários, funcionando esta muito bem. E poucos são os usuários que fazem ROOT, estes mesmo 90% nem mexe na interface ou altera e isso não os tornam fracos, eles são apenas casuais, pois o povo hoje em dia, em sua maioria trabalha, estuda, faz faculdade, tem filhos para cuidar, vida corrida, e não tem tempo para ficar mexendo aqui ou ali no aparelho deles.

  • boa matéria

  • Não entendi o lance do Anti vírus!!! Li uma matéria aqui no site em que falavam que o Android não precisava disso, pois o mesmo sempre pergunta antes se quer ou não instalar tal aplicativo e até mostra as permissões que eles pedem. Agora vem essa matéria falando o contrário. Isso é pra dar um nó na cabeça da gente...rsrsrsrs...eu mesmo não uso anti vírus, pois sempre procuro me informar antes de instalar alguma coisa aqui.

    • Antivírus pra mim é bobagem só consome bateria e ram do celular

    • Por que é provado e a Google já admitiu que ocorre sim a publicação de vírus se passando de aplicativo na loja dela, isso ocorre, basta procura no buscador Google que você acha várias matérias, mas o povo finge que não.

    • "Pesquisadores de diversas universidades criaram a MassVet, uma ferramenta que consegue identificar aplicativos maliciosos para Android. A varredura encontrou 127.429 programas deste gênero em diversas lojas virtuais do sistema operacional.
      Na Google Play Store, a loja oficial do Google, foram detectados mais de 30 mil potenciais vírus disponíveis para download como se fossem aplicativos legítimos."

      "Um ponto grave levantado pelo estudo é que hackers que tiveram seus softwares banidos da Google Play enfrentam poucas dificuldades para lançá-los novamente: entre os 30.552 potenciais malwares, 2.125 são aplicativos que já foram excluídos uma vez. Deste total, 604 são vírus confirmados, que reapareceram na loja sem qualquer tipo de modificação em relação às versões previamente banidas. "

      Fonte: Techtudo....

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi