O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
395 Compartilhados 109 Comentários

Memória RAM importa! Estes são os smartphones que não param no meio do caminho

A memória RAM é um componente importantíssimo para o desempenho dos principais gadgets do mercado, principalmente os smartphones e tablets. Se foi o tempo em que dispositivos com 1 GB de RAM nas especificações de um aparelho enchiam os olhos do consumidor. Com o desenvolvimento de processadores com tecnologia de 64 bits, o avanço de forma geral dos equipamentos eletrônicos e a demanda por maior capacidade de smartphones de trabalharem com vários apps abertos ao mesmo tempo fez crescer a necessidade da memória RAM.

Hoje em dia adquirir um dispositivo com apenas 1 GB de memória RAM é praticamente inaceitável, sendo 2 GB o mínimo para se ter um desempenho razoável. Com 3 GB de memória RAM já entramos no seguimento top de linha, mas que já se mostra pouco para alguns aparelhos que pretendem abusar do multitarefa, caso do Galaxy Note 5 e Galaxy S6 Edge+, que chegaram ao mercado com 4 GB de RAM. Abaixo você confere os principais dispositivos disponíveis no Brasil que se destacam neste quesito.

Apenas 1 GB de memória RAM em um smartphone moderno é praticamente inaceitável.

Zenfone 2

O aparelho da Asus foi o primeiro a chegar ao mercado com 4 GB de memória RAM, prometendo desempenho espetacular e com preço bastante razoável. Embora o aparelho tenha sido apresentado em janeiro de 2015, as outras fabricantes não seguiram a tendência de utilização de módulos de 4 GB, sendo que somente no segundo semestre foram apresentados novos aparelhos com a mesma capacidade do Zenfone 2.

asus zenfone 2 front display screen
Zenfone 2 / © ANDROIDPIT

Galaxy Note 5 e Galaxy S6 Edge+

Os dois dispositivos da Samsung são os que possuem os chips de memória RAM mais avançados do mercado mobile, com 4 GB e tecnologia LP-DDR4. Isso porque a Samsung tem os aparelhos com os seus principais dispositivos para o consumo de conteúdo multimídia e produtividade.

samsung galaxy note 5 vs galaxy s6 edge camera
Galaxy S6 Edge+ e Galaxy Note 5 / © ANDROIDPIT

Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge

Quando foram lançados no início de 2015 os primeiros aparelhos da Samsung com design em metal e vidro vieram com 3 GB de memória RAM, que era a tendência para 2015, mas como já citamos acima, a própria empresa sul-coreana já possui dispositivos com módulos de 4 GB, que também devem equipar o futuro Galaxy S7.

s6heroes
Galaxy S6 Edge e Galaxy S6 / © Samsung

Sony Xperia Z3+ e Xperia Z5

Os dois aparelhos da Sony possuem 3 GB de memória RAM, que aliado ao processador Snapdragon 810 prometem desempenho excelente. Porém no caso do Xperia Z3+, o conjunto não conseguiu se livrar dos problemas de superaquecimento.

sony xperia z5 vs sony xperia z3 display
Xperia Z5 e Xperia Z3+ / © ANDROIDPIT

LG G Flex 2 e LG G4

Ambos os aparelhos da LG possuem 3 GB de RAM, porém o LG G4, aliado ao processador Snapdragon 808, conseguiu tirar um maior proveito do conjunto toda, entregado uma excelente experiência ao usuário final, tanto para a execução de games quanto para a execução de tarefas simultâneas.

LG G4 VS LG G2 FLEX 1 12
LG G4 e LG G Flex 2 / © ANDROIDPIT

Motorola Moto X Style e Moto X Force

Como não poderia ser diferente, os dois principais aparelhos da Motorola em 2015 seguiram a tendência e vieram com 3 GB de memória RAM, que aliado à leve customização do Android feita pela empresa entrega excelente desempenho para o usuário final.

costasmotoxstylexforce
Os dois principais lançamentos da Motorola em 2015 vieram também com 3 GB de RAM / © ANDROIDPIT

Como visto acima, 3 GB de RAM esteve ótimo para 2015, mas em 2016 um aparelho top de linha que não vier ao menos com módulos de 4 GB pode ficar para traz em comparação com seus principais concorrentes, e não seria imprevisível que alguma empresa como a Samsung viesse com módulos de 5 GB em seus lançamentos do segundo semestre do ano que vem.

A aí, qual dos aparelhos acima é o seu preferido?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Douglas Charles Cunha há 11 meses

    Difícil querer comparar um sistema que só roda em um aparelho. Aliás, o sistema é feito para o aparelho. Aliás, sistema e aparelho são feitos pela mesma empresa. Se o iOS precisasse de hardware mais poderoso para rodá-lo, seria incompetência da Apple.
    Um exemplo de que o Android poderia ser igual foi o Moto X 2013 à sua época de lançamento. Tinha um hardware modesto comparado com os demais aparelhos da época, inclusive iPhone, mas entregava uma super experiência e desempenho ao usuário.

  • Vinicius Da Silveira há 11 meses

    Ao invés de pensar em mais memoria ram, mais gigahertz, mais nucleos de processador, mais mega pixels e mais resolução. O que acham de dar mais prioridade a otimização do android com o hardware dos aparelhos? O Android pode ser mais otimizado e pode sim ser rodado com fluidez em um aparelho com 512mbs de ram dual-core, ou 1gb de ram, não importa a versão que seja do android, basta focar na otimização que é sim possível, mas é um pouco mais trabalhosa. Se levarmos o fato de que as fabricantes de smartphones android não aproveitam nem 80% do que o hardware de seus aparelhos tem a oferecer, um pouquinho de otimização já seria o suficiente para os celulares continuarem cada vez mais baratos e ao invés de investir absurdamente em coisas que agora são inúteis como telas em 2k, ou 4k em Smartphones, seria melhor pra todos investir em resistência e duração de bateria, porque é isso que falta nos smartphones atuais.

  • Victor Hugo Novais Lima há 11 meses

    a Samsung tem a interface que acaba com metade desses 4 de RAM aí...

  • Fellipe Paz há 11 meses

    Douglas nem é isso o sistema da Apple roda os apps direto o Android emula os apps numa máquina virtual e ainda usa Java que tem um grande problema o Garbage collection que faz com que um app leve 3X RAM no processo de fecha dele do que o de abertura então resumindo ele precisa de muito mais RAM pra fazer o mesmo que o ios

    E outra o hardware que Apple usa não é nem um pouco fraco aquele processador e um dos melhores do mercado mobile a diferença é que Apple não precisa de números como vários núcleos, frequências de operação altas com intuito de atrair consumidor (eles já tem a maçã pra isso) então mechem em outros fatores mais inteligentes como o arquitetura pra efeito de comparação o A7 usa a arquitetura Clyclone que faz 6 transcrições por ciclo já a qualcomm utiliza a já defasada Krait que faz apenas três transcrições por ciclo trazendo pra um parâmetro simples e o mesmo que dizer que um núcleo do processador da Apple faz o trabalho de dois núcleos de um processador da qualcomm e ainda utilizando metade do clock do da qualcomm

    Apple nunca usou hardware simples não nem a Motorola com o moto X 2013

  • Igor há 11 meses

    As pessoas confundem o sistema de gerenciamento do Windows com o do Android. No windows, se você tiver 8Gb de ram, o sistema vai usar memória confirme a necessidade dos programas em aberto, ou seja, você só vai ver 100% de memória usada ou se você abrir um mar de programas ou se tiver pouquissima memória ram. No android o gerenciamento é outro. O que ele puder manter de programa na memoria pra facilitar a abertura, ele o fará. Por isso é comum você ver o android com 80% da memória usada. Seja 1 Gb, seja 4 Gb. Eu tenho um note 2 e 2gb já ajuda muito (mesmo com a famigerada touchwiz).

109 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi