O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
16 Compartilhado 78 Comentários

O desempenho dos futuros Xiaomi pode ficar tão refinado quanto os iPhones

Uma notícia do jornal Korea Times dá conta de que a Xiaomi estaria desenvolvendo o seu próprio processador, cujo projeto leva o codinome “Rifle”. O novo SoC chegaria para competir com pesos-pesados como Qualcomm e Samsung, mas o fato mais interessante é outro: se isso ocorrer, a Mi estará dando um passo para ficar cada vez mais parecida com a Apple (Insira seu xingamento a minha pessoa aqui___________). 

Explico: caso a fabricante chinesa leve adiante o projeto de ter o seu próprio processador, isso permitiria a ela um controle quase total no desenvolvimento de seus próximos smartphones e tablets, a exemplo do que a Apple faz com seus iPhones, iPads e afins. Isso resultaria em dispositivos mais refinados, com melhor desempenho e maior estabilidade, o que é normal quando se assume todo o processo de produção. 

Afinal de contas, convenhamos: ainda que o MIUI seja um ROM baseado no Android, ele já é praticamente um sistema operacional à parte, onde a Xiaomi exerce controle total. Tanto que dificilmente você encontra usuários reclamando da falta de atualizações. A plataforma é um fim em si mesmo e pode ficar ainda mais redonda com uma CPU fabricada “em casa”. 

xiaomi mi 5 processor launch
Uma CPU própria permitiria um ganho de desempenho nos smartphones da Xiaomi / © Xiaomi

Além disso, se a Xiaomi passar a fabricar seus próprios processadores, isso pode impactar também no preço final dos seus aparelhos, uma vez que a fabricação in-house dos chipsets permitiria a empresa cortar intermediários no processo. Logo, é razoável supor que os futuros dispositivos da marca ganhem preços ainda mais competitivos. 

Processadores “de casa” são a tendência 

Considerando que o mercado global de smartphones está cada vez mais acirrado, muitas empresas estão revendo onde podem cortar custos para continuarem competitivas. E as fornecedoras de processadores são as primeiras a sentir o golpe. 

Se a Xiaomi realmente adotar um chipset próprio, isso significa que cinco das seis maiores fabricantes de smartphones do mundo serão adeptas dessa prática. Ainda que Qualcomm, MediaTek e Intel continuem a fornecer chipsets para a indústria, é fato que elas terão de rever para baixo o valor dos royalties que são cobrados junto as suas clientes. Inclusive, a Qualcomm já estaria renegociando isso no mercado chinês.

qualcomm logo
A Qualcomm estaria renegociando os royaties com as fabricantes chinesas de smartphones/ © ANDROIDPIT

Ainda de acordo com o Korea Times, o Rifle seria apresentado no próximo dia 10 de maio, quando os dispositivos Xiaomi Max e Mi Band 2 serão apresentados. No entanto, ainda não se sabe se esse suposto chipset vai compor algum desses produtos. 

A seguir, cenas dos próximos capítulos! 

E o que você acha de um processador com a marca Xiaomi? 

Fonte: Korea Times

16 Compartilhado

78 Comentários

Escreva um comentário:

  • os Kirim são da marca, mas não fazem eles serem tão bons quanto os da apple.


  • To pensando em trocar meu lg g3 em um xiaomi, sera que vale a pena ?


  • Redmi 2 Pro, será o ÚNICO produto da XIAOMI no BRASIL, isso é líquido e certo, passado um ano, isso tem ficado CLARO
    Só pode olhar os modelos lá fora, mas aqui, só vem versões do Redmi 2 Pro 2.Xxx e só!.


  • O que falta à Xiaomi é força para dispor de todo o seu portfólio de produtos em escala global, tenho vários dispositivos Xiaomi espetaculares comprados fora do Brasil que nem em sonhos são vendidos no Brasil.


  • tenho um readmi note 3 nunca vi um review no Android pit


  • Muito bom! Será ótimo se a Xiaomi começar a fabricar seus smartphones com processadores próprios.


  • Eu fiquei muito impressionada com a Xiaomi, aparelho muito top porém com especificações técnicas de intermediário. Muita gente fica sempre ali nos motorola, samsung....tem coisa boa fora do lugar comum. Estou muito interessada em conhecer um aparelho da Huawei, são lindos e parecem ser ótimos. Seria maravilhoso ter mais opções por aqui.... Já imaginou chegar na loja e ter os tops da Xiaomi, Huawei, HTC...... 😍😍😍😍😍


  • Sou super fã da LG, inlcusive tenho um LG G4 pela qualidade fotográfica e recursos decentes para um smartphone TOP de linha. Entretanto a LG vacilou bastante com sua incredulidade no mercado nacional ao lançar o G5 em versão mais modesta.
    Voltando à Xiomi, admiro bastante a empresa por buscar resultados de qualidade a preços decentes. Entretanto, ainda precisam de mais investimentos em marketing e estratégias mais agressivas para mercados novos; Brasil é um deles. Se realmente trouxerem qualidade, além de um processador novo e preço acessível, para solos tupiniquins quem sabe posso adotar a Xiaomi. Pode ser que esteja bem mais perto que todo imaginemos!! rssrrs


  • Calma lá, sério mesmo?
    A Xiaomi estar possivelmente fabricando seu próprio processador é ótimo (contanto que não aconteça o mesmo que aconteceu com a LG, quando a mesma tentou seguir esse caminho), mas até aqui é "Apple"?
    Apple, Samsung, Huawei, todas fabricam processadores próprios, mas a comparação cai justo na casa da Apple?


  • Muito interessante, desde que traga benefícios não tenho do que reclamar.


  • Quando a Xiaomi terá respeito com mercado brasileiro? Será lançado quando aqui o Redmi 3, Mi 5 e outros produtos melhores do que o Redmi 2 chega de ser tratado como mercado inferior pelas fabricantes


    • E quando o brasileiro terá respeito com os smarts da china ou "importados" vamos dizer ? eles podem ser muito bons, mas no nosso mercado eles só estão vendendo a quem realmente conhece, os leigos continuam comprando oque as grandes lojas de varejo empurram a eles, a Xiaomi teria que investir muito mas muito mesmo em propaganda pra talvez, chegar perto de marcas como LG e Motorola em vendas, então pra eles talvez não vale o risco.


      • Então seguindo seu raciocínio a marca será sempre uma exclusividade da Índia e China. Pra mim isso ñ existe. Ou a Samsung, Lg e Motorola, por exemplo, já nasceram grandes e conhecidas? Ñ gastaram um centavo em propaganda? Tem que plantar pra poder colher os frutos. Ou vai nascer só?


      • Sem dúvida a empresa terá que investir em marketing e trazer aparelhos decentes pois aqui no Brasil ela tem crescido no famoso método boca a boca. Mas que de fato o mercado brasileiro tem um preconceito com aparelhos de marcas chinesas devido aos MPXX do mercado livre de fato isso existe, não seria incomum se a Xiaomi apresenta-se o MI 5 no Brasil por 2.500,00 reais (exemplo) e as pessoas começassem a dizer "Se é pra comprar um aparelho desse valor prefiro pagar um pouco mais caro em um aparelho de marca". Infelizmente a maioria das pessoas de smartphone só conhecem a MARCA. Mas acredito que a obrigação de mudar essa visão do consumidor tem que partir das fabricantes, e isso acontecerá através de marketing e de entregar um produto de qualidade.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi