O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site.

3 min para ler 19 Compartilhado 105 Comentários

Por que os novos Galaxy S6 e S6 Edge custam tão caro no Brasil?

Esta semana a Samsung anunciou oficialmente a chegada dos novos Galaxy S6 e S6 Edge no Brasil. Estivemos presentes no evento que contou com representantes da empresa e algumas celebridades nacionais. Após a apresentação dos novos dispositivos, fomos convidados a participar de uma sessão de perguntas aos executivos da empresa. A pergunta mais aguardada foi a que obteve a resposta menos convincente: porque os novos Galaxy custam tão caro no Brasil?

eventosamsungsp
Evento de lançamento dos novos Galaxy S6 e S6 Edge. / © ANDROIDPIT

Ao ser questionado sobre o valor dos novos aparelhos no Brasil e a ausência da versão de 128 GB, Antônio Quintas, Diretor Sênior de dispositivos móveis da Samsung, respondeu que tudo se trata de uma estratégia mercadológica. Segundo o executivo, ambos os dispositivos são fabricados no Brasil com alguns componentes eletrônicos importados. Contudo, o acabamento final e as especificações introduzidas nessa geração colocaram os novos Galaxy S6 e S6 Edge em um patamar premium. Quintas acrescentou que a versão de 128 GB não foi disponibilizada no Brasil devido a baixa demanda pela capacidade, já que os usuários mais avançados se contentam com o armazenamento entre 32GB e 64GB.

"Os novos Galaxy são fabricados no Brasil, é necessário apenas inserir um chip de memória para comercialização da versão de 128 GB, se identificarmos a demanda pela mesma. Não existe restrição tecnológica para que isso aconteça."

Sobre o valor dos novos dispositivos, Quintas afirma que a experiência oferecida no novo software, o acabamento composto por materiais nobres e as especificações técnicas, fazem com que Galaxy S6 e S6 Edge estejam com o valor de mercado alinhado aos demais concorrentes. O executivo foi indagado sobre as características retiradas, que estavam presentes no Galaxy S5, como resistência a prova d'água e bateria removível.

"Tudo se trata de uma estratégia de mercado. Resolvemos oferecer uma experiência completa ao consumidor, e para isso foi necessário uma reformulação nos recursos. É muito difícil entregar um dispositivo com uma traseira de vidro que possa ser removida para acesso á bateria".

Segundo o site Re/code, a versão de 64 GB do Galaxy S6 Edge tem o custo de produção avaliado em US$ 290. Este valor é US$ 34 a mais do que o Galaxy S5, com traseira revestida em policarbonato. No mercado americano essa variante é comercializada por US$ 799, provendo à empresa uma margem de lucro de 41%. No Brasil a situação é pior, já que a Samsung possui fábrica com linhas de produção em Campinas/SP e na Zona Franca de Manaus, esta última oferece redução de até 88% do Imposto de Importação.

Ainda no evento, os executivos da empresa afirmaram que a cada três meses novas propostas de revisão no preço dos dispositivos são repassadas ao comercio nacional. Agora, vamos aguardar três meses após o lançamento oficial dos novos modelos em 25/4 para confirmar se teremos uma boa noticia aos usuários.

E aí, qual a sua opinião a respeito do valor cobrado no Galaxy S6 e S6 Edge?

19 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Franco L. 17/abr/2015

    Resumindo a news " pq o consumidor é trouxa e vai pagar ate 5 mil so pra ostentar na rua, como eu amo os fanboys" isso que ele quis dizer simples assim.

    antes que comecem a culpa os impostos lembre-se do ps4 x xbox one , o ps4 veio a 4mil e o xbox a 2mil resumindo nem sempre os impostos sao culpados e outra o galaxy s6 é fabricado aki! oq piora mais ainda essa desculpinha deles

  • Vitor Moninhas 17/abr/2015

    A Apple vai entrar com novo processo contra a Samsung, dessa vez por plagiar o preço do iPhone.

  • danilocps87 17/abr/2015

    Exato. Muitas empresas tem um politica de "jogar um verde" para ver no que é que dá. A primeira vez que ouvi sobre essa politica foi com relação às marcas de veículos. Elas lançam um novo modelo no mercado, mas não tem uma faixa de preço exata para ele. Então jogam no mercado por R$60mil. Se vender bem, aumentam o preço para R$70mil. Se vender pouco, diminuem para R$50mil. E se mesmo assim não vender, tiram de linha ou reestilizam e tentam novamente vender por R$60mil (e o ciclo recomeça). Tenho notado exatamente o mesmo com eletrônicos. "Vamos lançar iPhone 6 / Galaxy S6 / etc, por R$4mil. Se vender, vendeu. Se não vender, fazemos "ofertas irrecusáveis" por R$3,5mil, e por ai vai. Quando o preço alcançar os R$2mil, reformulamos e vendemos o Galaxy S7 por R$6mil. Enquanto tiver 'trouxa' para comprar, vai ter 'esperto' pra vender." Simples assim.

  • Leonardo Alves 17/abr/2015

    Nossa, baratíssimo, me vê um lote.

  • Lupa Branches 17/abr/2015

    A resposta é simples: pq tem idiota que compra 👍

105 Comentários

Escreva um comentário:

  • Devem de comprar fora do brasil, eu comprei um Zemfone de 128gb de memoria interna por R$ 650,00 mais frete e um Iphone 6 plus de 128 gb de memoria interna por R$ 850,00 mais frete, se comprasse esses 2 celulares no brazil tinha que gastar mais de R$ 7000,00 reais


  • Se por um lado a sansung explora o mercado nacional, porque aqui é casa da mãe Joana e vem descaradamente na sombra do Apple até na busca do mesmo status elitizado de preço. Por outro lado o tempo depõe contra marca e a favor do consumidor na queda progressiva dos preços e um péssimo investimento no que se refere à desvalorização certa.
    Só esperar em pouco tempo está especulação de preço irá se ajustar ao consumidor brasileiro


  • Agora me diga, que outro aparelho que valha tanto, mais que R$ 4.000,00?
    Pra mim um aparelho desse, top, acima de R$ 2.000,00 é uma compra ruim.
    Taí a lógica de que quando se torna um bem tão valioso, inalcansável por muitos, chama-se ainda mais a atenção dos ladrões.
    Os preços adotados pela fabricante no Brasil, considero desonesto e por isso ao meu ver torna o produto uma bela porcaria, mas não à qualidade final dele, mas pelos preços adotados para com o consumidor brasileiro. Na matéria acima a própria Samsung afirma que seus preços adotados estão além do que realmente valem! É abuso ao consumidor.
    Queria ver se a Samsung conseguiria cobrar isso da nação norte americana! Queria ver se eles comprariam! Comprariam um produto similar ao preço muito além?
    Deve haver muito brasileiro que é trouxa de comprar neste valor.
    Existem várias alternativas tão boas, ainda caras, mas não absurdas.
    Resulmo, brasileiro cada vez mais apanhando na cara, porque aqui é o país da exploração absurda.
    O que mais dói é que consequência disso torna nossa moeda cada vez mais desvalorizada porque cria o efeito dominó, e mais, e mais empresas acabam seguindo essa filosofia, assim voltamos ao tempo de inflações dos cruzeiros e cruzados. Isso é deprimente.


    • A Motorola cobra no Brasil +/- o mesmo preço que cobra nos EUA. POR QUÊ será que Samsung e Apple não fazem o mesmo??? É a pergunta que não quer calar...


  • Não me convenceu! Sou usuário da Samsung desde o primeiro Galaxy S e sempre gostei dos seus aparelhos. Mesmo com a Touch Wiz nos infernizando. Mas acho que eles estão nos explorando. R$3.700 num smartphone? Copiando a maçã até no preço? Acho um absurdo alguém se sujeitar a isso. E a questão não é ter condições de pagar, mas pagar esse valor por algo que estará obsoleto em pouco tempo por outro aparelho da mesma fabricante. Boicote não só a Samsung mas todas as outras marcas que cobram preços absurdos como a Apple e a Lg, que em breve lançará seu G4 também por esse preço estratosférico. Vão plantar batatas!


  • É a lei da oferta e da procura, colocam um preço alto e veem se cola, se vender, ótimo, se não vender rearranjam a estratégia, como no Brasil o povo é trouxa e compra, essa estratégia sempre será usada, por que a apple elitizou o iphone no Brasil, pra vender mais caro, Como o brasileiro continuará comprando, os preços continuaram sendo sempre altos.
    Solução? não comprar, vai acontecer? não.
    Eu particularmente dou valor ao que eu ganho com meu trabalho, e não compro, pelos preços absurdos que são praticados, mais muitos ganham e jogam no lixo, ou melhor dão para as empresas.


  • Caro!


  • Por favor, perdoem-me a minha singela ignorância, mas ele respondeu a pergunta com um estratégia de mercado?

    Ou seja, nós temos que pagar mais caro porque somos ricos? Temos mais dinheiro que os americanos? Nosso salário mínimo é o maior do mundo?

    Simples: Temos que bancar e dar lucro para eles! Vendem mais baratos para os seus patrícios e mais caros para nós. Remetemos nossos lucros para lá!!!!

    Mas, os produtores brasileiros vendem nossas commodities pelo mesmo preço aqui e lá!

    Eles são mais inteligentes mesmo ou nós é que estamos dando mole, mole?


  • s6 edge ja apresentando defeitos la fora,eu pensava que o defeito era so valor absurdo que estao pedindo.


    • Gilberto pode me citar os defeitos?


      • Arranhões na tela; problemas ao girar a tela; alguns com a câmera; e, que eu saiba, só.


      • O único que foi confirmado como um real problema pela a Samsung foi o do flash da câmera, o resto bem, o que a fama de um dispositivo não causa...


      • Um problema não precisa ser confirmado por empresa alguma para ser real.
        Vai negar todas as evidências proporcionadas pelos usuários?

        Lembre-se: algumas empresas admitem o problema, outras se vão nas sombras, tentando esconder.
        Não é porque a empresa não se compromete em resolver/admitir, que não existe. É só ver o relato dos usuários que constataram o problema, e verá que ele existe.

        Claro que também temos de ficar atento a "falsos problemas", criados só pra chamar atenção/sujar a imagem da empresa; como aparelhos que quebram sozinho; pegam fogo de repente, usando todos os acessórios originais; entortam (não engloba o iPhone 6 Plus); etc.


      • e o que o leonardo e esses defeito foi dito pelos consumidores.


      • Me perdoe se escrevi de forma que os outros casos eram falsos, o que eu quis dizer foi que o único defeito que atingiu vários dispositivos foi o do flash que podemos supor que foi um lote defeituoso.

        Muitos outros também puderam chegar com outros problemas até por que em uma carga de 3 milhões de aparelhos um ou outro pode vir defeituoso.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações