Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 72 Comentários

Honor, da Huawei, virá para a América Latina em 2018

Honor, uma marca de smartphones da chinesa Huawei voltada para os famosos millennials, anunciou um plano para ampliar sua presença e parcerias em toda a América Latina a partir de 2018. Estará o Brasil incluso nessa expansão? Segundo um comunicado de imprensa, os dispositivos móveis Honor estarão disponíveis nas prateleiras das lojas latino-americanas em 2018 em e toda a região. 

androidpit honor view 10 bleu 1
Recém-lançado, Honor V10 pode vir para a América Latina / © Honor

Ainda de acordo com o comunicado, a marca Honor promete elevar a experiência dos millennials, essa geração criada a Internet, e que olham para fatores como custo e consciência para expressar sua individualidade por meio de produtos exclusivos e, ao mesmo tempo, satisfazer as suas necessidades em termos de qualidade, design e opções de aparelhos desbloqueados. 

Para quem não sabe, a Honor é uma marca da chinesa Huawei, uma das fabricantes de smartphones que mais crescem no mundo em termos de vendas. Com o slogan "para os corajosos", a marca foi criada para atender as necessidades dos nativos digitais com produtos otimizados para a Internet que oferecem boas experiências de usuário e "inspirem a ação, fomentem a criatividade e capacidade dos jovens de alcançar os seus sonhos".

Ai, o marketing, não é mesmo?

lifestyle honor 7x
Honor X7 deve ser o primeiro a desembarcar na América Latina / © Honor

Fato é que os consumidores na América Latina terão agora acesso a dois produtos da marca, incluíndo o Honor 7X, que lá fora custa apenas US$ 200, cerca de R$ 700, para o modelo com 3GB de RAM e 32 GB de armazenamento. O recém-anunciado Honor V10, aparelho com 6GB de RAM e uma bateria de 3.750 mAh, também deve vir para a região."No centro da estratégia global do Honor está o foco em liderar um mercado baseado em seus valores, oferecendo a melhor qualidade de produto e de inovação tecnológica a preços não-convencionais, e este compromisso não será diferente com os nossos clientes na América Latina", disse Zack Zhang, vice-presidente da Honor EUA no comunicado.

Todos sabemos que o Brasil é importante para fabricantes que desejam se tornar globais, e o Honor pode ser de fato a porta de entrada da Huawei no Brasil – ainda que a marca já tenha feito suas tentativas por aqui no passado. Depois da vinda e da saída da Xiaomi do Brasil, o brasileiro não apenas conhece melhor as chinesas – ainda que tenha se decepcionado –, mas anseia por produtos chineses que mesmo importados são mais baratos que os nacionalizados.

Agora, é sentar e esperar para ver se de fato o Brasil está na lista. Ficou animado?

Honor 7X vs. Honor View 10 – Especificações Técnicas

  Honor 7X Honor View 10
Dimensões: 156,5 x 75,3 x 7,6 mm 157 x 74,98 x 6,97 mm
Peso: 165 g 172 g
Tamanho da bateria: 3340 mAh 3750 mAh
Tamanho da tela: 5,93 polegadas 5,99 polegadas
Tecnologia da tela: LCD LCD
Tela: 2160 x 1080 pixels (407 ppi) 2160 x 1080 pixels (403 ppi)
Câmera frontal 8 megapixels 13 megapixels
Câmera traseira 16 megapixels 20 megapixels
Flash: LED LED
Versão do Android: 7.0 - Nougat 8.0 - Oreo
Interface: Huawei EMUI Emotion UI
RAM: 4 GB 6 GB
Memória interna: 64 GB 128 GB
Memória removível: microSD microSD
Chipset: HiSilicon Kirin 659 HiSilicon Kirin 970
Número de núcleos: 8 8
Velocidade máx. 2,36 GHz 2,36 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 4.1 HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 4.2

 

Os comentários favoritos dos leitores

  •   85
    Conta desativada 21/12/2017

    Bonito esse aparelho azul , Cade o mano Deivis q é milionario e vai poder me da 2 de natal 1 pra uso pessoal o outro pra usar de mp3

  •   48
    Conta desativada 21/12/2017

    Quando você ler América Latina, exclua o Brasil...As empresas sabem muito bem como funciona as taxas e impostos aqui, e mesmo que por um milagre chegasse aqui, não teria preços competitivos.. Entendam que esses preços que todo mundo elogia só é possível por ser importação. A partir do momento em que virar loja física aqui irão embora tão rápido quanto a Xiaomi...

  • David CD 21/12/2017

    E as empresas que estão aqui, já estão arrependidas kkkkk

  •   101
    Conta desativada 21/12/2017

    Agora, é sentar e esperar para ver se de fato o Brasil está na lista. Ficou animado?
    Fiquei animado, mas ao mesmo tempo vou sentar e esperar...

  • Agnaldo 21/12/2017

    Por acaso o Deivis já foi empregado?

72 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários