Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 45 Comentários

Meizu e OnePlus estariam forjando resultados de benchmarks propositalmente

OnePlus e Meizu sempre conseguem atingir ótimas pontuações em testes de benchmarks, aqueles que medem o desempenho técnico de aparelhos. Alguns resultados são previsíveis, porém outros surpreendem muitos usuários que levam esses testes a sério. Mas será que podemos nos guiar pelos benchmarks? Um levantamento mostra que não, na verdade, essas duas empresas estariam forjando alguns resultados.

Não é a primeira vez que uma fabricante é acusada de alterar resultados de benchmarks, pois no passado já tivemos casos semelhantes com a Samsung, a Asus e a LG. Aparentemente, esse problema se repete ano após ano, visto que a Meixu e a OnePlus estariam manipulando o resultado de seus dispositivos para recebem boas pontuações em benchmarks.

Nós entramos em contato com a OnePlus e com a Meizu para que ambas pudessem comentar sobre esse assunto, identificado por membros do Fórum do XDA Developers. A Oneplus, por sua vez, nos disse que uma nova atualização no sistema OxygenOS do OnePlus 3 e do Oneplus 3T irá resolver esse problema. Confira a íntegra do comunicado da OnePlus a seguir:

A fim de oferecer aos usuários uma experiência de uso melhor em aplicativos e jogos intensos, com gráficos mais exigentes, implementamos alguns mecanismos desenvolvidos pela comunidade em nosso firmware baseado no Android Nougat, fazendo com que o processador tenha um desempenho mais agressivo em algumas tarefas. O processo que interromperá esse mecanismo durante testes de benchmarks estará presente na próxima atualização da OxygenOS para o OnePlus 3 e o OnePlus 3T.

De modo geral, o mecanismo faz com que o processador amplie sua capacidade de processamento no momento em que um jogo mais pesado é executado. Essa prática não é prejudicial ou errônea, mas esse mecanismo se mantém ativado quando um teste de benchmark é rodado por esses aparelhos. Remover esse mecanismo é um passo que a OnePlus pode dar para contornar essa situação (ainda não tivemos retorno da Meizu), mas vale lembrar que essa mudança não fará muita diferença para o usuário final ou menos exigente.

É óbvio que "enganar" o usuário não é uma coisa boa. Um usuário avançado pode descobrir essas brechas facilmente e explorar cada aspecto técnico de um aparelho, visto que essas informações podem ser úteis para desenvolvedores. Usuários menos exigentes, contudo, dificilmente perceberão essas alterações. 

Infelizmente, quem sai perdendo são as marcas que se envolvem nesse tipo de trapaça. Construir uma relação com o usuário é algo que poucas conseguem e é um processo delicado, enquanto perder a confiança dos mesmos é uma questão de minutos, ou ao ler notícias como essa.

Qual sua opinião sobre o assunto? Você abandonaria uma marca que altera o hardware do dispositivo para conseguir se posicionar melhor em testes de benchmarks?

Os comentários favoritos dos leitores

  •   83
    Conta desativada 01/02/2017

    Por isso nem levo mais a sério essas pontuações. Muito melhor ver os comparativos de velocidade de abertura de apps e de desempenho no YouTube. O AP deveria fazê-los também, ao invés de divulgar somente benchmark.

  •   94
    Conta desativada 01/02/2017

    Está aí o resultado pra quem acredita em benchmarks para comprar smartphones! Se fizer um pente fino pega mais fabricantes.

  •   85
    Conta desativada 01/02/2017

    Grande novidade ja cansei de falar nos post que benchmark é tudo furada so trouxa pra acreditar nisso , beleza eu entendo o cara ve e tira uma media agora levar os numeros a serio na boa tem que ser muito inocente

  • Henrique P. 01/02/2017

    Todas as fabricantes estão sob suspeita, e não somente a Meizu e OnePlus. Apple, Lenovo, Asus, LG, Samsung, todas sem exceção.

  •   44
    Conta desativada 01/02/2017

    "Esse caso me fez perder a confiança na OnePlus e na Meizu." Gente, eu não confio em nenhuma dessas empresas.

45 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados