Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Motorola em crise: demissões, menos Snaps e Moto X5 cancelado
Motorola 2 min para ler 163 Comentários

Motorola em crise: demissões, menos Snaps e Moto X5 cancelado

Uma pequena bomba caiu essa semana. De acordo com o site Android Police, mudanças enormes estão acontecendo na Motorola, e isso inclui a demissão de um grande número de engenheiros em Chicago, Estados Unidos, o fim da fabricação de alguns Moto Snaps de nicho e até um possível cancelamento do Moto X5.

De acordo com a fonte, 190 pessoas teriam sido demitidas, chegando ao ponto de um dos dispensados dizer que “a família Moto Z foi irreversivelmente impactada”. Pouco depois, a Motorola emitiu comunicado oficial confirmando as demissões, mas falando que a linha Z vai continuar.

moto x5 dl 980x596
Vazamento do Moto X5: pode ser que não chegue./ © DroidLife

Apesar da relativa segurança da linha premium da Motorola, outras coisas foram ditas sobre o restante da linha. As fontes dizem que a empresa vai se focar apenas nas linhas Z, G e E para consertar o estrago que uma linha confusa e grande demais fez a empresa, parando de produzir aparelhos que não vendem.

E se isso significa que não teremos mais um Moto C, também significa que o Moto X5 está morto. Apesar de diversos vazamentos terem mostrado o possível design do aparelho, a Motorola aparentemente está deixando de lado um produto que não vendeu tão bem quanto esperado, principalmente por borrar as linhas entre o Moto Z2 Play e o Moto G5S Plus.

O impacto chega também nos Moto Snaps, que estavam sendo lançados mensalmente. As informações dizem que a Motorola passará a se concentrar apenas nos acessórios mais populares, abandonando os de nicho. Isso significa que continuam capinhas e baterias, mas que coisas como gamepads e medidores de glicose devem ficar de fora.

É bom lembrar que, apesar de prometer transformar a Motorola em uma área lucrativa para a Lenovo em apenas 6 meses, isso nunca aconteceu. No último relatório da Gartner, sobre o último trimestre de 2017, ela não teve força sequer para figurar entre as expressivas, e ficou na categoria Outros (a LG e a Sony também, aliás).

vendas smartphone gartner
As chinesas estão domindando! / © Gartner

Apesar de tudo, podem ter boas notícias no meio disso tudo. Com um foco mais apurado e uma linha mais enxuta, podemos ver as atualizações tomando velocidade novamente, e produtos mais confiáveis podem estar a caminho.

Com um aviso desses, só nos resta esperar pelos lançamentos para saber com certeza o que fica e o que vai.

O você acha que a Motorola vai fazer em 2018?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Paulo Wanderley da S. 10/03/2018

    Penso que a Motorola não deveria matar a linha X. O grande problema foi lançar o Moto X4 como um intermediário concorrendo com o Moto G5S+ e Moto Z2 Play. Para mim, a Motorola poderia ficar assim definida:
    Moto Z: aparelho premium focado na modularidade;
    Linha X: aparelho premium focado em custo x benefício;
    Linha G: aparelho intermediário;
    Linha E: aparelho de entrada com Android One.

  • Léia M. 10/03/2018

    Se a linha voltar a ser só Z,G e E é ótimo, assim vão ter um foco melhor.
    E esses snaps menos populares com preço elevado a maioria nem chegou por aqui mesmo; nem vai fazer falta.
    O que realmente fez falta foram as style Shells e snap de bateria que quando fica disponível no site acaba muito rápido.

  • Agnaldo 10/03/2018

    O primeiro passo é admitir o problema pra começar a resolver, então já começou.

    Porém eu mataria os "GS" junto, pra ficar com E de Entrada, G intermediario, Z play intermediario + e Z/force top.

    Pois já não consigo ver a diferença entre moto G5s plus e Z2 play

  • Marcelo Neri 10/03/2018

    Pois é, a estratégia Samsung não deu certo na Lenovo e agora tenta voltar a era que a Google comandava a empresa.
    Prevejo a Motorola mudando de mãos novamente em breve...
    A qualidade da linha G melhorou com relação a linha 4, mas ainda vejo muita gente reclamando!

  • Sidney 10/03/2018

    Para mim, uma empresa muda totalmente quando passa para outras mãos. A Motorola original estava muito ruim, não conseguindo acompanhar o mercado. Então veio a Moto Google que revolucionou a marca. Mas foi vendida para a Lenovo que deu um jeito de transformar em um aparelho mediano, sendo alguns com muitos problemas.
    Acho que a Lenovo/Motorola vai ter que se reinventar se quiser conquistar o público novamente.

163 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.