Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Evolução da linha Galaxy S da Samsung: do Galaxy S ao S9

Evolução da linha Galaxy S da Samsung: do Galaxy S ao S9

A Samsung é a fabricante líder do mercado de smartphones, e grande parte desse sucesso se deve à série Galaxy S. Ao lado dos iPhones, os Galaxy S são com certeza os dispositivos mais famosos no mundo. Desde sua estreia em 2010 com o Galaxy S até o atual Galaxy S9, a Sammy sempre apresentou telefones muito bons, sucessos de venda que servem como modelos às outras fabricantes.

Aqui relembraremos todos os flagships da coreana Samsung, apresentando algumas das principais características de cada um.

Galaxy S - o primeiro a gente nunca esquece

O primeiro da série foi lançado em 2010, com processador de 1 GHz e um só núcleo, tela de 4 polegadas a 480 x 800 pixels, uma câmera de 5 MP e Android Froyo. Apesar de as especificações serem risíveis hoje em dia, à época o lançamento marcou o início da revolução dos smartphones. A revista TIME o colocou em segundo lugar na lista "Gadgets do Ano", ficando atrás apenas do iPad. O Galaxy S atingiu 10 milhões de unidades vendidas em 7 meses.

SAM 0604
Galaxy S / © AndroidPIT

Galaxy S2 - avanço

Em 2011, a Samsung apresentou aquele que iniciaria a avalanche de sucessos da Sammy. Foi nesse ano que a parceria com o Google gerou os Nexus S e Galaxy Nexus, finalizando a tríade que derrubaria a maior fabricante de smartphones Android da época, a HTC. O Galaxy S2 vinha com tela de 4,3 polegadas a 800 x 480 pixels, processador dual-core a 1,2 GHz, câmera de 8 MP e Android Gingerbread. Com o S2, a marca de 10 milhões de unidades vendidas foi alcançada em 5 meses e, até hoje, cerca de 40 milhões de telefones foram vendidos.

AndroidPIT quiz Samsung Galaxy S2
Galaxy SII / © AndroidPIT

Galaxy S3 - 24 milhões no primeiro mês

O S3 foi o smartphone que marcou a grande mudança de design para os aparelhos da Samsung. Também foi um sucesso estrondoso de venda: 4 milhões de unidades vendidas nos primeiros 20 dias e mais de 20 milhões nos primeiros 3 meses. Com uma tela de 4,8 polegadas a 1280 x 720 pixels, iniciou a "migração" dos top de linha para displays cada vez maiores e para o HD.

O processador veio com 4 núcleos rodando entre 1,4 e 1,5 GHz, bateria removível e câmera que manteve os 8 MP. Android Ice Cream Sandwich. Foi no Galaxy S3 que a Sammy estreiou a Nature UX e as funções de software como o Smart Stay. Com o sucesso do telefone, a coreana lançou o Galaxy S3 Mini, ideia que foi copiada depois por praticamente todas as OEM.

androidpit samsung galaxy s3 1
Galaxy SIII / © AndroidPIT

Galaxy S4 - sucesso em dobro

Apesar do incrível sucesso do Galaxy S4 (4 milhões de unidades vendidas em 4 dias e 10 milhões em 21 dias), muitos críticos acusaram a Samsung de copiar a Apple: ao invés de inovações, apenas uma embalagem nova. Entretanto, a coreana incluiu diversas funções, que foram o grande diferencial do aparelho: Smart Scroll, Smart Pause, Smart Rotation, Exibição Suspensa, Ampliador de Página Web, Verificação de Discagem Rápida, Controle de Voz, entre outros. 

O S4 veio com tela de 5 polegadas a 1920 x 1080 pixels e processador quad-core rodando a 1,9 GHz; câmera de 13 MP e Android Jelly Bean. Foi com o Galaxy S4 que a Samsung resolveu investir pesado em modelos diferentes para o seu flagship, com o Galaxy S4 Mini, Galaxy S4 Active, Galaxy S4 Zoom e Galaxy S4 GPE.

androidpit samsung galaxy s4 hero 1
Galaxy S4 / © AndroidPIT

Galaxy S5 - evolução estagnada

Ainda que não revolucionário, o Galaxy S5 trouxe algumas novidades como resistência à água e poeira, leitor de digitais e sensor de batimentos cardíacos. Por outro lado, o Galaxy S5 manteve outros aspectos da série S: corpo em policarbonato, bateria removível e entrada para cartão microSD. Com tela de 5,1 polegadas a 1920 x 1080 pixels e processador de quatro núcleos a 2,5 GHz, tinha especificações de ponta, assim como seus antecessores à época de seus lançamentos. A câmera trazia 16 MP e o Android de série era o KitKat. 

androidpit samsung galaxy s5
Galaxy S5 / © AndroidPIT

Galaxy S6 - segundo round

O Galaxy S5 não conquistou o mundo como a Samsung pretendia, e mudanças profundas se fizeram necessárias. O Galaxy S6 não conseguiu superar as vendas dos seus antecessores, mas não podemos dizer que a Samsung não tenha feito o dever de casa desta vez: mudanças no design e na escolha de materiais premium, reformulação da interface de usuário, uma câmera simplesmente fantástica e diminuição radical do bloatware eram algumas das características do Galaxy S6.

Pela primeira vez, além disso, uma variante da série trouxe um upgrade em vez de um downgrade: o S6 Edge vinha com tela curva e funções extras a ela vinculadas. Alguns fãs da marca lamentaram a falta de bateria removível e de memória expansível, de modo que o futuro da série tomou o formato que ditou as forças de mercado.

AndroidPIT Galaxy S5 Note 5 ROM app drawer
Galaxy S6 / © AndroidPIT

Galaxy S7 - nova perspectiva

O Galaxy S7 não representa uma revolução em comparação a seu predecessor, mas o modelo traz uma nova perspectiva para os topos de linha da marca. A variante Edge foi mantida aqui e todos os aspectos que foram criticados na chegada do S6 foram otimizados no S7, exceto a bateria fixa. A entrada para microSD estava de volta, assim como a certificação à prova d'água. Durante o primeiro semestre de 2017, a Samsung tinha vendido 55 milhões de cópias dos Galaxy S7 no mundo todo.

AndroidPIT Samsung galaxy s7 REVIEW 1
Galaxy S7 / © AndroidPIT

Galaxy S8 - nasce uma nova Samsung

O Galaxy S8 representou uma renovação da marca Samsung e um novo rumo que a empresa passou a seguir, mesmo que sozinha, em diversos aspectos. A marca é uma das poucas que sustentou um design único que fugiu ao notch lançado pela Apple e copiado por 90% das fabricantes Android. Em termos de hardware, encontramos um avanço considerável em comparação com a linha predecessora, mas é na engenharia de design que vemos o potencial dessa série.

A Samsung conseguiu implementar um botão tátil debaixo da tela do S8, manteve tecnologias usadas nas demais versões, adicionando o leitor de íris, e deu uma repaginada completa na TouchWiz. Os S8 são considerados os melhores produtos que a Sammy já fez até agora, ultrapassando as vendas do S7. Em apenas um mês, 10 milhões de Galaxy S8 foram vendidos após o anúncio oficial.

AndroidPIT Samsung Galaxy S8 75
Galaxy S8 / © AndroidPIT

Galaxy S9 - evolução tímida

O Galaxy S9 representa, teoricamente, o que o S7 foi após o S6. Desde 2015, a Samsung vem lançando uma série com características fortes seguida de uma nova família, no ano seguinte, que recebe um upgrade modesto. É óbvio que a geração mais forte sempre se sobressai em uma comparação direta com a série seguinte, como é o caso da geração S9.

Os Galaxy S9 trazem uma padronização em termos de design e recursos de hardware e software, sendo a câmera com abertura variável, do Galaxy S9 Plus, o recurso mais inovador dessa família. Por outro lado, os Galaxy S9 simbolizam a consolidação de uma marca mais sofisticada e moderna que ressurgiu com o Galaxy S8.

AndroidPIT Samsung Galaxy S9 0692
Galaxy S9 Plus / © AndroidPIT by Irina Efremova

O que vem a seguir? Galaxy S10

O Galaxy S10 deve chegar em meados de fevereiro de 2019. Segundo rumores, a série será composta por três modelos, sendo um deles a variante mais completa e que irá simbolizar o aniversário de 10 anos da linha Galaxy S. É esperado que tecnologias consolidadas e novas estejam presentes no Galaxy S10. O futuro da série é o mais promissor possível. Confira neste artigo os últimos rumores sobre o S10:

Qual é o seu dispositivo preferido da série Galaxy S?

Artigos recomendados

40 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Tive os Galaxys S2: era perfeito, nunca tinha visto um smartphone com uma tela tão nítida daquelas.
    S3: me decepcionei um pouco porque ele travava bastante e acabou não sendo atualizado para a versão mais nova do Android. Apenas uma variante que não era vendido no Brasil. S5: a chegada do desbloqueio da impressão digital foi muito bom, além da resistência a água e poeira, que no meu caso não funcionou. A água entrou, estragou toda a tela, mas a garantia cobriu. O aparelho se manteve rápido e eficiente por muito tempo, além de ter sido atualizado para 2 versões do Android.
    S6 Flat: foi o Galaxy mais lindo até então, todo feito de vidro e extremamente rápido em seu uso. Porém ele não tinha resistência a água e poeira, nem entrada para cartão de memória. Além disso eu nunca tive um celular com uma bateria que durasse tão pouca. Logo nos primeiros dias era necessário recarregar 2x por dia.
    S7 Edge: perfeito em todos os aspectos. Bateria com uma autonomia surpreendente, poder de processamento incrível, e a tela Edge pra quem gosta. Particularmente eu nunca fui fã. Além de uma câmera com resultados maravilhosos, não muito diferente do S6.
    S8 Plus: estou usando a menos de 1 mês. Na verdade só comprei ele porque meu S7 edge quebrou a tela e não compensou arrumar pelo alto custo.
    Ainda estou me habituando com o desbloqueio de digital na parte de trás. Não estou muito satisfeito com o desbloqueio pela íris, que quase nunca funciona. Na verdade parece que estou mexendo no meu antigo Galaxy s7 Edge, porém com um design redesenhado e muito mais bonito.
    De qualquer forma acredito que não devo abandonar a Linha Galaxy S tão cedo, é uma questão de amor.


  • Nunca tive um Galaxy S (s5 mini pode ser considerado ??)Mas como disse tive um s5 mini ele manteve coisas do s5 foi como um aperitivo de como seria um top de linha

    CAV


    • A própria imprensa o apontou como o S Mini que mais chegou perto do Galaxy S padrão.
      Inclusive morreu no Marshmallow, mesma versão que encerrou o ciclo do Galaxy S5, coisa que muitos duvidam (eu mesmo duvidava, porque demorou pra receber o 5.1.1 Lollipop, e muitos ainda lembravam que nem o S4 Mini europeu recebeu o Lollipop, que o irmão mais velho recebeu).
      Mas ainda bem longe de ser o que a Sony prega com a família Xperia Compact.


  • S2 branco meu primeiro Samsung... Deixou saudades..


  • Tive o S2 (meu primeiro smartphone), S6, o qual considero um.dos melhores, S7 normal e Edge, S8 normal e plus, e agora S9. Todos excelentes, só me decepcionei um pouco com o S9, pois como o top que eh, tem alguns lags que já não existiam desde o S6, mas que com o tempo, creio eu, será resolvido e ficará um sistema redondo. Mas de todos os que mais gostei foram o S6 e S8.


  • Tive um Nexus da Samsung (aqui, chamava-se Galaxy X), tive um Nexus 4 (da LG), um Moto X (by Google), um Moto X (by Motorola) mas, somente depois que tive um Galaxy S6 que percebi a força da Sammy. Hoje, com um Galaxy S9, não vejo motivo algum para trocar de marca.


  • Vejo os aparelhos muito bem produzidos mas pra mim a interface TouchWiz não me agrada. Prefiro os mais puros.
    Esse note 9 ta foda, hardware monstro mesmo.


  • Interessante se rolasse um sucessor para o Galaxy S4 Google Play Edition (um Galaxy S Android One Edition?) e outro para o Galaxy S5 Mini (mas que tivesse um conceito mais próximo da Sony com a família Xperia Compact).
    Se o Galaxy S5 New Edition (de certa forma) conseguiu (com o Galaxy S8 Lite, que também pode ser um sucessor do Galaxy S2 Lite), por quê não?
    E que a família Galaxy S Active (que não teve um novo membro em 2018) volte a ser global, como foi o Galaxy S4 Active.


  • Desses eu tive o S2, S4 e agora S7


  • O Galaxy S3 foi o samsung com mais custom ROM. E teve uma versão rara do S3, o I9305 que tinha 4g, 16gbs e 2gb de ram, que eu sempre quis achar pra comprar, até hoje essa versão, com custom rom, da pra usar no dia dia.


  • O galaxy S5 poderia ser esquecido ahahhaha, foi sem dúvida o pior da série.
    O S3 foi o mais marcante e o S6 foi o ápice na minha opinião.


    • S5 foi o pior disparado. Mas o mais marcante e ápice sem dúvida é o s8!!!


    • Pelo jeito a Samsung Brasil não concorda muito, porque o Galaxy S5 foi o que teve o melhor tratamento por parte da nossa filial, ao menos, na questão do software (já que depois que recebeu o Android 6.0.1 Marshmallow, embora tenha permanecido com a TouchWiz 4.0 recebendo apenas o pacote de ícones da TouchWiz 5.1, ficou 1 ano recebendo mensalmente os patches da Google).


    • o s6 foi o pior em bateria.


  • nuca gostei de tela da samsung com cores saturadas.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.