O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
422 Compartilhados 157 Comentários

Coisas que você jamais deve fazer com seu dispositivo Android

Atualizado: Foram incluídas quatro novas dicas

Nós usamos nossos smartphones para muitas, muitas coisas em nossas vidas profissional e privada. Portanto, devemos garantir que eles durem tanto tempo quanto possível, certo? Muitos tomam precauções, como a instalação de aplicativos antivírus e fechar apps em segundo plano, mas será que apenas esses passos são mesmo necessários? Aqui estão noves coisas que você está fazendo de errado com o seu dispositivo Android e que podem comprometer sua vida útil.

Destacar mudanças recentes

AndroidPIT Murder scene 1
Certifique-se de que você não está fazendo nada de errado com o dispositivo ou os problemas virão / © ANDROIDPIT

1 - Armazenar todos os seus dados na nuvem

Se manter todos os nossos arquivos apenas no smartphone pode causar problemas, armazenar 100% dos nossos dados em um serviço de armazenamento na nuvem, como Dropbox ou Google Drive, também pode acabar mal. Estas plataformas podem ser hackeadas, além da possibilidade de sermos descuidados com as nossas senhas. Caso uma dessas duas situações ocorra, teremos todos as nossas informações pessoais nas mãos de terceiros. 

A solução é usar app como o BoxCryptor, que criptografa os arquivos e reforça a segurança. E sim, também tente fazer cópias em discos físicos. 

androidpit cloud storage apps
Depositar todas as nossas fichas na nuvem definitivamente não é a melhor aposta/ © ANDROIDPIT

2 - Deixar o smartphone carregando a noite inteira

Levando-se em conta a autonomia da maioria dos smartphones, deixá-los carregando a noite inteira parece uma boa medida para garantir que o dispositivo tenha energia suficiente para aguentar todo o dia seguinte. No entanto, cargas demasiadamente grandes podem fazer com que a bateria do aparelho tenha uma vida útil menor, além de produzir problemas de superaquecimento. Isso acontece principalmente em modelos mais antigos.

Uma alternativa é deixar o telefone em Modo Avião durante a noite, para economizar o máximo possível de bateria (depois que ele estiver carregado e você for dormir, claro). Isso também impede que notificações inconvenientes nos despertem durante nosso sono, claro. 

battery
Evite deixar seu smartphone carregando a noite inteira/ © AndroidPIT

3 - Utilizar o smartphone em ambientes úmidos

Esta regra é mais importante do que parece. Uma fabricante pode anular a garantia do seu aparelho se constatar que o dispositivo foi exposto a níveis elevados de umidade, superiores ao que é considerado normal. O mesmo ocorre com telefones que tenha certificações como a IP57, IP58 ou IP 68, e que são submersos a mais de um metro de profundidade. 

motorola moto g 2015 water
Usar o smartphone em ambientes úmidos pode invalidar a garantia / © ANDROIDPIT

4 - Carregar o telefone através do PC

Carregar o smartphone conectando-o a um computador - via porta USB - é um processo muito, mas muito mais lento do que fazê-lo por meio de uma tomada. Logo, tente realizar esse procedimento somente em último caso. Também é aconselhável verificar se o carregador está funcionando corretamente e ele é compatível com a tecnologia de carregamento do telefone.

Battery charger
Carregar seu smartphone via PC só em último caso © ANDROIDPIT

5. Usar "task killers" ou fechar manualmente aplicativos

Muitos de nós usamos os chamados "task killers" ou fechamos aplicativos manualmente a partir do menu de aplicativos recentes. Mas, sem perceber, estamos prejudicando o desempenho do nosso dispositivo dessa maneira.

Quando abrimos um aplicativo pela primeira vez, parte de seus dados fica armazenada na memória RAM. Isto significa que quando você abre o programa uma segunda vez, ele irá carregar mais rápido por causa da existência desses dados previamente armazenados em cache.

AndroidPIT LG G3 13
"Task Killers" muitas vezes "matam" mais do que o pretendido / © ANDROIDPIT

Se você remover o aplicativo no menu aplicativos recentes, ou apagar o cache, os dados armazenados na memória RAM são perdidos também. Se você desejar abrir este app novamente, torna-se necessário reiniciar o processo.

Apenas feche os aplicativos se isto for realmente necessário (por exemplo, se estão drenando um monte de bateria ou ocupando muitos recursos enquanto rodam em segundo plano).

6. Usar mais de um aplicativo antivírus

Se você acha que precisa de um aplicativo antivírus no seu dispositivo Android, então tenha em mente que esse tipo de app ocupa recursos como memória RAM e bateria: são aplicativos que são executados em segundo plano o tempo todo. Entretanto, ter mais do que um não torna seu Android mais seguro. Se você decidir usar uma solução de segurança, certifique-se de escolher sabiamente entre os muitos disponíveis. E só usar um de cada vez.

androidpit antivirus
Se você decidir proteger o seu dispositivo com apps antivírus, certifique-se usar apenas um de cada vez / © ANDROIDPIT

7. Ignorar as atualizações de software

O sistema operacional do seu smartphone precisa ser atualizado periodicamente para reparar problemas e deficiências na segurança. Assim que você receber a notificação para um update, aceite-a. Você pode até mesmo configurar o seu dispositivo Android para se atualizar automaticamente. A segurança de seu telefone vai agradecer. Ele terá um desempenho melhor e mais eficiente!

8. Baixar apps a partir de fontes não confiáveis

Arquivos APK podem ser manipulados para conter vírus que podem infectar o seu dispositivo. Certifique-se de todos os seus downloads venham de fontes confiáveis, tais como a Google Play Store, por exemplo. Dê uma olhada no nosso artigo sobre como baixar um arquivo APK, para ter mais informações sobre como esse tipo de arquivo funciona e como você pode evitar problemas.

androidpit android apk
Cuidado: baixar APKs a partir de fontes não confiáveis ​​pode prejudicar o seu dispositivo / © ANDROIDPIT

9. Não reiniciar seu smartphone

Há muita controvérsia ao redor deste tema. No entanto, reiniciar o dispositivo uma vez por semana é, digamos, "saudável". Por um lado, a memória é salva e dados temporariamente em cache são excluídos, uma vez que não são mais necessários. Por outro lado, às vezes a memória está bloqueada, de modo que os dados temporários não são eliminados, o que pode ocasionalmente causar lentidão em seu aparelho.

Você tem cometido esses erros? Sabe de mais erros comuns que proprietários de dispositivos Android cometem? Deixe-nos saber nos comentários.

Os comentários favoritos dos leitores

  • Sousa há 2 meses

    Tenta usar um top de linha e volta aqui pra postar sua opinião.

  • Da Silva há 2 meses

    Quanto ao carregar a noite inteira, creio que esqueceram dum detalhe, os aparelhos mais atuais quando com 100% carga, são programados a encerrar o ciclo de carregamento, então, não tem problema algum deixar a noite inteira na tomada. O único problema pode ser o gasto de energia na conta no final do mês.

  • Ralf Alencar há 2 meses

    Para com isso de ficar indicando antivírus para Android,todo mundo sabe que não protege nada, além de deixar o celular com baixa performance, depois saem falando que Android trava sendo que o próprio site especializado em Android passa essas informações erradas.

  • Tiago S. há 2 meses

    Coisas que você jamais deve fazer com seu dispositivo Android:

    PAGAR MAIS DO QUE VALE POR CAUSA DA FAMA DA MARCA.
    ILUDIR-SE COM ESPECIFICAÇÕES QUE NA VERDADE AGREGAM POUCO PARA O USUÁRIO COMUM.

157 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi