O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
ANÁLISE 182 Compartilhados 114 Comentários

A Lenovo fez a lição de casa. Mas ela conseguirá ameaçar a liderança da Samsung?

Nesta quarta-feira (14.9), a Lenovo lançou no Brasil a aguardada linha Moto Z, com um modelo considerado um intermediário mais avançado (o Moto Z Play) e o segundo, o novo top de linha da empresa (o Moto Z). Além deles, a fabricante chinesa também trouxe os Moto Snaps, módulos que potencializam alguns das funcionalidades da série Z, como áudio, bateria e fotografia. Agora, com tudo posto e analisando o que a companhia já tem disponível no Brasil, cabe a pergunta: a Lenovo pode ameaçar a liderança da Samsung por aqui?

Um “cardápio” de smartphones bem definido

Avaliando as ações da Lenovo  no Brasil nos últimos meses, finalmente podemos dizer que a empresa agora tem um “cardápio” de smartphones completo e bem distribuído por aqui. 

Senão vejamos: entre os chamados modelos de entrada, a empresa tem o Vibe B e o Vibe C2, dois dispositivos mais básicos, que custam R$ 499 e R$ 699, respectivamente. Ambos trazem configurações básicas (processadores MediaTek rodando a 1GH, 1 GB de memória RAM, 16 de capacidade de armazenamento, etc), mas que já contam com o Android Marshmallow de fábrica. 

lenovo vibe c2 tela
O Vibe C2: a Lenovo agora tem um portfólio completo de smartphones no Brasil / © AndroidPIT

Já na categoria de smartphones intermediários – a mais consumida pelo público brasileiro  - a Lenovo prestou especial atenção: com a marca própria, lançou os Vibes A7010 e K5, ambos com boas especificações, bem avaliados em diversos reviews e custando entre R$ 999 e R$ 1.299.

teaserlenovovibereview
O Lenovo A7010: o dispositivo foi bem avaliado por público e imprensa especializada/ © ANDROIDPIT

Além disso, a empresa soube usar a força da marca Motorola no Brasil para lançar outros bons dispositivos mid-range por aqui, mais precisamente a linha G (Moto G, Moto G4 Play e Moto G4 Plus). Todos eles também foram bem recebidos pelo público, tem especificações razoáveis e custam entre R$ 899 e R$ 1.299. 

motog4 all event androidpit
A linha Moto G4: a essência da Motorola foi mantida/ © ANDROIDPIT

Por fim, a empresa finalmente apresentou o Moto Z, um top de linha com aquela “pegada” Moto by Lenovo e que promete dar trabalho a modelos high end de fabricantes mais bem estabelecidos por aqui. Saiba por que isso vai acontecer no parágrafo abaixo.

O Moto Z é caro. Mas é o mais barato entre a concorrência. E inovador

Apresentado no último dia 9 de junho, o Moto Z foi lançado oficialmente no Brasil nesta semana, com dois diferenciais bastante interessantes e que prometem incomodar a concorrência: o preço dos aparelhos e, claro, os tão comentados módulos Moto Snaps

A linha Moto Z custa entre R$ 2.199  (Moto Z Play) e R$ 3.199 (Moto Z). Caros para maioria dos bolsos brasileiros? Sem dúvida. Mas, ainda assim, são mais baratos que outros high-ends disponíveis no mercado nacional. O Samsung Galaxy S7, por exemplo, custa R$ 3.499 na loja oficial da Samsung e a sua versão Premium, o S7 Edge, sai por R$ 3.999. Claro que você pode encontra-los por valores menores, mas a diferença será pouca. 

AndroidPIT lenovo moto z 19
A linha Moto Z: dispositivos poderosos a preços competitivos/ © AndroidPIT

A comparação com o Galaxy Note 7 também poderia ser feita, mas esse último quer atingir a um público diferente. Além disso, com a crise das “baterias explosivas”, é possível que o modelo tenha seu preço reduzido quando for lançado no Brasil. Então vamos deixar esse caso para depois. 

A série Moto Z também leva (grande) vantagem sobre o LG G5 SE.  Mesmo a sua versão mais simples e com configuração similar (o Moto Z Play) vence o atual top de linha da LG no Brasil, tanto no quesito preço, quanto no principal diferencial de ambos: os módulos. Os Moto Snaps são muito mais práticos de serem usados e, proporcionalmente, mais baratos. Além disso, a Lenovo ainda vai vender kits que combinam um dos dois modelos da linha Moto Z com os módulos, o que diminui o preço desses últimos. 

AndroidPIT lenovo moto z 20
Um dos módulos Moto Snaps: mais práticos e mais baratos/ © AndroidPIT

Ah sim, e poderíamos até comparar o Moto Z com o Xperia Z5 Premium, mas este último é um modelo de 2015 (e que ainda assim tem um preço elevado, entre R$3 mil e R$ 4 mil). Então seria melhor esperar pela chegada do Xperia XZ para uma análise mais justa (não que a gente tenha esperança que os valores serão menores).

RM
Rui Maciel
O crescimento da Lenovo pode fazer com que a líder Samsung preste mais atenção em seus smartphones de entrada e intermediários.
O que você acha?
467 participantes
50
50

A Lenovo avança no mercado brasileiro

Por fim, ainda que a Samsung continue liderando com certa folga o mercado brasileiro de smartphones (42,18% de market share), é bastante provável que seus executivos por aqui já estejam olhando o avanço da Lenovo com certa preocupação. 

Isso porque dados de um levantamento da consultoria Gartner indicaram que a Lenovo já é a segunda colocada em vendas no mercado brasileiro e conta com pouco mais de 20% do market share nacional, ultrapassando empresas que estão aqui há mais tempo, como Sony, LG e Apple. Claro que a base instalada da Motorola ajudou a catapultar os números da fabricante chinesa, mas, ainda assim, trata-se de um avanço significativo. 

GARTNER
Market share do mercado brasileiro de smartphones: a Lenovo se aproxima da Samsung / © Gartner

E vale lembrar que esses números são referentes ao primeiro trimestre de 2016. Ou seja, é possível que esse percentual cresça quando as consultorias atualizarem seus relatórios para as próximas semanas. 

Conclusão 

Depois de uma certa estagnação em termos de novidades em 2015, tudo indica que a Lenovo chegou de vez ao Brasil para botar fogo no mercado de smartphones. A empresa agora tem um acervo bem estabelecido de (bons) aparelhos, preços competitivos e soube promover melhor sua veia inovadora, a partir dos Moto Snaps e até do Phab 2 Pro

Nesse momento, cabe à concorrência se preparar para segurar as investidas da fabricante chinesa, principalmente a Samsung. Claro que não podemos menosprezar a força da marca sul-coreana, a qualidade de seus aparelhos e sua vasta legião de usuários. Mas agora, é provável que a chegada mais agressiva da Lenovo faça a Samsung olhar com mais carinho para suas linhas de smartphones intermediários e de entrada, que estão em um belo marasmo já faz algum tempo. Afinal, há vida para além dos tops de linha. 

O consumidor brasileiro agradece. 

E você acha que a Lenovo conseguirá tirar a liderança da Samsung a médio ou longo prazo?


 

Os comentários favoritos dos leitores

  • Rui Maciel há 2 meses

    Josival, tudo bom?

    Eu acho que a linha Galaxy J é mais do mesmo do que a Samsung já vem lançando há algum tempo. E o preço dos modelos é, basicamente, o mesmo que o de outros rivais, que têm configuração melhor. Talvez a exceção seja o J3.

    Quanto a linha Galaxy A, existem alguns modelos como o A3, que tem o mesmo preço do Quantum Fly, mas especificações inferiores. Outros, como o A7, tem bom processador e memória RAM, mas apenas 16 GB de armazenamento interno e custa R$ 2.200. O A5 tem configuração quase igual e custa R$ 1.899. Talvez o mais interessante seja o A9, que tem especificações melhores, mas é mais caro, custa R$ 2.800.

    Enfim, as duas linhas são interessantes, mas pecam por trazer uma configuração "cobertor curto": cobrem a cabeça, mas deixam os pés passando frio... : -). Ou seja, são muito irregulares.

    Se a Samsung conseguir trazer a linha Galaxy C para cá a um preço competitivo, aí o cenário muda de figura.

    Abraços e obrigado pelo comentário

  • Alexandre Rocha há 2 meses

    Acho hoje em dia mais difícil uma marca ameaçar a Samsung,mas se tem alguma que pode correr atrás é a Lenovo/Motorola,não podemos esquecer que até poucos anos atrás a Nokia era uma gigante "imbativel"no ramo !

  • Claudio O. há 2 meses

    Tá difícil tirar a liderança da Samsung!
    Mas batendo a Sony, LG e Apple tá ótimo para a Lenovo!

  • Douglas Charles Cunha há 2 meses

    Rapaz, aquele gráfico pizza me causou uma surpresa muito grande: BLU como a terceira maior em market share no Brasil. Isso é incrível.

  • Vinicius Nunes há 2 meses

    Espero que a Lenovo traga para o Brasil os primos mais pobres da Motorola, a linha Vibe 2016! O Vibe P2 tem as mesmas especificações do Moto Z Play e ainda tem uma bateria de 5100 mah e vai custar $ 250,00 dólares, quase metade do Z Play!!!

114 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi