O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
255 Compartilhado 44 Comentários

Review do Xiaomi Mi Note Pro: teste completo do novo phablet chinês

Antes, os smartphones chineses tinham a fama de ser clones do iPhone de baixa qualidade, mas desde que a Xiaomi começou a apresentar aparelhos elegantes com ótimas especificações técnicas, a imagem das fabricantes chinesas tem mudado em todo o mundo. Será que o Xiaomi Mi Note Pro faz jus a essa nova onda de dispositivos de qualidade desenvolvidos na China? Descubra abaixo no nosso review.

O LG G6 é o smartphone mais legal de 2017.
O que você acha?
50
50
1523 participantes

Avaliação

Prós

  • Tela WQHD
  • Boa performance
  • Design elegante
  • Suporte para dual-SIM

Contras

  • Superaquecimento da carcaça
  • Não oferece suporte para LTE 800 MHz

Xiaomi Mi Note Pro – Data de lançamento e preço

Na China, o Xiaomi Mi Note Pro está disponível desde o dia 12 de maio, mas depois de alguns dias o primeiro lote já foi completamente vendido. Nas próximas semanas a Xiaomi irá entregar uma nova leva ao varejo, mas as minhas fontes na China também apostam que toda ela seja vendida localmente em questão de semanas. Dessa forma, será preciso esperar um pouco até que se possa importar o dispositivo. Além disso, a empresa não informou se o Mi Note Pro estará no catálogo de produtos a serem comercializados no Brasil.

O Mi Note Pro teve o preço sugerido pela Xiaomi na China de 2.999 Yuan, o equivalente a R$ 1.506,00. Atualmente, devido à intensa procura pelo dispositivo, ele está custando o equivalente a R$ 1.920,00, preço semelhante ao do Galaxy Note 4 no Brasil.

Xiaomi Mi Note Pro – Desenho & Qualidade de Construção

Há alguns anos, era um lugar-comum afirmar que as fabricantes chinesas copiavam as linhas de design de empresas maiores como a Apple e a Samsung. Esse preconceito deve ser abandonado, como prova o Xiaomi Mi Note Pro. Quem tem o dispositivo nas mãos pela primeira vez se impressiona: o design da Xiaomi parece uma boa mistura de ideias da Sony, Apple e Samsung, além de elementos novos e próprios da Xiaomi.

Xiaomi mi note pro hero
Será que o Xiaomi Mi Note Pro pode ser uma alternativa válida ao Galaxy Note 4 da Samsung? / © ANDROIDPIT

À primeira vista se destaca a elegante moldura de metal, que no nosso aparelho de teste é dourada e opaca. As bordas são polidas, como costumamos ver nos smartphones premium de outras fabricantes de ponta. Na parte inferior da moldura podemos ver pequenos furos, atrás dos quais está o alto-falante. Um detalhes pouco usual é a posição da entrada para micro USB, que foi colocada na parte inferior esquerda da carcaça. O botão de energia e os botões de volume se encontram na lateral direita, e oferecem um ponto de pressão bem agradável.

Xiaomi mi note pro 7
O botão de energia e os botões de volume são bem agradáveis ao toque. / © ANDROIDPIT

Claro, o Mi Note Pro também conta com uma entrada para fones de ouvido, na parte superior do aparelho. Na lateral esquerda está a gaveta para cartão SIM. Como era de se esperar de um dispositivo premium, ela é feita de metal, e oferece suporte para um nano-SIM e um micro-SIM.

Xiaomi mi note pro 4
O Mi Note Pro oferece suporte para dual-SIM. / © ANDROIDPIT

A parte traseira do Mi Note Pro é branca, feita de uma placa de vidro que se curva nas bordas. Quase podemos dizer que a Xiaomi usou o design do Galaxy S6 Edge de maneira invertida neste ponto. Essa borda arredondada da parte traseira otimiza a ergonomia do phablet, que mesmo com suas 5,7 polegadas de diagonal ainda oferece uma boa pegada.

A parte frontal do Mi Note Pro conta com três botões capacitivos. A Xiaomi abriu mão de botões no painel para que a tela fosse melhor aproveitada no phablet. O vidro posterior da tela é arredondado nas bordas, conferindo um visual premium à transição para a moldura de metal, como no iPhone 6.

Xiaomi mi note pro 3
O Xiaomi Mi Note Pro neste ângulo parece com um S6 Edge invertido. / © ANDROIDPIT

Infelizmente o emprego do vidro também traz algumas desvantagens, pois com o uso cotidiano a parte traseira se enche de impressões digitais. Além disso, quem tem smartphones da linha Xperia Z, por exemplo, sabe que o vidro da parte traseira é bem resistente a quedas mas não a riscos, e me pergunto se este também será o caso do Mi Note Pro. Por enquanto, devemos nos lembrar de que a Xiaomi não opera oficialmente no Brasil, e a troca de alguma parte quebrada pode se tornar um pesadelo.

Xiaomi Mi Note Pro – Tela

O display do Xiaomi Mi Note Pro tem 5,7 polegadas de diagonal, e portanto é exatamente do mesmo tamanho do Galaxy Note 4. As semelhanças não param por aqui. A resolução de tela também é idêntica: 1.440 x 2.560 pixels (isso também torna igual a densidade de ambos os displays: 515 pixels por polegada). A diferença aqui está na tecnologia empregada em cada phablet: o painel IPS do Mi Note Pro preserva a representação de cores em quase todos os ângulos de visibilidade, ao passo que a tela AMOLED da Samsung tem saturação mais acentuada.

Xiaomi mi note pro 1
O Xiaomi Mi Note Pro e o Samsung Galaxy Note 4 têm as mesmas especificações para a tela, mas tecnologias diferentes. / © ANDROIDPIT

De maneira geral, a tela do Mi Note Pro é ótima, oferecendo boa representação de cores e brilho satisfatória. Minha única crítica diz respeito a um leve tom acinzentado nos brancos da tela quando observada diretamente. Esse é contudo o único ponto negativo que pude descobrir no display do Mi Note Pro.

Xiaomi Mi Note Pro – Software

Quem compra um smartphone chinês deve se preparar para receber uma interface de usuário bem semelhante à da Apple. Como no caso da EMUI da Huawei, a MIUI da Xiaomi também é desprovida da gaveta de aplicativos, de maneira você vais achar muitos apps nativos chineses (na maioria bloatware) já na tela de início. Antes da chegada da empresa no Brasil, contudo, esses serviços deverão ser completamente traduzidos. Em nosso teste, o firmware da Xiaomi rodou de maneira fluida e rápida.

Xiaomi Mi Note Pro MIUI 1
A Xiaomi usa a MIUI 6. / © ANDROIDPIT

No que diz respeito ao design, os ícones e elementos da UI seguem a tendência bidimensional e colorida do Material Design. A transição entre telas se dá de maneira ágil, e as animções não atrasam a resposta em apps, serviços ou opções de configuração. Aqui destaca-se o modo de uso com apenas uma mão, um serviço essencial no caso de um phablet e que funciona muito bem no caso do Mi Note Pro.

Xiaomi Mi Note Pro MIUI 2
A MIUI 6 não possui gaveta de aplicativos. / © ANDROIDPIT

A ativação desse modo se dá de uma maneira bem simples: basta deslizar o dedo no botão de início para a direita ou esquerda e toda a tela se reduz e é transferida para o lado do display escolhido. A dimensão dessa tela reduzida pode ser definida nas configurações do dispositivo. Podemos escolher entre os tamanhos de 3 a 4,5 polegadas, em intervalos de 0,5 polegadas.

Xiaomi Mi Note Pro MIUI 3
A MIUI 6 oferece a boa função de uso com uma mão (à esquerda, as configurações do aparelho). / © ANDROIDPIT

Quem não gostar do design da MIUI também pode escolher outro launcher (por exemplo, para ter a funcionalidade da gaveta de aplicativos de volta).

Xiaomi Mi Note Pro – Performance

A Xiaomi usa no Mi Note Pro o processador da Qualcomm Snapdragon 810 octa-core com tecnologia de 64 bits, uma frequência de 2 GHz e 4 GB de memória RAM. Esses especificações são semelhantes às do LG GFlex 2 e também às do HTC One M9 (com a diferença de que estes últimos foram lançados com menos memória de trabalho). Em nosso teste do Benchmark AnTuTu o Xiaomi Mi Note Pro cravou 58.862 pontos. Esse é um valor mais do que respeitável, uma vez que o LG G Flex 2 marca, por exemplo, 54.000 pontos e o HTC One M9, 46.000. A memória RAM e uma revisão do Snapdragon 810 pela Qualcomm parecem ter feito a diferença aqui.

Xiaomi mi note pro benchmark
O Xiaomi Mi Note Pro no Benchmark AnTuTu. / © ANDROIDPIT

Apesar de o CEO da Xiaomi Lei Jun ter afirmado na apresentação do Mi Note Pro que o Snapdragon 810 não traria problemas no phablet, pudemos notar uma queda de performance ao realizar testes seguidos de benchmark depois de alguns minutos jogando games pesados. De quase 59.000 pontos o phablet caiu para 51.000. Essa diferença de performance não é tão grande, mas infelizmente também pudemos notar o típico superaquecimento do processador depois de um uso intenso. De maneira geral, o Mi Note Pro apresentou uma ótima performance para o uso cotidiano. Apenas um uso intenso e prolongado pode levar ao superaquecimento. e à interrupção da performance.

Xiaomi Mi Note Pro – Áudio

As ligações que fiz e recebi com o Mi Note Pro não apresentaram qualquer problema de áudio, e a qualidade de som do aparelho é muito boa. Até mesmo em ambientes com muito barulho, como no ônibus, os meus interlocutores puderam entender tudo sem problemas. O microfone extra na parte superior da carcaça parece cumprir muito bem o seu papel de cancelamento de ruídos.

Xiaomi mi note pro 6
O alto-falante do Mi Note Pro. / © ANDROIDPIT

Na parte inferior da moldura se encontra o alto-falante do Xiaomi Mi Note Pro. Sua qualidade de som é satisfatória, mas não impressiona. Nos níveis mais altos de volume os tons altos se distorcem um pouco, e os baixos poderiam ser mais intensos. Nenhum smartphone, contudo, faz um trabalho perfeito nesse quesito (por enquanto).

Xiaomi Mi Note Pro – Câmera

A Xiaomi usa um sensor para a câmera traseira de 13 megapixels da Sony, e uma abertura de f/2.0. O mesmo sensor já havia sido usado no Mi Note , lançado em janeiro passado.

Xiaomi mi note pro 8
Xiaomi Mi Note Pro tem uma câmera de 13 MP. / © ANDROIDPIT

Podemos considerar como boa a qualidade das fotos tiradas pelo Mi Note Pro, mas em comparação direta com outros smartphones top de linha como o Galaxy S6 e o LG G4, a câmera do dispositivo chinês é um pouco inferior.

No quesito funções, o software da câmera apresenta aspectos bem interessantes. Como no Honor 6 Plus, também existe no Mi Note Pro a opção de novo foco na fase de processamento da imagem. A Xiaomi chama essa função de Magic Focus. Depois de tirada a foto, podemos clicar na imagem para redefinir o seu foco (a Xiaomi obteve a função com apenas uma câmera, ao passo que o Honor 6 precisa de duas). No nosso teste, tivemos que segurar o smartphone por cerca de dois segundos até que uma foto com o Magic Focus pudesse ser tirada.

As selfies são muito populares na China, e não por acaso o sensor frontal do Mi Note Pro conta com 4 megapixels. Trata-se da mesma câmera frontal usada no HTC One M8, com pixels maiores para captar mais luz. As fotos tiradas com ela são de boa qualidade.

Xiaomi mi note pro frontkamera
Selfie com a câmera frontal do Mi Note Pro.  / © ANDROIDPIT

Xiaomi Mi Note Pro – Bateria

A bateria do Mi Note Pro é fixa e conta com 3.000 mAh. No caso de um tablet esse valor é bom, mas nada de extraordinário, uma vez que o Note 4 tem 220 mAh a mais e ainda tem a bateria removível. Durante o meu teste com o Mi Note Pro, depois de um dia inteiro de uso intenso e testes, o dispositivo ainda ficou com 35% da bateria. Por fim, devemos mencionar que o aparelho oferece suporte para Quick Charge 2.0, com o qual apenas 10 minutos de carregamento dão ao phablet 4 horas de uso para ligações.

Xiaomi Mi Note Pro – Especificações Técnicas

Dimensões: 155,1 x 77,6 x 6,95 mm
Peso: 161 g
Tamanho da bateria: 3000 mAh
Tamanho da tela: 5,7 polegadas
Tecnologia da tela: LCD
Tela: 2560 x 1440 pixels (515 ppi)
Câmera frontal 4 megapixels
Câmera traseira 13 megapixels
Flash: LED
Versão do Android: 5.0.2 - Lollipop
Interface: MIUI
RAM: 4 GB
Memória interna: 64 GB
Memória removível: Não disponível
Chipset: Qualcomm Snapdragon 810
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 2 GHz
Conectividade HSPA, LTE, Dual-SIM , Bluetooth 4.1

Veredito Final

De maneira geral, o Xiaomi Mi Note Pro é um phablet chinês de boa qualidade. Ele não é melhor do que o Note 4 da Samsung, oferecendo menos extras de software e não contando com o Stylus. Além disso, nos quesitos tela, performance e câmera, ele não consegue superar o atual top de linha da Samsung. E se levarmos em conta seu possível preço no Brasil, o Note 4 também deve ganhar na relação custo/benefício. Apesar de todas essas considerações, a Xiaomi está num bom caminho com o Mi Note Pro, tanto em questões de design quanto de especificações técnicas, e seu próximo exemplar da série poderá oferecer uma concorrência de peso à série Note da Samsung.

255 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

44 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi