O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
Review 309 Compartilhados 49 Comentários

Review do Redmi Note 2: o smartphone da Xiaomi que todos deveriam ter

O Redmi Note 2 foi anunciado em agosto de 2015 pela bagatela de 200 dólares. Com ele, a Xiaomi honra a sua filosofia de smartphone de qualidade e preços justos, e ainda entrega uma excelente experiência de uso de um smartphone rodando com o SO Android. O novo Redmi Note 2 traz melhorias em relação ao antecessor, mas será que este é realmente um smartphone que encara concorrentes como o LG G4, Galaxy S6 Edge+ ou iPhone 6S Plus? Descubra no nosso review completo do Redmi Note 2.

Avaliação

Prós

  • Recursos exclusivos da MIUI
  • Suporte para cartão microSD até 32GB
  • Bateria removível
  • Alto falante mono com boa qualidade de áudio
  • Preço

Contras

  • Desempenho da bateria ruim
  • Não está disponível no Brasil

Xiaomi Redmi Note 2 – Data de lançamento e preço

O Redmi Note 2 foi lançado em agosto no mercado chinês e a versão de 32GB de armazenamento interno pode ser encontrada por aproximadamente 650 reais. A Mi Brasil ainda não oferece o aparelho em território nacional, e para adquiri-lo você deve importar o aparelho através do e-commerce.

Xiaomi Redmi Note 2 – Desenho & Qualidade de Construção

O Redmi Note 2 não é um smartphone com um design excepcional, ele é até bastante simples, mas nem por isso ruim. Essa característica oferece inclusive possibilidades que estamos vendo cada vez menos nos dispositivos que chegam ao mercado, como poder remover a tampa traseira e, por consequência, a bateria do aparelho. Os materiais usados na fabricação da segunda geração do Redmi Note são plástico e vidro.

androidpit redmi note 2 14
Na parte traseira do Redmi Note 2 temos o alto-falante mono, o sensor de 13 MP da câmera traseira e um flash único de LED. / © ANDROIDPIT

Este não é um dispositivo que leve ou fino, pelo contrário, se sente muito bem o aparelho nas mãos. Apesar de termos uma tela de 5,5 polegadas e bordas consideravelmente grandes, a pegada do Redmi Note 2 é boa e você pode facilmente interagir com o aparelho usando uma mão. Os botões para ligar o dispositivo e de volume estão localizados na lateral direita e estão bem acessíveis. Aqui me chama a atenção a diferença entre este celular e o Galaxy S6 Edge+, pois a Samsung opta por trazer estes mesmos botões em lados opostos e isso faz com que seja necessário o uso de duas mãos para aumentar ou diminuir o volume de áudio, já no Redmi Note 2 isso não é um problema.

androidpit redmi note 2 1
Os botões físicos do Redmi Note 2 estão localizados na lateral direita. / © ANDROIDPIT

Na parte frontal, temos o a câmera frontal de 5MP na parte superior e, à esquerda, o LED de notificações. A parte da frente do Redmi Note 2 não é otimizada para o uso da tela, pelo contrário, as bordas são espessas para um smartphone fabricado em 2015 e lembram as do Xperia Z2. Ao pé do display temos os botões capacitivos, característica clássica da Xiaomi.

androidpit redmi note 2 12
Quando a tela é ativada, os botões capacitivos são iluminados. / © ANDROIDPIT

Em relação ao design, o Redmi Note 2 não é o smartphone mais criativo que você vai encontrar, mas ele é definitivamente simples e funcional.

Xiaomi Redmi Note 2 – Tela

Talvez pelo fato do design do Redmi Note 2 ser realmente simples, a qualidade da tela seja um dos destaques do aparelho. O tela corresponde a aproximadamente 72,2% do corpo do aparelho, possui 5,5 polegadas, com resolução FullHD (1920 x 1080 pixels) e usa a tecnologia IPS LCD. Para se ter uma ideia, a qualidade da tela, pelo menos no papel, é a mesma do OnePlus 2, ou seja, temos aqui um dispositivo com uma tela totalmente aceitável para tal faixa de preço e que oferece ângulos de visão melhores que os que temos no smartphone da OnePlus.

Com relação à qualidade de imagem, a tela do Redmi Note 2 é satisfatória e, apesar de possuir uma tela com brilho equilibrado, o contraste e a vivacidade das cores poderia ser melhor. Além disso, a coloração puxa um pouco para o cinza, contudo quando desativamos o brilho adaptável da tela essa característica já não é assim tão perceptível.

androidpit redmi note 2
O Redmi Note 2 possui uma tela com brilho equilibrado, mas o contraste e a vivacidade das cores poderia ser melhor. / © ANDROIDPIT

Em termos de usabilidade, o que você precisa saber é que assistir a vídeos do YouTube e do Netflix é realmente um deleite nesta tela de 5,5 polegadas, especialmente porque a qualidade de áudio é realmente boa. Usar o dispositivo para leitura e navegação na web também é muito bom e, devido ao fato do brilho da tela não ser tão acentuado, seus olhos irão agradecer ao final do dia. O uso em ambientes externos deve ser pontuado aqui, pois devido à tecnologia "Sunlight", também usada no Mi 4i, que corrige as cores exibidas na tela, otimizando o uso em ambientes muito iluminados, tornando assim a experiência de uso algo mais natural e agradável.

Xiaomi Redmi Note 2 – Características Especiais

O sensor de infra-vermelho é uma das características especiais, por assim dizer, do Redmi Note 2. A única reclamação por parte de alguns usuários é que o aplicativo da Xiaomi em conjunto com o sensor IR não é compatível com alguns televisores, mas até aí se pode usar um aplicativo de terceiros. O que chama a atenção aqui é que muitos smartphones, como os da Sony, já não oferecem mais essa opção nas variantes recém-lançadas, mas a Xiaomi resolveu investir em tal tecnologia.

androidpit redmi note 2 10
O sensor de IR permite que você controle a sua televisão usando o celular. / © ANDROIDPIT

Xiaomi Redmi Note 2 – Software

O Redmi Note 2 roda com a MIUI 7 baseada no Android 5.0.2 Lollipop. A interface do usuários da Xiaomi é bem colorida e, em não lembra nem um pouco o Android stock. A MIUI é um sistema compilado a partir do código-fonte do Android (AOSP), ou seja, o software possui seu próprio ciclo de atualizações e funcionalidades. O dispositivo que tenho para este review é chinês, e oferece apenas o idioma nativo ou inglês. Além disso, para contar com os aplicativos do Google é necessário fazer o flash do pacote dos GApps. Assim, se você optar por importar este aparelho através da compra online, tenha em mente que existirão algumas limitações de software, como o idioma. Contudo, para contar com a MIUI em português, sempre é possível reinstalar a ROM MIUI 7.

redmi note 2 UI
A interface da Xiaomi é colorida e traz poucas características do Android puro. / © ANDROIDPIT

No Redmi Note 2 não temos a tradicional gaveta de aplicativos separada na base da tela inicial, pelo contrário, a própria homescreen é a bandeja de aplicativos, como temos no iOS da Apple. Para excluir um aplicativo, por exemplo, basta segurar o ícone desejado e empurrá-lo em direção à lixeira que aparecerá no topo da tela. O sistema conta com um modo não perturbe que pode ser configurado de acordo com a necessidade do usuário, além de uma outra opção que configura o comportamento das notificações.

A MIUI tem uma loja com temas, telas de bloqueio, pacotes de ícones e fontes, papéis de parede e widgets. Outros utilitários proprietários da Xiaomi estão presentes no Redmi Note 2, como um gerenciador de dados, antivírus, gravador, bloco de notas, gerenciador de arquivos e um aplicativo para previsão do tempo.

Em geral, a MIUI 7 é surpreendente e oferece uma capacidade de personalização do software superior a do Android. Assim para quem gosta de customizar o smartphone, o Redmi Note 2 é um prato cheio.

Xiaomi Redmi Note 2 – Performance

O Redmi Note 2 é embalado pelo processador MediaTek Helio X10, octa-core, com frequência de giro máxima de 2,2 GHz. Para se ter uma ideia, esta CPU é equivalente à Snapdragon 810 da Qualcomm, mas sem o superaquecimento. Como processador gráfico temos a GPU PowerVR G6200. O aparelho ainda vem com 2GB de memória RAM e duas variantes de armazenamento interno, uma de 16 e outra de 32GB. Somado a isso, temos a integração com o sistema através da MIUI 7. O smartphone roda jogos graficamente avançados, lida bem com o recurso multitarefas e durante o meu teste não teve problemas de congelamentos e travamentos. Porém, como meu dispositivo de teste veio da China, muitos dos aplicativos do Google não estavam instalados e tive que fazer o flash dos GApps, o que me deu certo trabalho.

Em alguns momentos, durante o carregamento do aparelho ou sob intenso estresse do hardware (jogos ou multitasking) o Redmi Note 2 esquentou um pouco, mas nada que esteja acima do esperado em smartphones modernos.

redmi note 2 benchmark
Resultado do benchmark AnTuTu do Redmi Note 2./ © ANDROIDPIT

Xiaomi Redmi Note 2 – Áudio

Não sou uma fã do alto-falante na parte traseira dos smartphones, muito menos de speakers com qualidade de áudio mono. Entretanto, o Redmi Note 2 oferece um bom som, especialmente quando colocamos a mão em forma de concha sobre ele enquanto assistimos a um vídeo, por exemplo. Mesmo quando depositamos o aparelho sob a mesa com a tela virada para cima, o áudio não é abafado, pois existe uma pequena saliência que funciona como um degrau que evita o contato da grade do alto-falante com o superfície da mesa.

androidpit redmi note 2 8
Na parte inferior, temos o alto-falante mono do Redmi Note 2 e, logo abaixo, uma pequena saliência que evita que o áudio seja abafado quando o aparelho estiver depositado sobre a mesa. / © ANDROIDPIT

No que toca ao áudio das ligações, tanto o speaker quanto o microfone dispositivo da Xiaomi fazem um excelente trabalho. O som é claro e limpo, mesmo em ambientes barulhentos ou quando o se está na rua e o microfone está em contato com vento forte.

androidpit redmi note 2 13
O microfone fica na parte de baixo do Redmi Note 2, ao lado da porta micro-USB 2.0. / © ANDROIDPIT

Xiaomi Redmi Note 2 – Câmera

Antes de fazer o review do Redmi Note 2, tive a chance de ver uma série de testes do aparelho e, para minha surpresa, a maioria dos sites especializados considerou a qualidade da câmera do dispositivo como sendo um ponto negativo. Entretanto, tenho que discordar deles. A câmera da segunda geração do Note da Xiaomi está acima da média de dispositivos encontrados hoje por menos de 200 dólares no mercado internacional. Começando pela interface do software da câmera, como podemos ver abaixo, o Redmi Note 2 oferece o modo de câmera manual, a exposição de luz e foco manual, bem como uma série de filtros. Isso acontece tanto para as imagens capturadas com a câmera traseira quanto a frontal.

redmi note 2 camera UI
Esta é a UI da câmera do Redmi Note 2, com três opções de tela. / © ANDROIDPIT

Abaixo, você confere uma galeria de imagens feitas com as câmeras do Redmi Note 2. Nelas é possível perceber que o sensor de 13 MP da câmera principal lida muito bem com as cores e o foco das imagens, bem como oferece uma quantidade significativa de detalhes em ambientes mal iluminados. Contudo, já não podemos dizer o mesmo da perfomance em ambientes com uma qualidade de luz boa, pois ao ampliar ao máximo as fotos, é possível ver que onde deveríamos ter os detalhes dos objetos, em sua maioria, teremos borrões. Contudo, este é um defeito que temos em câmeras de smartphones de 700 dólares também. 

Já a câmera frontal oferece uma boa qualidade de imagem e vídeo. O ângulo de abertura do sensor permitirá capturar muitos detalhes da cena e, por isso, as famosas groufies não serão um problema.

O Redmi Note 2 oferece os modos "time-lapse" e "slow-motion", também é possível ter vídeos nas resoluções SD, HD e Full HD.

Xiaomi Redmi Note 2 – Bateria

A bateria do Redmi Note 2 possui 3060mAh e uma surpresa para um smartphone de 200 dólares: suporte para carregamento rápido (Quick Charge 2.0). Assim, este smartphone carrega cerca de 60% da capacidade da bateria em apenas 30 minutos, contudo, apesar deste tempo de carregamento ser relativamente rápido, ele ainda precisa ficar quase duas horas na tomada para atingir 100% da energia.

androidpit redmi note 2 4
A bateria do Redmi Note 2 é removível e tem suporte para carregamento rápido. / © ANDROIDPIT

Agora, mesmo com uma boa capacidade, com o carregamento rápido e a possibilidade de remoção da bateria, o Redmi Note 2 deixa a desejar no quesito autonomia da bateria. O aparelho não aguenta 6 horas em uso intenso, em média, temos apenas 4 horas com a tela ativa e wi-fi ativado. Contudo, isso tudo no modo padrão de uso do aparelho, pois se você possui uma boa quantidade de perfis e modos de energia oferecidos pela Xiaomi na MIUI 7, porém, é preciso dizer que as configurações de bateira que chegam pré-definidas com o aparelho (e que para muitos continuam assim até a troca do dispositivo) deixam a desejar.

Xiaomi Redmi Note 2 – Especificações Técnicas

    • Tipo:
    • Smartphone
    • Modelo:
    • Ainda não disponível.
    • Fabricante:
    • Xiaomi
    • Dimensões:
    • 152 x 76 x 8,3 mm
    • Peso:
    • 160 g
    • Tamanho da bateria:
    • 3060 mAh
    • Tamanho da tela:
    • 5,5 polegadas
    • Tecnologia da tela:
    • LCD
    • Tela:
    • 1920 x 1080 pixels (401 ppi)
    • Câmera frontal
    • 13 megapixels
    • Câmera traseira
    • 5 megapixels
    • Flash:
    • LED
    • Versão do Android:
    • 5.0 - Lollipop
    • Interface:
    • MIUI
    • RAM:
    • 2 GB
    • Memória interna:
    • 16 GB
      32 GB
    • Memória removível:
    • microSD
    • Chipset:
    • MediaTek MT
    • Número de núcleos:
    • 8
    • Velocidade máx.
    • 2,2 GHz
    • Conectividade
    • HSPA, LTE, Dual-SIM , Bluetooth 4.0

Veredito Final

A versão de 32GB de armazenamento interno do Redmi Note 2 pode ser encontrada na China por aproximadamente 650 reais. Claro que o valor do aparelho importado seria acrescido de alguns reais, porém ainda assim é um dispositivo com um preço extremamente justo para o que oferece. O aparelho possui tudo aquilo que você pode exigir de uma smartphone de qualidade, tanto em relação ao hardware quanto ao software. Por isso, se você está pensando em adquirir um smartphone chinês, com um software OASP e que terá um tempo de uso de pelo menos dois anos, este é um bom investimento.

Apesar da MIUI não ser uma interface tão simples de usar, como o Android que temos nos dispositivos da Motorola ou da Asus, mas para quem curte personalização, essa é a interface que você jamais irá trocar depois de testar. O Redmi Note 2 é, sem dúvida, o melhor smartphone que você pode encontrar hoje nesta faixa de preço. E respondendo a pergunta sobre se este é realmente um smartphone que encara concorrentes como o LG G4, Galaxy S6 Edge+ ou iPhone 6S Plus, eu diria que, guardadas as proporções, com certeza. Afinal de contas, não é à toa que este smartphone teve mais de 1 milhão de unidades vendidas desde o seu lançamento!

E aí, você daria uma chance para o Redmi Note 2, mesmo se ele não chegasse ao Brasil através da Xiaomi?

49 Comentários

Escreva um comentário:
  • Comprei um Xiaomi Red mi note 2 pela internet, e quando ele chegou eu comecei a usar e testar suas funções, mas quando eu coloquei pra usar o modo simples ou básico não lembro direito o nome certo que estava lá, mas então, ele disse que para utilizar esse modo o aparelho teria que reiniciar, então eu confirmei, só que depois que ele desligou não quer mais ligar, fica só na tela de boot com o nome mi na frente e embaixo carregando escrito android, alguém pode me ajudar a como resolver isso?

  • Acabei de comprar o meu importado. Agora é sentar e esperar.
    Eu queria mesmo era o Moto X Style. Mas não tenho coragem de comprometer mais de 2 mil dinheiros em um aparelho celular que em menos de 1 ano vai ficar "obsoleto".
    Redmi Note 2 não é o aparelho mais bonito do mercado e nem o mais "famoso". Mas o que eu queria era uma tela de 5.5' e 4G.
    Ele tem. Ponto.
    Claro, temos o Lenovo Vibe que em promoções podemos encontrar por menos de R$ 1.300 com uma boa configuração. Mas não sei, não me convenceu.
    Enquanto o mercado mobile continuar com preços proibitivos aqui no Brasil, o caminho vai ser esse.

  • CÂMERA FRONTAL 13 megapixels
    CÂMERA TRASEIRA 5 megapixels
    ?????????

  • Materia bem detalhada, boa análise do equipamento, com fundamento e conhcimento técnico, ai vem uns caras e se limitam a dizer: nao gostei, prefiro design e tela nao sei o que. Porque nao vao comentar sites de moda?

  • Eu nao quero,gosto é igual bunda cada um com a sua mas essa bunda ai e muito feia e suja nao tem como entrar no mercado com esse produto e querer competir sem +...

  • Isso lá presta! Lixo 🚮

  • Equivalente ao Snapdragon 810 e só marcou 43 mil pontos no AnTuTu?? Qual é, acho que foi erro de digitação, e queriam falar 801
    Pq o Moto X 2014 do meu amigo marca 45 mil e já tem 1 ano que ele tem o aparelho.

  • O smartplone que todos deveriam ter mas não vão ter assim era mais fácil dizer na matéria

  • Cade meu mi 4br br?😔

  • Com o dólar a 4 reais, mais acréscimo de impostos.. Amigo, pode custar 100 dólares lá fora, mas a politica de custo beneficio quando chega aqui perde força, ainda mais levando em conta a situação do mercado atualmente. Diversos veículos de comunicação voltados para o setor financeiro já relataram que a alta vai ser sentida principalmente em eletrônicos, smartphones em especial, esse sensacionalismo em cima do preço lá fora não cola aqui AndroidPit.

    EDI

    • Olá,mas vc deve considerar que,sim ele tem preço competitivo,já que este não e um preço de fabricação,tem impostos da região e,se considerar também o SoC,as características do aparelho,sim e um excelente custo benefício,porém para quem ganha em Dólar.Já nos que ganhamos em Real,sim a realidade e outra,mas ótimos exemplos de dispositivos chegaram recentemente custando razoavelmente baixo,por isso sempre digo,bom senso..E voltando ao Xiaomi,após o Redmi 2 e sim esperado a,mesma estratégia para "abocanhar"novos clientes.Estou ansioso para conferir de perto este dispositivo.Um abraço.
      Obs:Não culpe o Dólar e,sim o que estão fazendo a muitos anos com a nossa economia..Salário mínimo hoje,vale pouco menos que 200 USD$,senão me engano..

  • Vender Um milhão de celulares na China não é muito difícil!!!!!!

  • O diferencial dos aparelhos da Xiaomi é a interface customizada, tanto que, sou a favor das fabricantes customizar suas interfaces, mas claro, com propriedade como faz a Xiaomi.

  • Excelente smartphone com certeza, agora nos resta torcer para que o Hugo Barra se mova para trazê-lo ao Brasil.
    Ainda espero ver algum smartphone em território nacional com o Soc Mediatek Helio X10.

    Excelente review Camila.

  • 32

    Como a maioria dos smartphones da Xiaomi que conheço, é bem interessante. Só não gosto muito da "cara" da MiUI.

  • Vamos ver o que rola amanhã!

  • achei ele bom, preço bom

  • Parece que estão apelando ultimamente neste títulos das matérias ou é impressão minha?

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi