O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
2 min para ler 66 Compartilhado 11 Comentários

Isso é o que podemos esperar do gadget de realidade virtual do Google

Sim, 2016 é o ano chave para realidade virtual. E o Google também está de olho na tecnologia. Desta vez, não estamos falando da versão simplista do Google Cardboard. A expectativa é que a empresa lance um headset VR mais parrudo com alguns diferenciais para disputar mercado com o Oculus Rift , HTC Vive e o Samsung Gear VR.

Quem levantou essa bola foi Peter Rojas, investidor no Vale do Silício e fundador do Gizmodo e do Engadget. No Twitter, Rojas afirmou que a gigante da internet vai lançar durante a Google I/O, na próxima semana, o Android VR.

O Android VR seria um meio termo entre soluções mais potentes

O ponto forte do Android VR é que ele seria um meio termo entre soluções mais potentes, como o Rift e o Vive, e os não tão sofisticados, como o Samsung Gear VR. O principal destaque é que ele funcionaria de forma independente, ou seja, sem a necessidade de um computador ou smartphone.

ANDROIDPIT VR glasses 12
O que podemos esperar do gadget de realidade virtual do Google? / © ANDROIDPIT

O preço também seguiria a mesma linha, sendo um pouco mais caro do que o óculos da Samsung e mais barato do que os concorrentes com hardware mais forte. Um rumor levantado pelo Android Police dá conta de que o gadget do Google também pode vir com uma espécie de joystick.

O dispositivo rodaria uma versão própria do Android, da mesma forma como o Android Wear e o Android TV.

Com o Google entrando de vez na jogada, a expectativa é que a realidade virtual se popularize cada vez mais. As empresas já estão fazendo as apostas, com  gadgets para produção de vídeos em 360º (Samsung Gear 360 e LG 360 CAM) e as plataformas (Facebook e Youtube) adaptadas para receber esse conteúdo. Resta saber se será o suficiente para fazer a tecnologia deslanchar.

Com a possível aparição do Android VR, as novidades do Android N e do Chrome OS, o Google I/O de 2016 tem tudo para ser uma dos mais surpreendentes dos últimos anos.

Você investiria em um óculos de realidade virtual? Acha que a tecnologia é realmente o futuro ou é superestimada pelas empresas?

11 Comentários

Escreva um comentário:
  • Da até pra ir pra nárnia

  • Meu vizinho vive em eterna realidade virtual. Fuma maconha o tempo todo e anda por aí vendo coisas.

  • nunca tive a oportunidade de testa não

  • Muito legal esses "binóculos".

  • Ainda não é a hora do VR na área mobile .

  • Ainda é um gadget de nicho , mesmo o baratinho cardboard usei umas 4x e nunca mais.....

  • eu não vejo necessidade mas pra quem.ver pode ser legal

  • Eu só penso em uma coisa, o quão incômodo vai ser ficar com esses aparelhos grudados no rosto.
    Nós vamos ter que ficar fazendo certa força pra manter a cabeça erguida, uma vez que o aparato por si só já tem um peso X, soma-se ainda o peso do smartphone.

  • Não, não investiria nem um Dollar Furado num gadget desses pesados e incômodos para se usar. Vejam bem: tem muitos críticos que estão matando o prazer da visualização 3D, via TV, porque alegam que são incômodos e pesadões. Discordo totalmente: tenho uma fabulosa Plasma 65VT50b da Panna (3D ativo, uma das melhores do mundo) e comprei 4 pares de óculos da marca (os únicos que transformam 3D em 2D para os incomodados) e mais 4 pares da Samsung, e não sentimos nenhum incômodo na sua utilização (pensam menos de 27g, e eu ainda os uso sobre meus óculos de grau). Todavia existe uma grande diferença entre assistir um bom filme, por duas horas ou mais, com óculos 3D super leves e usar esses troços virtuais por bem menos tempo. Nesse contexto dá para aguentar no rosto, eventualmente, esses gadgets da Samsung, Gooogle, etc. mesmo assim eu não os compraria, ainda mais somando-se ao fato de ser um divertimento solitário diferente da visualização 3D via TV.

  • Não investiria meu dinheiro, pois quando se compra um bem de consumo não está INVESTINDO dinheiro e sim GASTANDO. Um dia os redatores do site passam a ler um pouquinho de economia, além de tecnologia e aprendam a diferença.

  • é como dizem, "to vendendo o almoço pra comprar a janta", mas na verdade to comendo bolachinha de água e sal pra comprar um celular novo, quanto mais estes itens "por fora", ainda mais em uma situação de instabilidade na economia do país (e na minha tb rs) só irei descobrir como é um gadget deste beeem a longo prazo.

66 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi