O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
6 min para ler 177 Compartilhado 72 Comentários

A LG perdeu a chance de revolucionar a gama de intermediários outra vez!

Por algum motivo ainda não entendido por nós, a LG não reage para entrar no mercado com produtos competitivos de gama média. A empresa sul-coreana está lançando smartphones que não chegam nem aos pés dos dispositivos da concorrência neste nicho. Os novos K7 e K10 apresentados na CES 2016 confirmam que a fabricante não se importa em seguir apresentando dispositivos com especificações técnicas desalinhadas com o mercado. Confira a seguir a história negra da LG com a gama média nos últimos anos.

Esse problema da LG não é novidade pra ninguém. Entretanto, a maioria dos fabricantes estão tentando solucionar de algum modo, mas não, a LG não. Ao invés de dar um caminho certo aos seus aparelhos, ela parece estar perdendo completamente o rumo.

A Samsung conseguiu dar um toque de desenho premium à seus aparelhos de gama média com os Galaxy A. A Motorola revolucionou com o Moto G e a Sony correu atrás adotando câmeras de qualidade e produzindo modelos resistentes à agua nos modelos Xperia M4 e Xperia M5, já a LG segue lá, sem quase nada. A LG é sem sombra de dúvida a melhor fabricante sul-coreana se comparamos a relação qualidade/preço com os demais. O que a LG esta fazendo de tão errado? Vamos à grande história de desgraças da fabricante nos últimos anos.

LG G2 Mini (2013)

Tudo começou em 2013, com a versão compacta do G2: o LG G2 Mini. Anteriormente, a LG viveu tempos de glória com a sua linha LG Optimus L5 e L7 - minha irmã tem um L5 que tem mais de 2 anos e funciona perfeitamente. Mas, em 2013, chegou o LG G2, que obteve muito êxito com a critica e com o público. Então, a LG decidiu fazer como a Samsung e aproveitar o êxito da marca criando uma versão mini do seu modelo carro-chefe. Nem a câmera, nem a bateria, nem a tela chegavam ao pé do seu irmão maior.

O LG G2 Mini teve um certo êxito nas vendas graças ao empenho das operadoras, que anteriormente posicionaram muito bem os LG de gama média entre seus clientes. Ainda em 2013, a Sony deu uma lição na Samsung e na LG de como fazer uma versão mini de seus dispositivos lançando o Xperia Z1 Compact, um verdadeiro carro-chefe em miniatura e não uma versão sem graça do seu irmão mais velho. Também em 2013 a Motorola lançou o Moto G 2013. Uma revolução estava começando!

lg g2 mini 782p
LG G2 Mini não surpreendeu. / © ANDROIDPIT

LG G3 Beat (2014)

O pequeno êxito que a LG teve com as vendas do LG G2 Mini fez com que a empresa resolvesse repetir a jogada com o seu carro-chefe de 2014, o LG G3. O que poderia dar errado em uma versão compacta do smartphone mais vendido da história da LG? Praticamente tudo!

O LG G3 Beat imitava o acabamento do G3, só que mais grosseiro, e com uma das piores telas em HD da história. A diferença entre a QHD do G3 e a HD da versão mini era ridícula. O modelo era embalado por um processador fraco e tinha apenas 1 GB de  RAM. Além do Beat, tivemos uma versão stylus, o LG G3 Stylus, um phablet de gama baixa com o qual o fabricante continuava se enchendo de glória. No mesmo ano, em 2014, a Motorola apresentava o Moto G 2014.

lg g3s ajustes w628
LG G3 Beat não empolgou.  / © ANDRPOIDPIT

LG Bello e LG Fino (2014)

Os LG Bello e Fino eram tudo, menos o que indicavam seus nomes. Foram apresentados na IFA 2014, no mesmo lugar em que a Sony apresentava o grande Xperia Z3 Compact. Estes modelos da LG tiveram certa relevância porque foram vendidos por operadoras e na América Latina, num momento em que a demanda do mercado era maior. Se tratavam de dois aparelhos de gama baixa, disfarçados de gama média. As telas desses dispositivos eram qHD e nenhuma variante apresentava um sensor de luz ambiente.

lg l fino bello
A LG apresentou dois smartphones de gama baixa, disfarçados de gama media na IFA 2015 / © LG

LG Leon e Volt (2015)

Apresentado em Barcelona na MWC 2015, o LG Leon e o LG Volt são os modelos da marca que chegaram mais perto da gama média. A revolução, que começou com a Motorola e a aparição de outros fabricantes, principalmente chineses, conseguiu uma reação tímida da LG. Ambos os modelos seguiam com o desenho do G3, um pouco mais estilizado.

lgvoltquatro w782
O LG Volt conseguiu empolgar um pouco. / © ANDROIDPIT

LG G4 Beat (2015)

Quando fizemos o review do LG G4 achamos o dispositivo simplesmente incrível, mas, ficamos sem entender como a LG teve a audácia de lançar uma variante tão desinteressante como o G4 Beat. O LG G4 Beat tinha quase as mesmas especificações do LG Leon, por exemplo. Vinha com tela HD, 1 GB de memória RAM em alguns países e sem nenhum diferencial. Isso em 2015...

lg g4 compact front display screen
O LG G4 Beat foi uma versão controversa. / © ANDROIDPIT

LG Zero (2015)

O penúltimo capítulo: O LG Zero. Este dispositivo foi apresentado há quase 2 meses, esta à venda em alguns países e passando desapercebido. Este é o primeiro dispositivo metalizado da fabricante. Talvez seja simplesmente um experimento que a LG decidiu comercializar. Este dispositivo tem um acabado lindo, mas, continuamos com 1,5GB de RAM, tela HD e uma bateria miserável de 2.050 mAh. 

AndroidPIT lg glass 6
O LG Zero. / © ANDROIDPIT

LG K7 e K10 (2016)

O último capitulo, por enquanto. Esperávamos uma surpresa da LG na CES 2016, mas, ao invés disso, conhecemos mais uma família de gama média que não traz nada de diferente. O lançamento do LG K7 e do LG K10 foram os principais motivos que me lavam a escrever este artigo.

O LG K7 chega com uma tela de 5 polegadas com uma resolução de 854 x 480 pixels (!) e 1GB de RAM. Já o K10 traz uma tela de 5,3 polegadas HD e 1,5GB de RAM. São 4 modelos no total, 3 deles só com 3G- tipo, precisa mesmo disso?

lg k7 ces2016 2
O novo LG K7 lançado na CES 2016. / © ANDROIDPIT

Quando a LG irá acordar para a gama média?

Algumas perguntas me vem à cabeça que talvez só a LG possa me responder. Como pode uma fabricante que tem os carros-chefes mais impressionantes do mercado não ser capaz de apresentar dispositivos acessíveis com boas especificações técnicas, acabamento e cosntrução? Todas as outras fabricantes encontraram um jeito de revolucionar a gama média mas a LG continua perdida.

Como um fã da LG espero que a empresa reveja seus conceitos para a gama média e nos surpreenda ainda em 2016.Na sua opinião, o que falta para a LG realmente se destacar entre os intermediários?

Os comentários favoritos dos leitores

72 Comentários

Escreva um comentário:
  • A LG Lançou mais um intermediário o K8 encontrei na vitrine da loja de informática da minha cidade.

  • O melhor intermediário que a LG ja lançou foi o L90, possuía uma boa bateria de 2430mah, camera de 8mpx que na epoca era a melhor pra sua faixa de preço, NFC, mesmo processador Qualcomm snapdragom do moto-G, 1gb de memoria ram (algo normal para 2013) porem a tela era qHD e a memória rom era de 8gb (expansivel para 32gb com cartão sd, algo que o moto-G primeira geração nao possuia mas em contrapartida ja vinha com opção de 8 ou 16gb). Era um bom aparelho tanto que dei 1 para minha namorada que este ano completará 3 anos de uso, então porque não vendeu tanto quanto o Moto-G?
    Muitos dirão que o android do moto-g era puro e blablablabla mas na época a maior parte da populaçao não se atentava muito para benchmarks. Então os problemas da LG foram 2: baixo investimento em propaganda e elevado custo de lançamento do L90, o moto-g custava inicialmente 699,00 (há quem diga que a google operava em prejuizo para ganhar "marketshare" ou "participação de mercado" mas o fato é que após 8 meses o valor continuava o mesmo e as possiveis perdas foram compensadas nos primeiros meses) enquanto isso o L90 custava R$999,00 quando lançou e 3 meses depois passou a custar ~750,00 (ora, se a LG tivesse lançado neste valor com certeza ja seria um belo concorrente do moto-g) e estranhamente passados 6 meses ja era possível ver o L90 custando R$699,00 ou o mesmo preço que o concorrente. No inicio custando R$300,00 a menos o moto-g mexeu com a cabeça do consumidor por erro de estratégia da LG... Ahh, apenas para opinião contraria ao do editor da materia, vale lembrar que o G2 mini tinha 2 versões sendo uma mais popular com exatamente a mesma configuração de hardware do L90 (a camera era de 8mpx mas com melhor contraste porém sem NFC) e outro modelo com 4G e chipset Nvidia Tegra, portanto até 2013 a LG tinha um portfólio bacana, nos anos de 2014 e 2015 realmente os modelos nao faziam jus a performance de mid-end...

  • Era fã da LG mas me descepcionei muito. E não foi uma vez, foram duas, e consecutivas!

  • LG, aprenda a fazer intermediários com a Lenovo!

  • LG é oito ou oitenta. Ou a tela tem 854 x 480 pixels ou é QuadHD. Bateria, ou é 1GB ou 3GB. Memória ou é 4GB ou 32GB. Os intermediários deixam a desejar.

  • Google, compra a LG, nunca te pedi nada.

  • LG sempre pecou mesmo nos intermediários.... incrível isso... minha irmã teve um e vivia travando e a tela era péssima

  • Tem gente falando de interface, mas a motorola é a única que vem apresentando uma interface lisa nos intermediários!!

  • A LG não sabe nem fazer uma interface que presta, imagine um intermediário bom

  • Ainda sou mais a linha Moto.

  • LG, você me desnorteou X(

  • Me parece que a LG está apenas relançando seus aparelhos desde a L(L70, L80, L90).
    O que muda aparentemente são algumas coisinhas no design e um sistema em versão mais atual..
    Eu tenho um LG Volt 4G e gosto do aparelho, mas essas mexidas que a LG faz no sistema são muito grandes, deixando o sistema pesado e pouco espaço de armazenamento interno, sobrando menos que 2Gb, sendo essa minha única crítica ao aparelho, já que não uso jogos ou aplicações mais pesadas.
    Também sinto falta de um led de notificação e OTG.
    Na época em que comprei, estava interessado no MOTO G 3, mas não encontrei nas lojas da cidade por ser um lançamento muito recente.
    Se tivesse esperado um pouco mais...

  •   45

    Em alguns pontos discordo do autor:
    LG G3 Beat – O smartphone possui boas especificações, praticamente as mesmas do Moto G 2014, só que com uma câmera melhor.
    LG G Volt – O smartphone não segue o desenho do LG G3, e sim segue a aparência do LG G Flex 2, onde seus botões traseiros tem forma quadrada com cantos arredondados, sua lateral possui um desenho que engana aos olhos fazendo com pensemos que o smartphone seja curvo, e sua frente segue o design do LG G Flex 2. O smartphone foi lançado no início de 2015, onde a tendência para intermediários seguia as especificações semelhantes ao que ele foi lançado. Inclusive neste natal ele foi um dos smartphones mais vendidos no Brasil.

    Em relação aos outros smartphones concordo com o autor.


    Abraços.

  • LG só os top de linha mesmo, o resto é resto..é ponto....

  • Únicos intermediários mais interessantes da LG são L90, L Prime e até mesmo o G2 mini. O ruim do G2 mini é só o nome mesmo, porque ele tem boas specs pra época de seu lançamento.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi